Psicólogo Quintino Aires acusado de racismo por declarações na TVI

O psicólogo Quintino Aires, que intervém como comentador no programa da TVI “Você na TV”, é acusado de racismo e de propagar o ódio contra a etnia cigana. Em causa estão declarações que fez no programa.

“A etnia cigana não está integrada em Portugal”, disse Quintino Aires durante a rubrica “Crónica criminal”, no programa emitido esta quarta-feira de manhã, onde se abordava o caso de um grupo de pessoas que terá agredido bombeiros e danificado um quartel.

O psicólogo acrescentou que “a etnia cigana não respeita as normas do país onde vive”. “Invadem as escolas, invadem os hospitais; não respeitam regra absolutamente nenhuma”, afiançou ainda.

As declarações de Quintino Aires estão a gerar uma onda de indignação e já levaram 14 associações ciganas para o Grupo Consultivo para a Integração das Comunidades Ciganas a emitir um comunicado de repúdio público.

Nessa nota, transcrita pelo Público, salientam que as palavras de Quintino Aires “são inadmissíveis, porquanto reproduzem preconceitos e estereótipos e promovem posições racistas“, acrescentando que o “espaço mediático” não pode ser “utilizado como veículo de propagação de discursos de ódio“.

Estas associações pedem à TVI para tomar uma posição pública e solicitam a intervenção da Ordem dos Psicólogos, da Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial e da Entidade Reguladora para a Comunicação Social, destaca o Público.

Durante o programa, Manuel Luís Goucha ainda tentou vincar que “é importante não generalizar” e que “há muitos elementos de etnia cigana que estão integradíssimos, até são licenciados, são presidentes de câmara“.

Contudo, Quintino Aires fez questão de sublinhar que são casos “raríssimos”, considerando que “a maioria [dos ciganos] trafica droga e não trabalha”.

Manuel Luís Goucha alertou então o psicólogo de que este tipo de discurso é “muito perigoso”, reforçando que “há elementos maus em todas as comunidades”. “Sim, mas maioritariamente nos ciganos”, concluiu Quintino Aires.

O psicólogo ainda não reagiu às inúmeras críticas que está a receber, nomeadamente na sua página do Facebook, onde muitos utilizadores lhe chamam “racista”.

Foi também já criada uma petição pública que pede à TVI para afastar o comentador e que já tem mais de 900 assinaturas, argumentando que “Quintino Aires resolveu soltar toda a sua má formação como cidadão e pessoa e proferir um discurso inflamado e cheio de ódio preconceituoso contra as comunidades ciganas”.

“Aquilo que o Sr. Quintino fez configura crime, pois racismo não é opinião, é um crime“, acrescenta ainda a petição, solicitando o afastamento do psicólogo “o quanto antes”.

ZAP

PARTILHAR

63 COMENTÁRIOS

  1. Existem elementos maus em todas as comunidades maioritariamente nos ciganos. Concordo plenamente com o Dr. Quintino Aires. São pessoas sem regras eles e mais raças que infelizmente não se sabem integrar na sociedade ocidental e civilizada.

    • Sem regras? Só as regras deles é que contam…
      Droga / armas / RSI / contrabando / contrafacção / roubos / casas sociais (para partir)/ reformas para as mesmas famílias com várias moradas / nos hospitais fazem barulho e passam na frente dos outros etc etc. SÓ SE COÇAM PARA DENTRO nunca quiseram trabalhar nem se integram na sociedade (excepto onde vêem os € a cair – RSI, subsidio e refeição escolares, ) mas depois os outros é que são racistas e ainda têm relatórios da amnistia internacional a dizer que por cá são mal tratados. Há umas semanas tive de ir ao centro de saúde da minha área e quando estacionei o meu velho Fiat uno ao sair do carro estaciona um bruto BMW e quem de lá saiu? um sujeito de uns 30 anos, o aspecto dele não me enganou…lá fui para o centro e após tirar senha e esperar uma 1/2 hora (estava quase vazio era hora de futebol) lá me foi cobrada uma taxa de 4,5 euro. O tal sujeito não pagou, estava isento por insuficiência económica, tal era esta insufi(ciência) era CIGANO, tudo bem paguei eu com impostos e veio-me à ideia só os pneus do BM do gajo deveriam ser mais caros que o valor comercial, se ainda o tiver, do meu chaço.

  2. O dr Quintino tem toda a razáo.Tiro o chapéu á coragem do homem, em dizer a verdade.Quem os defende e acha que náo é verdade, devia ser obrigado a viver ao seu lado.Nem se trata de racismo..sáo uns ladróes e parasitas.
    RR

    • A questão nem se prende por aí, prende-se pelo fato de o “Sr. Dr.” Quintino ter esquecido do código ético e deontológico que jurou seguir quando foi admitido na ordem, para além que não deve expressar seus preconceitos mesmo que os tenha. É falta de ética profissional e no contexto da situação e ainda mais em direto na televisão nacional, completamente despropositado.

      • Você deve ser mais um que vive à base de preconceitos, isso sim! Se dizer verdades agora é racismo e preconceito qualquer dia ninguém tem direito a exprimir uma opinião que seja. Mal estará o Mundo quando aí chegarmos.

  3. É triste que uma democracia não aceita a opinião, a meu ver, completamente correcta, só porque fica mal na TV.
    Lá porque há um jogador de futebol cigano agora são todos bons…
    Os ciganos sempre foram uma comunidade fechada e que nunca procurou abertura a não ser que lhe traga algo de proveito. Sempre o foram desde a antiguidade, quando foram trazidos da Índia para combater pelo império otomano.

  4. Afirmar que a etnia cigana não respeita as regas da nossa sociedade é racismo?
    Então que afirmar das atitudes/palavras dos elementos de etnia cigana no dia-a-dia nas nossas comunidades.
    Sim, há ciganos impecáveis. Mas na generalidade são pessoas que já não se identificam com a cultura e as regras ciganas e, em muitos casos, até já foram banidos dos seus clãs.
    E se duvidas existem sobre o que o Dr. Quintino Aires afirmou, perguntem à GNR e aos Bombeiros das cidades/localidades do interior sobre quem lhes levantam mais problemas.
    Se na Grande Lisboa eles estão em minoria nos causadores de problemas, nas Cidades do interior são os campeões dos distúrbios.

  5. Ele apenas disse a verdade, disse aquilo que todos sabem e que poucos têm coragem de dizer… Quem tem uma melhor definiçao para eles? Eu gostaria imenso que aquilo que ele disse fosse 100% mentira, mas infelizmente é (quase) totalmente verdade… Salvo raríssimas excepçoes…

  6. Um “profissional” como o Sr Quintino Aires, já perde muita credibilidade ao “aparecer” num programa de muita fraca qualidade como “este”. Com estas parvoíces (que não dignificam em nada a class trabalhadora dos psicólogos) perde-a TODA! Já agora vou generalizar (á imagem e semelhança do Sr Quintino Aires): E os psicólogos? Fazem algum? São doutores porque generalizam um qualquer problema? São doutores porque fazem o paciente falar e depois interpretam como lhes apetece? Gostou desta generalização Sr Quintino Aires?
    Nota final: Comportamentos SÃo mesmo culturas (devia saber…) e coitadinhos dos reclusos que tu ajudas… Só de olhar para ti fico traumatizado (e lá estou eu a generalizar).
    VAI LAVAR ESCADAS!
    Proposta: Visita (disfarçado porque já te devem ter um pó) um acampamento cigano. Vê o que lá se passa. Não tires conclusões baseadas no “senso comum”. Faz (algum) trabalho de pesquisa em vez de dizeres bacoradas.

  7. É importante referir que: a grande maioria dos ciganos são tão portugueses como qualquer um de nós; que de facto eles estão pouco integrados na sociedade mas a culpa deve ser também atribuída às estruturas políticas, económicas e sócio-culturais que não souberam desenvolver mecanismos de integração ou até desenvolveram, ao longo da história, mecanismos de segregação. Como resultado criaram-se estereótipos com base nos quais as pessoas e o senso comum lidam com o problema. Se entre estes o fenómeno é criticável tratando-se de um sujeito formado em ciências humanas/psicologia, em nome das quais fala num órgão público, tal torna-se intolerável e até dá aso a que se estenda a ideia (provavelmente de senso comum) de que a psicologia não passa de senso comum erudito.

    • Os únicos mecanismos de integração que lhes faltam é terem que trabalhar dentro da legalidade e fazer os respectivos descontos como é feito a todo o trabalhador que se preze.

  8. Mais tretas politicamente correctas. Já enjoa. A verdade é que muitos usam e abusam do sistema porque o sistema assim o permite. São agressivos e os serviços sociais atemorizam -se. Se for pobre e não cigano, já não há ‘racismo’

  9. Está do lado da razão. Os ciganos resistem há décadas às tentativas de assimilação cultural e sempre que lembram que são ciganos é para se queixarem que são vitimas de racismo dos outros portugueses em geral. Invocam a sua qualidade de ciganos para exigirem mais do que aquilo a que tem direito o cidadão comum e de um modo geral, conseguem obtê-lo, não vão eles invocar que estão a ser discriminados por serem ciganos. Vejam, por exemplo o que acontece nas urgências dos hospitais, nomeadamente aos fins de semana, mas não só…! Em consequência dessa resistência e dos comportamentos sociais e anti-sociais que praticam, acabam por estar tão integrados como os refugiados que acabam de chegar ao nosso país, o que é lamentável. E eu até gosto do Quaresma…

  10. Não gosto deste Quintino mas, sinceramente acho que o homem disse aquilo que todos nós, uns mais que outros, sentimos.
    A ciganada, pela sua cultura, é quezilenta por natureza ( não é defeito é mesmo feitio). Julgam-se no direito de tudo e mais alguma coisa e, como alguém aqui já referiu, quando se dirigem aos serviços publicos, aceitam mal uma “nega”. Mesmo que lhes expliquem que a forma de funcionar dos serviços é desta ou daquela maneira,os gajos não aceitam.
    Por outro lado, não têm valores básicos de cidadania. Integrá-los é fundamental mas eles também têm de se querer integrar senão não resulta.

  11. Compro em feiras, (já comprei um telemóvel de sabão por 50€) por vezes reclamo qq coisa que não está em bom estado, quero devolver… sou ofendido, se chamo a polícia aparecem 20 a envolver-me e sinto a minha vida em risco, se a polícia actua, mandam uma criança aparecer como vítima de qq coisa e o assunto passa a ser a defesa da criança.
    São muito unidos, andam sempre armados com facas (pelo menos), qd existe um problema é comum ver alguns com barras de ferro (estacas dos toldos) nas mãos.
    Mas têm razão, perguntem à polícia quem lhes causa mais problemas quando intervêm num caso, perguntem aos hospitais, perguntem aos professores, todos nós sabemos isso, acabamos por aprender a viver receosamente com esta comunidade, mas que são perigosos… ai isso são.. por isso acabo, como todos pensam… Tenho medo deles.

  12. O senhor Quinto teve a coragem de dizer algumas verdades em relação aos ciganos mas infelizmente não as disse todas, assassinatos, roubos e agressões são uns especialistas na matéria, se há ciganos respeitáveis certamente que os haverá, poucos, mas então será a esses poucos que incumbirá a missão de chamar os outros à razão e se esses poucos fazem parte das ditas associações então em vez de se porem no bico dos pés contra alguém que teve a coragem de dizer a verdade que se virem para a comunidade a que pertencem e procurem humaniza-los quanto possível, se pretendem que o resto do país vá comendo e calando para não molestar tal etnia então brevemente estaremos como em França em relação aos muçulmanos cujo resultado está à vista.

  13. O que é mesmo curioso é:
    Vamos à Seg. Social e é vê-los em manada.
    Vamos às finanças e não vemos nem um.
    Vamos aos Hospitais e…lá estão eles em manada outra vez.
    Vamos às obras e…cadê ciganos.
    Vamos às feiras e…lá está a ciganada em força
    Vamos ao comércio dentro da Lei (qualquer ramo) e, de ciganada nem rasto.
    Vamos aos gabinetes das Câmaras e…lá estão eles outra vez, em bando, a reclamar a casa (geralmente para a partirem toda).
    Vamos votar e….de ciganada népia

    Ora porra, que trampa é esta? Só têm direitos não têm deveres nenhuns e a gente a pagar a estes parasitas e chulos todos que, ainda por cima, nos gozam.

    Como já disse, não gosto deste Quintino mas, o homem tem toda a razão no que disse e foi corajoso.
    Enquanto não houver quem meta medo a esta gente, que na maioria é escumalha, e espetar-lhes umas sarrafadas valentes no lombo, isto não vai lá.
    Os próprios funcionários das instituições têm receio deles e a polícia também nada faz, e quando faz, são os próprios agentes que ainda são castigados pela Justiça.p

    • o Dr. Quintino tem muita razão no que disse, eu soube de uma situação na segurança social onde a empregada com medo deles tirou 5€ da carteira dela para lhes dar valor esse que lhe tinha sido cortado do RSI

  14. Que tristeza! Quando se fala verdade é-se logo chamado de racista na ânsia de calarem a boca às pessoas. O senhor disse verdades e devem ser aceites.

  15. Também não vou na cantiga do Sr. Q.A. mas que tem toda a razão, tem! bem como a maioria dos comentadores que aqui se expressaram, “negativamente” são uns coitadinhos para acederem a benesses, benefícios, (direitos). Mas quanto a deveres, Tá quedo, tem de ser como eles querem, as leis para eles só as que lhes dão benefícios, as outras são as tradições que não permitem cumprir e fazer cumprir.

  16. Os Ciganos são GRANDES…a meter medo à malta…a não respeitar ninguem…
    claro que não são todos…pena que os que têm educação sejam tão poucos…
    pena não conhecer nenhum…pena que não ajudem sériamente a educar os outros…
    não há paciência…coitado do Quintino…também me parece ser uma INTILIGÊNCIA…
    e o Goucha…que sensibilidade tem este DOCINHO sem açucar…grande CAMBADA…
    DEUS NOS LIVRE…dos CIGANOS,QUINTINOS & GOUCHAS…

  17. Estou de acordo com o último comentário ” FONIX”. Pode ter sido alguma alteração ao Acordo ortográfico…ou então escrito por algum cigano. Quanto aos restantes comentários, só posso comentar da seguinte forma: quanto mais ruído à volta destes assuntos pior!!!

  18. Parabéns ao Dr Quintino por ter coragem de dizer publicamente algo que 99% da população portuguesa pensa(basta ver os comentários ) .
    Não sou racista nem xenófobo e odeio quem o seja mas a realidade é esta. Os ciganos são na sua grande maioria (excetuando o Ricardo Quaresma) parasitas da sociedade e a culpa não é das politicas nem da sociedade .
    Por mim podiam ir todos combater para a Síria .
    Vamos fazer uma petição publica para manter o Dr Quintino muitos anos na TVI e com um programa próprio onde denuncie esta praga da sociedade .
    Viva o Dr Quintino

  19. Dr. Quintino Aires.. Pés embora muitas vezes não goste daquilo que diz e dã forma que o diz, desta vez concordo em pleno com a sua opinião. Ciganos, marroquinos, iranianos, paquistanês etc etc etc.. Sao pessoas que não se adaptam a qualquer ambiente com regras. As regras não fazem parte desse tipo de pessoas. Tenho o caso de imã familia cigana riquissimaem Coimbra que são meus clientes, e comem com as maos, lixo no chão acumulado etc etc etc. Não são pessoas de viver em comunidade. As regras deles e que valem, todos os outros e que estão mal. Vão aos hospitais e invadem o hospital, vão a uma festa e estragam a festa….
    Quem são os racistas aqui? Os maiores racistas são aqueles que não sabem viver em comunidade. Dava Para escrever um livro.

  20. FORÇA Dr. Quintino Aires..
    Muito embora não gostem daquilo que diz e da forma que o diz, tem o apoiou da maioria dos portugueses “contribuintes que é o meu caso “

  21. Alguns “comentaristas” não gostam do programa, do apresentador, do Dr. Q.A e se calhar do cenario, no entanto vêm (se calhar para criticar, ou não terem mais nada que fazer).
    Esta questão (cigana) merece um esforço de parte a parte, no entanto, o esforço é manifestamente maior da “nossa” parte isto porque somos maioria, exemplos de integração noutros paises não nos faltam, isso conseguido porque foram deitadas por terra certas “barreiras pslcologicas” .
    Existem dois grandes males na sociedade que são: orgulho e egoismo, enquanto nao acabarmos com eles continuamos a fazer estes e outros comentarios de igual teor.
    Somos uma sociedade muito catolicisada, diz um velho ditado; “por causa dos catolicos e que o mal perdura”.

    • Agora sim, estou de acordo com o “alguém”!
      A Ana, eu e a esmagadora maioria dos comentadores aqui somos realmente estúpidos…por andar a alimentar com os nossos impostos e com o nosso suor esta cambada de trapaceiros, parasitas e oportunistas.

      • Não… Não são estúpidos! Eu é que sou! Aproveito para pedir desculpas á Sra Ana Gonçalves pelos meus comentários desagradáveis e desrespeitosos. Não conhecia a verdade e, como me foi apontado por alguns comentadores, (a quem agradeço muito) não me encontro bem de saúde. Talvez muito stress, não sei. Agora sei quem os ciganos são, e não cometerei o mesmo erro em defendê-los na “praça pública”. Nunca mais!

  22. Os ciganos, como toda a gente sabe, vivem de expedientes, da segurança social e, muitos, do crime. E não estão nada integrados, aliás, antes pelo contrário: vivem em clãs, devidamente estruturados sob a lei do patriarca, leis próprias que eles acatam. Lei do país onde vivem nem a conhecem…
    E não é só em Portugal, conheço outras realidades, nomeadamente em França e Espanha onde a coisa pia mais fino para o lado deles. Mas que não estão integrados é a verdade!
    Veja-se a percentagem desta gente na população prisional… Alguém já viu ciganos a trabalhar nas obras, como mecânicos, em carpintarias ou mesmo como trabalhadores rurais?… eu não vi, nem os vi na tropa… só os vêmos junto das repartições públicas no “dá-me, dá-me!!!” do costume e nos correios a levantar o dito postal da segurança social. Também os vêmos nas feiras a vender roupa contrafeita e outras tretas do costume…
    E mais, aterrorizam as pessoas, incluindo os funcionários das repartições…
    Ultimamente, são papa-cursos do instituto do emprego e da formação profissional
    Claro, quando alguém assume dizer o que pensa em relação a este “lúpen”, sem papas na língua e sem hipocrisias, logo aparecem os críticos do costume “ai coitadinho do “gitaninho”… Pobre terra que tal povo tens!
    Pois, por mim, só me resta expressar solidariedade ao Quintino e apoiá-lo na sua denuncia desta chaga da sociedade.

  23. Antes de mais, os “ciganos” como vocês lhes chamam, não são “integrados” na sociedade porque são postos de parte 8como é clara a prova que aqui dão). São crescentemente mais agressivos porque gente ignorante como vocês os ostracizam. Quanto mais os puserem de lado mais malcriados são. Têm uma cultura que nada tem a ver com assaltos e outro tipo de abusos. Fazem-no cada vez mais porque são “ciganos”. E ser “cigano” e ser-se mau (excepto o Quaresma – que parvoíce).
    Para 99,9% das “pessoas” que aqui fizeram comentários: Deixem todos crescer um bigodinho, mas daqules que só ocupa a parte debaixo do nariz. Pintem (para os loiros e as loiras) o cabelo de preto, alisem o cabelo e penteiam-no de risca ao lado. Agora sim estão perfeitos! O Quintino pode só deixar crescer o bigode…
    Nota final: É mais racista aquele (ou aquela) que diz que não é!

    • Vai la oferecer-lhes emprego, dentro da Lei, a fazer descontos, etc, que vais ver para onde te mandam enfiares o emprego.
      Vai ao Centro de Emprego ver se tens lá algum inscrito para arranjar trabalho? O tanas.
      Como já disse num outro comentário, não sou adepto da segregação de ninguém mas, acho que o esforço de integração tem de ser recíproco.
      Vives num país que lhes dá um SNS, escola pública, rendimento social de INSERÇÃO, apoios sociais de variada ordem e em muitos casos até lhes proporciona casa para viverem quase a custo zero. Eles em troca dão-te zero impostos, zero contribuições para a Seg. Social, partem a casa toda, que nós contribuintes lhes proporcionamos ( enquanto nós temos que pagar a nossa e sabe Deus com que sacrificio muitas vezes) não respeitam as normas de funcionamento da escola publica, nem dos serviços de saúde ( se estiveres para ser atendido e te passarem à frente o melhor é fechares a matraca senão sujeitas-te a levar com 20 ou 30 em cima), conduzem sem carta de condução, e por aí fora. Não respeitam nada!
      A pergunta que daqui se pode fazer é: Que mais quererão eles para se sentirem integrados? Será que temos de lhes lavar o rabinho tambem (não é que alguns não precisassem), ou dar-lhes uma empregada doméstica, já agora não é?
      Eles não conhecem o significado daa frase ” a tua liberdade acaba onde começa a dos outros”
      Portanto temos o filme ao conträrio. Racistas são eles relativamente a nós.

    • Estás a dormir ou quê?! Acorda e vê a realidade!

      Quanto ao teu país, se não abres os olhos, ficas sem ele. A ciganada romena já aí está… “ai paizinho!…” para lhes dar uma ajuda.

      É só veres os artigos dos outros comentaristas e vês que quase todos dizem o mesmo.

      • Ignorem tudo o que disse. Não sabia o que estava a dizer. Tenho muito orgulho na vossa coragem em dizer aquilo que deve ser dito, ou seja, a verdade. O Sr Quintino Aires tinha razão e eu não sabia. Mas agora sei! Muito obrigado pelos vossos conselhos sábios.

  24. Os Problemas que tenho nos supermercados onde trabalho, grandes superfícies…como Continente, Jumbo Pingo Doce etc…
    São sempre derivados á dita civilizada etnia cigana…
    Onde falam alto para intimidar…
    Roubam tudo o que poderem…debaixo das saias…na passa reca…nas malas…enfim..
    Tem dos seus negócios dinheiro, mais que eu, andam sempre bem montados…
    BMW ,Mercedes e mais recentes que meu chaço…
    E ainda gozam… “Vá lá trabalhar para eu receber da segurança social”….
    Sim..tenho pena se calhar de não ser como eles..ensinar logo meus filhos de pequenos,a ir ao supermercado e a desenrascarem se sem pagar..se são apanhados levam umas belinhas, e “aiiiiiii,moço dum cabrãooooo, vai lá por isssooo”. é esta raça cigana que eu conheço…são coitadinhos??? Quem desconta??? Muitos do supermercado a trabalhar que nem escravos…e nós igual..
    Muitas das vezes a passar mal na vida… e ajuda onde está?? é triste.
    HÁ REGRAS PARA SE CUMPRIR, PARA SE ESTAR EM HARMONIA NA SOCIADADE. ponto final. emnc.

  25. Não generalizo, mas concordo. Aliás acho que o racismo neste caso é inverso e não proporcional, Os ciganos não gostam dos que não o são. Acho que os ciganos tem mais vantagens em ser marginalizados que o contrario.

  26. Os ciganos são aproveitadores do sistema mas não são os únicos é verdade. E mesmo o mais impecável deles todos, se houver algum sarrabulho ele estará lá para se juntar aos seus, não tenham duvidas disso, são traiçoeiros por natureza. O homem disse o que tinha a dizer, tal como há alguns anos o Barra da Costa mencionou. Parece que é crime hoje em dia dizer as coisas como elas são. Vivo numa localidade infestada por eles e até a policia tem medo. São inúmeros os casos de pessoas a ser agredidas e ajuntamentos de 20 ou 30 a atacarem alguém, portanto os meninos dos condomínios fechados que não se armem em defensores das minorias sem saberem do que falam. Qual ignorância qual quê. Ignorância é andar-lhes a passar a mão plo pêlo e a dar casas e apartamentos que enquanto não destroiem não descansam, isso é que é ignorância.

  27. Até digo mais: os Portugueses deviam poder votar, em referendo, a expulsão de Portugal de pessoas de etnia cigana (deportação para a roménia) nos casos onde ocorrem crimes, onde estes não trabalham e só sabem viver como parasitas a sugar subsídios…
    O canadá também expulsa cidadãos estrangeiros. Mesmo os nascidos no canadá, mas com ascendência noutros países, são deportados, caso cometam crimes. Olhem que não estão preocupados com integrações.

    Há dias vi, mais uma vez, 3 ciganos a fazer uma corrida numa carroça puxada por um cavalo completamente exausto. No meio da via pública!!! Podemos chamar a PSP, ou a lei é apenas para os outros?

    Este senhor disse a mais pura verdade. Por mim, tirando apenas as exceções, o resto era mandá-los todos de volta para a roménia!

  28. Infelizmente é verdade, os ciganos na sua maioria vivem à margem das leis, do país, e aproveitam-se delas para subsídios. muitos vivem de roubos, tráficos, e outro tipo de expedientes. 3 histórias rápidas, de entre centenas. Numa obra onde estava há anos, tínhamos as ferramentas, na obra, ouviu-se um barulho e quem estava almoçando foi ver o que era, era um cigano que já ia andando com um martelo eléctrico de várias centenas de euros, quando o viram ele simplesmente deixou o equipamento no caminho e seguiu. Segunda, tenho amigos com explorações agrícolas e estufas, todos os anos os ciganos roubam e vendem em mercados, quando são apanhados a carregar, abalam como se nada fosse com eles, um outro caso e que acontece durante todo o verão no Algarve, centenas de ciganos vêm de outras partes do país para roubar alfarrobas, quando os proprietários , na sua maioria idosos chegam junto das árvores,já estas foram apanhadas, perdendo assim o seu rendimento anual. E tudo isto com a anuência das autoridades, que vêm passar carros de mulas carregados sabendo perfeitamente que são roubadas. Os juízes também com medo de parecer “racistas” tudo deixam passar, esquecem que é esta impunidade que faz com que as pessoas se tornem racistas, se houvesse justiça haveria muito menos racismo. uma pessoa trabalha e paga todos os impostos e depois vêm os ciganos não contribuem com um cêntimo para a sociedade e receberem centenas quando não milhares de euros.

  29. Sr. Quintino Alves, Portugal está contigo, parabéns à TVI (é a primeira vez que o digo). Finalmente alguém com coragem para admitir o que os “poiliticamente corretos da treta” têm medo de admitir, mas gostavam de o fazer. De uma vez por todas, percam o medo de admitir o que todos sabem, e chamem as coisas pelo seu nome, enfrentem de frente o problema.

    • Tinha prometido não responder mas não posso deixar de fazê-lo quando alguém fala por mim. “Portugal está contigo”? Uma merda! Eu não estou! E nunca estarei!

  30. Só mais uma coisa, quem teria sido o ignorante que no video colocou a legenda “Quintino Aires raçista”?????? Prefiro um “racista” deste tipo que um ignorante que escreve racista com Ç

  31. Parabéns Dr. Quintino pela sua coragem. Os direitos dos portugueses são os deveres. Pagamos imensos impostos, metade do suor do nosso trabalho vai para o estado, tiram-nos a casa, o carro, a tv se não pagarmos.
    Os ciganos têm casas gratuitas, roubam a luz, dentro das humildes casas é tudo quanto há de bom.
    As ciganas estão nos mercados a gozar com as clientes (olha para elas é só ver não têm dinheiro) alguns estão lá de fachada. As professoras não conseguem dar aulas em turmas com ciganos, é possível discipliná-los e os pais não ajudam, só os mantêm lá para receberem os subsídios. Vão casos à televisão de pessoas que sobrevivem com menos de 300 euros e ninguém lhes dá nada.

  32. Temos de deixar de ser-mos hipócritas. O Cigano é um ser como outro qualquer, esta é a realidade. O muçulmano, o cristão e outros mais, o problema também se põe. Um pais é gerido por deveres para com os seus cidadãos como deveres dos seus cidadãos para com o seu pais, infelizmente com a etnia cigana o problema é esse mesmo, falta de integração por culpa destes e das autoridades máximas deste pais, pelo seu próprio povo ao recearem esta etnia, eles são os visitantes que por aqui ficaram, talvez pelo sol ou porque a terra aqui terminava a sul. A questão é muito simples…os subsídios só existem para aqueles que de alguma forma contribuíram para eles. No meu caso em particular, quando necessitei de uma casa para viver, mandaram-me bugiar e assim fiz fui viver para um quarto pago com o meu fraco vencimento, aos ciganos não, são-lhes dadas casas com os meus impostos, com que direito? O Sr Quintino Aires tem toda a razão… eu também me sinto ofendido com a actual realidade. O cigano se quer ter os mesmos direitos neste caso em Portugal, tem que trabalhar para os ter.

  33. A integração tem vindo a acontecer. Estas coisas não são de um dia para o outro, demoram várias gerações (só se está verdadeiramente a trabalhar para tal há uns trinta anos), mas é possível e há vários casos de sucesso. Temos licenciados e até um ex-presidente da câmara que atualmente integra o governo como secretário de estado. Não podemos (nem devemos) ver só o lado negativo e também não devemos, por puro preconceito, deixar de criticar o que está mal. Temos de estar preparados para o debate fora de qualquer atitude xenófoba ou racista.

    • Por aquilo que leu (penso eu) anteriormente, debate? Não me parece. As ideias preconcebidas já estão tão enraizadas… O cigano é mau. Um bom cigano é um cigano morto (excepto o Quaresma). Com gente ignorante assim a integração nunca acontecerá.
      Mas ao menos, o João é o único com a voz da razão. A cegueira xenófoba e racista atinge uma grande parte da população portuguesa. É uma pena. Especialmente no século XXI. Enfim.

  34. SÓ TENHO A DIZER QUE ATE HOJE AINDA NAO CONHECI NENHUM CIGANO SÉRIO ANDAM SEMPRE EM CONFUSOES E A TENTAR ENGANAR QUEM TRABALHA E PAGA IMPOSTOS E QUEREM SEMPRE SER OS PRIMEIROS A SEREM ATENDIDOS E PREVILIGIADOS. ” SAO SEMPRE VITIMAS DA SOCIEDADE ” JÁ ALUGUEI UMA CASA A CIGANOS , A EDP VEIO CORTAR A LUZ POR FALTA DE PAGAMENTO LIGARAM A CORRENTE DIRECTO AO POSTE DA LUZ PUBLICA E AGUA TB DIRECTAMENTE AO RAMAL ANTES DO CONTADOR . ACORDAVAM IAM PARA O CAFE E LÁ PASSAVAM O DIA TRABALHAR CUMPRIR HORARIOS É MT STRESSANTE . APOIO E CONCORDO PLENAMENTE COM AS AFIRMAÇOES DO DR. QUINTINO AIRES .

  35. Tiro o meu chapéu ao Dr. Quintino. Homem com H grande. Que nunca lhe falte coragem.
    Aos imbecis que o criticam, incluindo a própria ordem, peço que evoluam e se informem, essa é a única maneira de aderir à realidade.

  36. Tiro o chapéu ao Sr. Quintino.
    A verdade fere e só aceito a opinião de contradição ao Sr. Quintino, porque reconheço também a ignorância. Partilhem, mais correto, tentem partilhar com a grande maioria desta gente, os espaços públicos, as instituições, hospitais, restaurantes etc, e deixem-se de moralidades pré concebidas, para terem o direito de opinar, aí sim com conhecimento de causa.
    A integração desta gente foi tentada, a grande prova são as casas e bairros inteiros que lhes foram oferecidos e transformados por eles em acampamentos de interior. A grande maioria da comunidade cigana não quer regras, quer e consegue viver e ter direitos, porque isto é um país de direitos excepto para quem trabalha, paga os seus impostos e tenta dar uma educação aos seus filhos.
    Tive cerca de trinta anos de convívio com a étnia cigana, sei exactamente do que falo. Deixem-se de demagogias e tenham a coragem de chamar as coisas pelo nome.
    Obrigado Sr. Quintino, por ser a voz pública da opinião de centenas de milhares de portugueses.
    A todos os que não sabem viver em comunidade, respeitar, cumprir com os seus deveres e fazer respeitar os seus direitos… que haja muitos Quintinos com coragem para o dizer!

    • “A integração desta gente foi tentada” Foi? “bairros inteiros”? Não terão sido esses “bairros inteiros” usados para afastar “esta gente” do resto da sociedade? Alguém indesejado? “A integração desta gente foi tentada”? Se calhar deviam tentar… A SÉRIO (ao invés de os colocar a um canto, o mais longe possível da “outra gente”)!!! Conviveu durante cerca de trinta anos com a “étnia cigana” (não tem qualquer acento gramatical…)? Conviveu mesmo ou passou por “essa gente”? É que conviver é socializar e não cruzar-se (uma vez por outra) na rua (de preferência do outro lado). Sabe do que fala? Eu não sei mas; pelo que leio, nem você! “A todos os que não sabem viver em comunidade, respeitar, cumprir com os seus deveres e fazer respeitar os seus direitos”. E você? Respeita os direitos “dessa gente”? Dê o exemplo! Tira o chapéu… Porque não tira as calças também?
      “Deixem-se de demagogias e tenham a coragem de chamar as coisas pelo nome”. Ok… Que tal… RACISMO puro e duro?
      “ignorância”, “direito de opinar”, “respeitar, cumprir com os seus deveres e fazer respeitar os seus direitos”… Em algumas linhas conseguiu contrariar todos estes conceitos. Parabéns!!!

Albânia demoliu restaurante do homem que perseguiu turistas no capô do carro

O dono de um restaurante ilegal na Albânia meteu-se em sérios apuros depois de ter perseguido uma família de turistas espanhóis, colocando-se no capô do carro onde seguiam e partindo o pára-brisas. O restaurante que …

Sensores de radiação da Rússia desligaram-se misteriosamente após recente explosão nuclear

Nas semanas após um acidente nuclear fatal num campo de tiro de armas navais em Nyonoksa, quatro sensores de partículas radioativas que enviavam dados do território russo para uma rede de monitorização internacional desligaram-se misteriosamente. As …

Zumba. O negócio milionário que começou com uma distracção de um colombiano

Foi uma distracção que levou o bailarino colombiano Beto Pérez a criar a zumba e a construir um dos negócios actuais com mais sucesso em todo o mundo, avaliado em mais de 450 milhões de …

Ligações a Jeffrey Epstein abalam um dos mais prestigiados laboratórios de tecnologia do mundo

O MIT Media Lab junta áreas que vão do design à robótica e é responsável pelas mais vanguardistas inovações do Massachusetts Institute of Technology, uma das mais reputadas universidades do mundo na área da tecnologia. Agora, …

Choveu água preta em São Paulo

Na tarde de segunda-feira um fenómeno climático transformou o dia em noite na cidade de São Paulo em plena tarde. E choveu água preta. Nas redes sociais há inúmeras imagens de copos, garrafas e baldes que …

Macron vai encontrar-se com iranianos para debater acordo nuclear

O Presidente da França, Emmanuel Macron, anunciou na quarta-feira que vai encontrar-se com representantes do Irão antes da reunião do G7, que decorre no próximo fim de semana, para trabalhar em propostas que salvaguardem o …

Pentágono confirma morte do filho de Osama bin Laden

O secretário de Defesa dos Estados Unidos (EUA), Mark Esper, confirmou a morte de Hamza bin Laden, filho e herdeiro do fundador da Al-Qaeda, Osama bin Laden. "Esse é o meu entendimento", disse Mark Esper, numa …

Homem detido por filmar por baixo das saias de mais de 550 mulheres no metro de Madrid

Um colombiano de 53 anos foi detido e ficou em prisão preventiva nesta quarta-feira, em Madrid, acusado de filmar vídeos por baixo das saias de mais de 550 mulheres — algumas menores — e publicá-los …

Tempo de espera nos CTT é principal causa de insatisfação dos clientes

Um inquérito da associação Deco a 1.800 clientes dos CTT revela que esperam, em média, 18 minutos para serem atendidos e que o tempo de espera é o que causa mais insatisfação. O inquérito realizado a …

Gronelândia não é só um capricho de Trump. EUA querem comprar a ilha há 70 anos

A proposta de Donald Trump para comprar a Gronelândia terá parecido apenas mais uma ideia megalómana do presidente dos EUA, mas não é a primeira vez que o país tenta ficar com a ilha que …