Porto quer declarar guerra às gaivotas. “É uma questão de saúde”

Vários organismos reclamam que é necessário tomar medidas para controlar o excesso de gaivotas nas zonas urbanas, que se tem tornado num problema de saúde pública.

São várias as queixas na zona do Porto por incidentes com gaivotas, que relatam problemas de excesso de ruído, sujidade e comportamentos agressivos. A sua excessiva reprodução tem infestado a cidade com estas aves, mas o problema está longe de ser algo recente.

Já em 2008, o então presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, alertava para um problema com o excesso de gaivotas na cidade. Por essa razão foi criado um protocolo com a Universidade do Porto, que previa o estudo do problema para tentarem perceber como o poderiam solucionar.

O Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR) da Universidade do Porto ficou encarregue de fazer um estudo e apresentar medidas para o controlo da população de gaivotas. Como tal, em 2011, o CIIMAR apresentou três soluções possíveis.

No relatório a que o jornal Público teve acesso, a primeira medida seria a “eliminação ou redução da disponibilidade de alimento”. A segunda hipótese era a “colocação de dispositivos físicos de proteção” e, por fim, a terceira seria a implementação de “dispositivos sonoros“, que dispersariam as aves.

Sem medidas concretas tomadas, a Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, onze anos depois, é a primeira a dar um passo no combate ao problema. Para tal, foram disponibilizados 22 mil euros para o Plano de Ação para a Monitorização e Controlo da População de Gaivotas na Área Metropolitana do Porto.

Um projeto que inclui medidas junto de aterros sanitários, bem como a destruição de ovos, descreveu hoje o presidente. Apesar disso, não foram reveladas quais as medidas concretas que vão ser tomadas.

As gaivotas já são um problema de saúde pública e este plano já tem um carácter urgente porque em causa também está a segurança pública. A proliferação das gaivotas está a atingir proporções enormes. Temos de intervir rapidamente. E neste momento admito que só as cidades de primeira linha avancem, mas mais cedo ou mais tarde as outras também vão aderir”, referiu Eduardo Vítor Rodrigues.

“O plano não inclui nenhuma estratégia de envenenamento. O espaço público está salvaguardado. Esta é uma solução integrada. Não valia a pena fazer na Póvoa de Varzim e deixar Vila do Conde de fora ou envolver Gaia e não os Municípios abaixo”, referiu o autarca.

Já a proposta descreve que os primeiros aderentes a este plano são o Porto, Vila do Conde, Póvoa de Varzim, Matosinhos, Espinho e Vila Nova de Gaia, tendo Eduardo Vítor Rodrigues revelado que Santo Tirso também já estabeleceu o compromisso de aderir ao projeto.

O pré-estudo sobre este tema já foi entregue à AMP e agora os Municípios vão contratar o estudo final e definir a abordagem no terreno. Isto porque o primeiro estudo remonta ao ano de 2011 e está já desatualizado com a realidade atual.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Como seria uma paz Celestial se assim como achar soluções para acabar com as gaivotas o homem deveria mais que uma urgência achar soluções também para acabar com as criminalidade a pobreza principalmente com os ladrões que apoderaram-se do planeta cada qual subindo em pedestal e revelando-se aos menos capazes este pedaço do mundo vai ser controlado pela minha astúcia. E assim passamos a sermos controlados por Satanases.

  2. Engraçado. Os mais corajosos e grandiosos marinheiros não gostam de gaivotas, animais selvagens e companheiros dos mesmos marinheiros, mas de pombinhas tão lindas e espalhadoras de pragas ao longo da história da humanidade aí já até se alimentam. E a muita porcaria que estes bichos produzem não faz mal. É tão lindo
    Se as gaivotas tivessem alimento no mar e zonas onde aninhar onde não haja urbanização seguramente não invadiriam as cidades

RESPONDER

OE2021. Bloco prepara voto contra. PSD só salva proposta se Costa pedir desculpa

O Bloco de Esquerda prepara-se para votar contra o Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, avança este sábado o semanário Expresso. Governo e Bloco de Esquerda tem negociado nos últimos dias a proposta de …

Inscrição perdida contém a chave para o enigma dos esqueletos de Almaçã

Uma inscrição de pedra desaparecida esconde a chave para o mistério dos esqueletos de Almaçã, enterrados debaixo de uma muralha medieval. Em Almaçã, Espanha, onze corpos foram enterrados debaixo de uma enorme muralha de uma vila …

Espanha prepara-se para decretar estado de alerta

O Governo espanhol prepara-se para decretar estado de alerta em todo o território, depois de ter colocado a região de Madrid neste nível de alerta. A notícia é avançada este sábado pelo jornal espanhol El País, …

Jerónimo de Sousa deve ser reconduzido na liderança do PCP

O atual secretário-geral do PCP deve ser reconduzido no cargo no congresso que está agendado para o final de novembro, avança este sábado o jornal Público. De acordo com o matutino, as atuais regras sanitárias …

Elixir oral (e outros produtos domésticos) poderá ajudar a neutralizar o SARS-CoV–2

Alguns produtos domésticos, como é o caso do elixir oral e produtos para a descongestionar as vias nasais, mostraram-se eficazes em neutralizar um tipo coronavírus num estudo científico levado a cabo com células humanas. A …

Presidente da Polónia com teste positivo de covid-19

O Presidente da Polónia, Andrzej Duda, testou positivo para o novo coronavírus, anunciou este sábado o porta-voz do chefe de Estado. "Como se esperava, o Presidente @AndrzejDuda foi ontem [sexta-feira] submetido a um teste para detetar …

"Com o futebol acabei com a Guerra do Iraque". Jorvan Vieira, o treinador português que é Deus no mundo árabe

Jorvan Vieira é um nome que pouco deve dizer à maioria dos adeptos de futebol. Filho de portugueses emigrados no Brasil, fez grande parte da sua carreira no Médio Oriente, onde é acarinhado por milhões. …

Capacidade de cuidados intensivos na Europa vai chegar ao limite, alerta OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou esta sexta-feira que muitas unidades de cuidados intensivos na Europa vão chegar ao limite da sua capacidade nas próximas semanas. "Há uma situação muito preocupante a acontecer na Europa. …

Geólogos "ressuscitam" placa tectónica desaparecida

A existência da placa tectónica Ressurreição nunca foi consensual: alguns geólogos argumentam que nunca foi real e outros alegam que a placa sofreu um processo de subducção no manto da Terra, em algum lugar da …

Não se esqueça: muda a hora este domingo

Os relógios vão atrasar 60 minutos na madrugada do próximo domingo em Portugal para dar início ao horário de inverno. Em Portugal Continental e na Região Autónoma da Madeira, os relógios deverão ser atrasados uma hora …