Astrónomos descobrem planeta infernal com céu de titânio

Pela primeira vez, os astrónomos detetaram óxido de titânio na atmosfera de um exoplaneta. A observação foi feita usando o instrumento FORS2 no Very Large Telescope (VLT) da ESO, e fornece uma visão única da composição química do exoplaneta WASP-19b, assim como informações valiosas sobre a estrutura de pressão e temperatura da atmosfera.

WASP-19b é um “Júpiter quente” verdadeiramente incomum a cerca de mil anos luz da Terra. Tem aproximadamente a mesma massa de Júpiter, mas por estar tão perto da sua estrela, completa uma órbita em 19 horas, o que também faz com que o planeta seja muito quente, com uma temperatura estimada em cerca de 2.000 graus Celsius.

Quando o WASP-19b passa na frente da estrela que orbita, alguma luz estelar atravessa a sua atmosfera, deixando “impressões digitais” na luz que chega eventualmente à Terra.

A equipa de astrónomos conseguiu analisar essas “impressões digitais” com o instrumento FORS2 no VLT e deduzir que, juntamente com uma neblina global fortemente espalhada, a atmosfera continha pequenas quantidades de água, sódio e óxido de titânio.

Raramente visto na Terra, o óxido de titânio é conhecido por existir nas atmosferas de estrelas geladas. Nas atmosferas de um planeta quente como WASP-19b, o titânio absorve calor.

Na verdade, se o óxido de titânio é suficiente numa atmosfera, evitará que o calor entre ou saia, causando uma inversão térmica, com a atmosfera superior a ficar mais quente do que a atmosfera inferior. O ozono tem um efeito semelhante na atmosfera da Terra, causando inversão na estratosfera.

Os cientistas passaram mais de um ano a recolher dados WASP-19b, comparando observações com modelos atmosféricos para extrapolar as diferentes propriedades da atmosfera do exoplaneta.

Agora, os novos dados sobre a presença de óxido de titânio, outros óxidos metálicos e outras substâncias podem ser usados ​​para desenvolver modelos melhorados das atmosferas dos exoplanetas.

Uma vez que os astrónomos possam observar as atmosferas dos planetas que mostram maior potencial de habitar vida, esses modelos melhorados podem ajudá-los a interpretar essas observações de forma mais eficaz.

As descobertas também confirmam que o instrumento FORS2 remodelado é a melhor ferramenta para lidar com esses tipos de estudos da Terra.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Já há mais Uber em Lisboa, Porto e Faro do que táxis

Cinco anos depois de terem chegado a Portugal, as empresas de transporte individual de passageiros online já representam quase metade dos taxistas. Segundo dados do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), citados esta terça-feira pelo …

Agência Europeia também investiga problemas nos novos aviões da TAP

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) confirmou à TSF que também estar a investigar os estranhos casos de enjoos nos novos aviões da TAP. A tomada de posição da EASA foi confirmada à …

PCP apresenta programa eleitoral que inclui “reforma fiscal”

O secretário-geral comunista, Jerónimo de Sousa, apresenta esta terça-feira formalmente o programa eleitoral do partido para as legislativas, que inclui um pacote de medidas de “reforma fiscal”, em cerimónia pública, num hotel lisboeta. O líder do …

Multa histórica ao Facebook deixou Zuckerberg mil milhões de euros mais rico

A multa histórica de 4,4 mil milhões de euros aplicada ao Facebook, no âmbito do escândalo Cambridge Analytica, não está a fazer mossa na empresa e até fez subir as suas acções em bolsa, com …

Vale paga 165 mil euros a familiares dos trabalhadores mortos em Brumadinho

A empresa brasileira acordou indemnizar cada familiar dos trabalhadores mortos na rutura da barragem de Brumadinho, ocorrida em janeiro passado. O acordo, firmado entre o Ministério Público do Trabalho e a companhia mineira Vale, determina que …

Novo currículo e novas metas. Peritos desafiam Costa a mudar tudo no ensino da Matemática

Um grupo de peritos constituído em dezembro pelo Ministério da Educação quer que o ensino da Matemática assente num novo currículo, deixando para trás documentos que considera contraditórios entre si. Coordenado pelo professor Jaime Carvalho e …

Johnson & Johnson investigada por risco de cancro do pó de talco

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos está a investigar a Johnson & Johnson para aferir se mentiu sobre o possível risco de cancro do seu pó de talco. Mais de 13 mil pessoas nos Estados …

Von der Leyen apresentou um "ramalhete" de promessas no Parlamento Europeu. Votação marcada para as 18h

A candidata à presidência da Comissão Europeia comprometeu-se esta terça-feira a tornar a Europa o primeiro continente a alcançar a meta da neutralidade carbónica em 2050, indicando que irá apresentar um “acordo verde” nos primeiros …

Em 2018, ficaram por pagar 12 milhões de euros em salários. É um aumento de 60% desde 2017

A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) identificou 6.618 trabalhadores com salários em atraso, no valor de 11,7 milhões de euros. É, de acordo com o Jornal de Notícias, um aumento de 59% no espaço …

Maior central elétrica do país está há oito meses à espera de uma nova licença ambiental

A maior central elétrica do país está há oito meses à espera que a sua licença ambiental, essencial para que possa permanecer em operação, seja renovada. Apesar da morosidade do procedimento, e de a licença original …