PJ detém os três suspeitos de homicídio do jovem de 24 anos no Campo Grande

Tiago Henrique Marques / Lusa

Pedro Fonseca, de 24 anos, foi assassinado junto ao McDonald’s do Campo Grande, em Lisboa, às 23:00 do dia 28 de dezembro. Recém-licenciado em Engenharia Informática, era filho de um ex-inspetor da Política Judiciária (PJ) e morreu quando três homens o tentavam assaltar.

Nesta segunda-feira, a PJ fez buscas e deteve os três presumíveis autores do crime, residentes na linha de Sintra, depois de os ter identificado há alguns dias com a ajuda de câmaras de videovigilância, noticiou o Diário de Notícias (DN), citando a agência Lusa.

Segundo apurou o DN junto de uma fonte policial envolvida na investigação, os suspeitos têm todos menos de 20 anos e terão sido autores de outros assaltos. Desde o início da investigação, o homicídio estava já a ser ligado a uma vaga de assaltos com faca que ocorreram no último ano na mesma zona.

Embora não tenha havido vítimas durante esses roubos, as descrições dos queixosos apontavam para o mesmo grupo de três jovens.

Em comunicado, a PJ informou que continua a fazer “diligências, no sentido de apurar cabalmente o envolvimento dos suspeitos na prática do mencionado crime”, remetendo “esclarecimentos complementares para momento posterior”.

Pedro Fonseca foi encontrado gravemente ferido numa zona de estacionamento junto à Faculdade de Ciências e acabou por morrer. Terá sido ferido quando tentava resistir a um assalto, que se deu quando regressava de um restaurante de ‘fast food’ no Campo Grande. Foi socorrido mas, devido aos ferimentos graves, acabou por morrer no local.

Mais polícia e iluminação junto aos Campus

Na sequência deste crime, doze associações de estudantes universitários exigiram esta segunda-feira um maior investimento em policiamento e iluminação junto aos campus universitários de Lisboa e nas suas imediações.

“Apesar dos esforços da polícia para impedir a criminalidade nesta zona, é fundamental a alocação de mais agentes”, alertaram em comunicado, no qual pediram um “grande investimento na iluminação do Campus”, pois no seu entendimento a falta de luz “gera um ambiente propício a situações de assédio e assaltos no campus”.

“São muitas as áreas com falta de iluminação nestas zonas, que geram um clima de insegurança para os estudantes e facilitam ações criminosas”, salientaram.

As associações dizem estar disponíveis para participar com a reitoria, os órgãos de gestão das faculdades, as forças policiais e a Câmara Municipal de Lisboa “na construção de soluções que garantam a segurança e bem-estar de todos os estudantes”.

Lamentando a morte do jovem, indicaram que a “zona da freguesia de Alvalade é conhecida no meio estudantil como palco de recorrente atividade criminosa”. Nas imediações dos Campus Universitários existem caso de “prostituição, assédio, assaltos armados a carros ou tráfico de drogas”, acrescentaram.

De acordo com os estudantes, também tem havido relatos de atividade criminosos nos campus universitários da Ajuda e da Alameda.

O alerta é feito pelas Associações de Estudantes das Faculdades de Direito de Lisboa, de Arquitetura, de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, Ciências de Lisboa, de Farmácia da Universidade de Lisboa, de Medicina, Medicina Veterinária, Motricidade Humana, Psicologia e do Instituto de Educação e ainda estudantes dos Institutos Superiores de Agronomia, de Economia e gestão e Instituto Superior Técnico.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …

Guardas da Revolução do Irão prometem vingar morte do general Soleimani

O chefe dos Guardas da Revolução, o exército ideológico do Irão, garantiu hoje que a morte do general Qassem Soleimani, alvo de um raide aéreo dos Estados Unidos, será vingada em “todos os seus implicados”. “Senhor …

"O mundo está no momento mais perigoso da história humana", diz Noam Chomsky

O professor norte-americano Noam Chomsky, conhecido como o pai da linguística moderna, advertiu que o mundo está no momento mais perigoso da história da humanidade devido à crise climática, à ameaça de guerra nuclear e …

Portugal com 849 novas infecções por covid-19. Há 20.722 casos activos

Portugal registou 849 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência de subida verificada nos dias anteriores. Mas o número de pacientes recuperados também não era tão alto desde Julho. O boletim da …

A Grândola Vila Morena abafou "a maior marcha alguma vez vista" do Chega

Com a Praça do Giraldo, em Évora, dividida por barreiras anti-motim, os participantes da concentração "Pela Liberdade" receberam os apoiantes do Chega de André Ventura ao som de "Grândola Vila Morena" e empunhando cravos vermelhos …

Pandemia assola Irão. EUA com mais 888 mortos. 19 países europeus bateram recorde de casos

Naquele que é o número mais elevado de casos diários desde abril, a Alemanha registou 2.297 novos contágios, 19 países europeus já ultrapassaram o recorde de casos do pico da pandemia. O Irão ultrapassou as …

Rangel "é um turista do carago". SMS atestam que Vieira usou Benfica em "benefício pessoal"

Luís Filipe Vieira é um dos acusados da Operação Lex, com o Ministério Público (MP) a alegar que o presidente do Benfica utilizou o clube em "benefício pessoal" para obter uma cunha do juiz Rui Rangel. O …