Foi a preguiça que ajudou à extinção do Homo erectus

Uma nova investigação científica conclui que o Homo erectus, um dos antepassados primitivos dos humanos, se extinguiu por ser preguiçoso, pelo menos em parte.

Escavações arqueológicas feitas na zona central da Arábia Saudita, em áreas que foram ocupadas por antigas populações humanas da Idade da Pedra, revelaram que o Homo erectus recorreu a “estratégias de menor esforço” para fazer ferramentas e recolher recursos.

Dados divulgados em comunicado pela Universidade Nacional da Austrália (ANU), cujos investigadores apuraram que a preguiça do Homo erectus também contribuiu para a sua extinção, a par da sua incapacidade para se adaptar às alterações climáticas.

“Não parecem, realmente, ter-se esforçado”, afiança o investigador que liderou as pesquisas arqueológicas, Ceri Shipton da Escola de Cultura, História e Linguagem da ANU. “Não sinto que fossem exploradores a olhar para lá do horizonte”, acrescenta Shipton, notando que “não tinham o mesmo sentido de curiosidade que nós temos”.

“Para fazerem as suas ferramentas de pedra, usavam quaisquer rochas que conseguissem encontrar caídas em torno do seu acampamento que eram, maioritariamente, de baixa qualidade comparativamente com as que os fabricantes de ferramentas de pedra usaram mais tarde”, acrescenta o investigador.

Nas escavações, os arqueólogos detectaram “um grande afloramento rochoso de pedra de qualidade a uma curta distância de uma pequena colina”, relata Shipton. “Mas em vez de subir a colina, eles usavam simplesmente qualquer bocado que rolava e caía no fundo”, destaca o investigador.

Uma postura que contrasta com o Homo sapiens e os Neandertais que subiam às montanhas para encontrar pedra de qualidade, transportando-a através de longas distâncias.

“Não eram apenas preguiçosos, mas também muito conservadores“, repara ainda Shipton, realçando que “as amostras de sedimentos mostram que o ambiente em torno deles estava a mudar”, mas que “eles faziam exactamente as mesmas coisas com as suas ferramentas”, não revelando “qualquer progresso”.

No fim de contas, “o ambiente tornou-se demasiado seco para eles“, conclui o investigador.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Antigo gestor de Isabel dos Santos denuncia "contrato falso" da Sonangol

O antigo assessor da empresária Isabel dos Santos na Sonangol, Mário Leite da Silva, queixou-se junto de reguladores internacionais sobre um “contrato falso” que terá lesado a petrolífera angolana em 193 milhões de euros em …

Presidente do Líbano pede ajuda na ONU para a reconstrução pós-explosão

O Presidente do Líbano, Michel Aoun, pediu na quarta-feira à comunidade internacional apoio para a reconstrução do principal porto do país e dos bairros de Beirute destruídos pela catastrófica explosão ocorrida em agosto. Na sua intervenção pré-gravada …

Ninguém foi indiciado pela morte de Breonna Taylor. Dois polícias baleados durante protestos

Um painel de jurados do Kentucky indiciou esta quarta-feira apenas um polícia por disparar contra apartamentos na vizinhança, mas não avançou com acusações contra nenhum polícia na morte da jovem negra Breonna Taylor. Imediatamente após o …

Multas de transportes públicos não são cobradas há três anos (e já chegam aos 17,6 milhões de euros)

As multas nos transportes públicos não estão a ser cobradas desde setembro de 2017 e já chegam a mais de 17,68 milhões de euros. As primeiras multas desde que foi alterado o regime de sanções, …

Football Leaks. PGR e FPF só souberam de ataques informáticos pela PJ

A Procuradoria Geral da República (PGR) e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) só souberam que tinham sido alvo de ataques informáticos através da Polícia Judiciária (PJ), revelou esta quinta-feira o inspetor José Amador no …

Governo prolonga prazo das moratórias até setembro de 2021. Portugal em contingência até 14 de outubro

O Conselho de Ministros decidiu prorrogar, esta quinta-feira, a vigência da situação de contingência em Portugal continental até às 23h59 de 14 de outubro. As moratórias de crédito foram prolongadas até 30 de setembro de …

Trump diz que diretrizes mais rigorosas para aprovação de vacina são “jogada política”

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse, esta quarta-feira, que a Casa Branca “pode ou não” aprovar novas directrizes da Food and Drug Administration. As novas diretrizes para aprovação de vacina contra a covid-19 exigem …

Maduro insta ONU a criar fundo que garanta alimentos e medicamentos

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, propôs que a Organização das Nações Unidas (ONU) crie um fundo rotativo de compras públicas para garantir o acesso a alimentos e a produtos de saúde, financiado com recursos …

Mais três mortes e 691 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 691 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da …

2 em 1. Ryanair está a oferecer um voo na compra de outro (e é só hoje)

Já estava com saudades de viajar e conhecer novos países? A Ryanair não quer que lhe falte nada. A companhia aérea low cost lança uma promoção “inédita” e garante uma oferta 2 em 1. As …