Nova pílula contracetiva pode ajudar a reduzir o risco de cancro do ovário

As formas mais modernas da pílula combinada ajudam a diminuir o risco de cancro do ovário. Ainda assim, os investigadores ainda não descobriram se os resultados também são válidos para outros produtos derivados de progestina.

Uma investigação recente, levada a cabo por uma equipa de cientistas da Universidade de Aberdeen, no Reino Unido, e da Universidade de Copenhaga, na Dinamarca, concluiu que as mulheres que tomam uma forma mais recente da pílula combinada têm menor risco de desenvolver cancro do ovário relativamente às que não usam contracetivos hormonais.

Neste estudo, os investigadores usaram um banco de dados dinamarquês com informações de mais de 1,8 milhões de mulheres, com idades compreendidas entre os 15 e os 49 anos, sobre prescrições de contracetivos hormonais e com os registos dos casos de cancro.

Segundo o estudo, publicado recentemente na revista British Medical Journal, a maioria do uso de contracetivos hormonais (86%) foi reduzida à pílula combinada.

Os dados usados neste estudo foram recolhidos entre 1995 e o final de 2014. Na investigação, os investigadores levaram em consideração vários fatores como o número de filhos e a história familiar de cancro da mama ou de ovário.

Desta forma, analisando estes dados, os cientistas descobriram que as mulheres que utilizaram contraceção hormonal em algum momento tinham um risco 34% menor de desenvolver cancro do ovário relativamente às que não o fizeram. Para utilizadoras recentes, a redução foi de 42% e, para as mulheres que não o tomaram durante um ano ou mais, o risco era 23% menor.

Lisa Iversen, autora do artigo científico, refere que “para mulheres que estão agora em idade reprodutiva e que usam produtos hormonais contemporâneos, as descobertas são tranquilizadoras porque continuam a demonstrar um risco reduzido de cancro de ovário associado a contracetivos orais combinados”.

Além disso, adianta a Visão, os investigadores notaram também que a redução geral foi mais pronunciada nas mulheres que tomaram a pílula combinada do que nas que usaram apenas progestogénios. As formas mais recentes da pílula contêm diferentes doses de estrogénio sintético, assim como diferentes tipos de progestinas, havendo algumas que são tomadas sem paragens.

Apesar destas conclusões, este estudo não é suficiente para provar a relação de causalidade entre o uso da pílula e a redução do risco de desenvolvimento de cancro do ovário.

Além disso, ressalva a revista, este estudo tem outras limitações, como o facto de os investigadores terem deixado de seguir as mulheres assim que fizeram 50 anos e, por esse motivo, o impacto sobre elas à medida que envelheciam não foi investigado.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

J&J acusada de usar manobra para impedir processos judiciais relativos à venda de pó de talco com propriedades cancerígenas

A Johnson & Johnson está a ser criticada por usar uma manobra para impedir cerca de 38 mil processos judiciais que alegam que o famoso baby powder da marca causa cancro. De acordo com a NPR, …

Tondela 1-3 FC Porto | Hat-trick de Taremi castiga insolência beirã

O iraniano Mehdi Taremi foi a grande figura da vitória do FC Porto em casa do Tondela, por 3-1. Os homens da casa marcaram primeiro, mas cedo se viram reduzidos a dez elementos e tiveram …

Chamam-lhe "Lady Trump". A candidata a governadora do Nevada que está a gerar polémica

Conhecida como "Lady Trump", Michele Fiore anunciou a sua candidatura a governadora do estado do Nevada em estilo, gerando polémica nos Estados Unidos. Michele Fiore, vereadora de Las Vegas, anunciou esta terça-feira a sua candidatura a …

Benfica abre inquérito a envolvimento de colaboradores em negócio de ações da SAD

O Benfica abriu um inquérito interno para averiguar o possível envolvimento de dois colaboradores num eventual negócio de transação de ações da SAD ‘encarnada’, informou hoje o clube, em comunicado. “Tendo em conta as recentes notícias …

Um hipopótamo na água

Tribunal norte-americano reconhece hipopótamos de Pablo Escobar como pessoas jurídicas

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do legado deixado na Colômbia por Pablo Escobar, recebeu o estatuto de "pessoas jurídicas". Um tribunal federal dos Estados Unidos defendeu que os descendentes dos hipopótamos do barão da …

Mais rapidez e menos ruído. E-bikes permitem que militares em ação passem despercebidos

Os soldados do Regimento de Cavalaria da Infantaria Montada de Queensland, na Austrália, estão a testar e-bikes para perceber se o veículo poderá ser uma opção válida para operações no terreno. Passar despercebido no terreno é …

Oposição critica Governo de El Salvador por usar a covid-19 para limitar manifestações

Na quarta-feira, a Assembleia Legislativa de El Salvador aprovou um decreto que proíbe reuniões públicas e privadas que não estejam relacionadas com as artes, cultura ou desporto até 8 de dezembro. Segundo a Vice, apesar de …

Portugal com mais 883 casos confirmados e quatro mortes

Portugal regista hoje mais 883 casos confirmados de covid-19 e quatro óbitos pela doença, assim como 729 pessoas recuperadas e menos internamentos em enfermaria e unidades de cuidados intensivos, de acordo com o boletim diário. Segundo …

Um boneco do Super-Homem a voar

Indianos declaram "guerra" ao Super-Homem e à Mulher-Maravilha

Injustice, o último filme de animação da DC Comics, deixou alguns indianos muito perto de um ataque de fúria. Cenas em que o Super-Homem e a Mulher-Maravilha surgem a lutar contra militares indianos e a …

Alec Baldwin

Hollywood em choque. Alec Baldwin recebeu arma carregada, mas disseram-lhe que estava "fria"

A morte da directora de fotografia Halyna Hutchins, depois de ter sido atingida pelo actor Alec Baldwin durante as filmagens de "Rust", deixou o mundo de cinema de Hollywood abalado. E ninguém percebe como é …