Putin vai reforçar arsenal nuclear com 40 mísseis intercontinentais

José Cruz / ABr

Vladimir Putin, Presidente da Rússia

Vladimir Putin, Presidente da Rússia

A Rússia vai reforçar o seu arsenal nuclear até ao final de 2015 com 40 novos mísseis intercontinentais, anunciou esta terça-feira o presidente russo, Vladimir Putin.

“Este ano, a dimensão das nossas forças nucleares vai aumentar com cerca de 40 novos mísseis balísticos intercontinentais que serão capazes de resistir mesmo aos sistemas de defesa tecnologicamente mais avançados“, disse Putin na abertura de uma exposição de material militar nos arredores de Moscovo.

O anúncio é feito dias depois de a Rússia ter reagido com irritação a notícias segundo as quais os Estados Unidos estão a preparar um reforço da sua presença militar no leste europeu.

Segundo o New York Times, o Pentágono prevê estacionar armamento pesado para até cinco mil tropas em vários países da Europa de Leste e no Báltico para dissuadir agressões russas.

Se a proposta for aprovada, tratar-se-á da primeira vez desde o fim da Guerra Fria que os EUA têm equipamento militar pesado em países que hoje são membros da NATO, mas nessa altura estavam sob influência da União Soviética.

A divulgação da proposta foi muito criticada pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros russo, que num comunicado acusou Washington de “alimentar tensões” e advertiu que os planos de Washington “podem adquirir vida própria”.

/Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

    • Hitler começou por invadir, ocupar anexar… Bate palmas pelo seu antiamericanismo ou ao “expansionismo” que tudo indica não é dos russos mas do ex-KGB?
      Sem carência de resposta estabeleceu limites na interação virtual.

RESPONDER

Crise no setor de petróleo pode ser a pior dos últimos 100 anos

A crise no setor de petróleo pode ser a pior dos últimos 100 anos, antevê o presidente da Petrobras. O brasileiro calcula que o preço do barril de petróleo caia dos 40 para os 25 …

Ministro alemão encontrado morto "estava muito preocupado" com apoio à população

O ministro das Finanças do Estado alemão de Hesse, Thomas Schäfer, foi encontrado morto no sábado. O corpo do político estava nos carris de uma linha de comboios de alta velocidade, na cidade de Hochheim, …

Oposição denuncia sequestro de dois membros da equipa de Guaidó

Este domingo, a oposição venezuelana denunciou que alegados funcionários das forças de segurança sequestraram dois membros da equipa do líder da oposição, Juan Guaidó. Rafael Rico, do partido Vontade Popular, indicou que o sequestro teve lugar …

Há 853 profissionais de saúde infetados. Cerco sanitário no Porto em discussão

O secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, revelou que existem 853 profissionais de saúde infetados com a covid-19 em Portugal. Em conferência de imprensa ao fim da manhã desta segunda-feira, depois de a …

Fazer despedimentos ou não renovar contratos são situações distintas, explica Siza Vieira

O ministro da Economia afirma que o acesso aos apoios financeiros do 'lay-off' simplificado está condicionado ao compromisso de não haver despedimentos, mas reconhece que despedimento e não renovação são situações distintas. O ministro da Economia …

Empresas denunciadas por abusos nos despedimentos e violações ao código de trabalho

A CGTP recebeu denúncias a 40 empresas em que são relatadas situações de abuso e aproveitamento laboral. Milhares de trabalhadores foram afetados em todo o país, garante a líder sindical. Isabel Camarinha, classificou como "muito negro" …

NOS Primavera Sound adiado para setembro

Devido ao estado de emergência em que o país se encontra, resultado do surto de COVID-19, a nona edição do NOS Primavera Sound foi adiada e vai acontecer de 3 a 5 setembro. “Perante este cenário …

Twitter apaga publicações de Bolsonaro que defendiam fim das medidas de contenção

O Twitter bloqueou dois vídeos publicados no perfil oficial de Jair Bolsonaro sobre a visita que fez no domingo a vários pontos de Brasília, contrariando as recomendações sanitárias da Organização Mundial de Saúde (OMS) para …

País vai entrar no "mês mais crítico" da pandemia (e medidas vão ser prolongadas)

O primeiro-ministro, António Costa, avisou esta segunda-feira que Portugal "vai entrar no mês mais crítico desta pandemia" da covid-19 e por isso é necessário que se prepare para esta fase. António Costa falava aos jornalistas na …

Bancos também dão moratória no crédito automóvel

Para além da moratória no crédito à habitação decretada pelo Governo, alguns bancos estão a alargar a moratória ao crédito de consumo, como por exemplo, à prestação do carro. Face à pandemia de covid-19, o Governo …