PCP critica “lágrimas de crocodilo” do PS com direitos das crianças

Tiago Petinga / Lusa

O secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP), Jerónimo de Sousa

O PCP criticou na terça-feira as “lágrimas de crocodilo” dos partidos, do PS à direita, que se queixam da pobreza infantil ou do insucesso escolar, e depois não mudam a lei laboral, e insistiu na rede pública de creches.

A crítica foi lançada num encontro de fim de tarde, no Largo da Graça, em Lisboa, por Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP, no Dia Internacional da Criança, sobre o “direito a ser criança – crescer saudável e feliz”, em que se ouviram testemunhos de pais, professores e psicólogos, noticiou a agência Lusa.

O líder dos comunistas ligou o bem-estar das crianças e das suas famílias às condições gerais “dos pais e das mães enquanto trabalhadores”, dos “serviços públicos a pensar nas crianças”, a começar pelos salários dignos e com estabilidade, com o aumento para 850 euros do salário mínimo nacional, aos horários estáveis e não desregulados.

“São direitos de todos os trabalhadores” com impacto na vida dos pais e das crianças, afirmou, o que levou Jerónimo a atirar, sem os nomear directamente, ao PS e aos partidos de direita, pela resistência em mexer no Código do Trabalho.

“Não adianta chorar lágrimas de crocodilo com a pobreza infantil, a baixa natalidade ou o insucesso escolar. É inaceitável que se culpem os pais – e em particular as mães – que se repitam discursos moralistas, sem intervir na legislação laboral, compactuando com a exploração e os baixos salários”, disse.

E mais à frente no discurso, a dezena e meia de dirigentes e militantes em frente ao coreto do Largo da Graça, o líder comunista disse que se deve ao PCP o facto de haver mais 19 mil bebés em creches devido a uma negociação no Orçamento do Estado de 2020, pedindo a rápida aplicação do que foi acordo com o Governo para este ano – “a gratuitidade das creches para todas as crianças dos 1.º e 2.º escalões”.

Antes, defendeu ser necessário “romper com os aparentes consensos em torno do apoio às famílias e à promoção da natalidade, que na prática se tem saldado no insucesso das políticas realizadas por Governos do PS, PSD e CDS”.

As soluções defendidas pelos comunistas, como “aumento e a universalidade dos abonos de família ou nas vagas “para todas as crianças a partir dos três anos no pré-escolar público”, são possíveis, segundo Jerónimo de Sousa.

“O Governo só não vai mais longe porque não quer”, concluiu.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Com os comunistas é ‘bar aberto’ e depois pensa-se nas contas. Por isso é que nos países comunistas e de ideologia socialista se passa fome, e ‘as crianças’ andam na rua, a pedinchar e outras coisas menos dignas. Pura demagogia e populismo à boa maneira comunista.

RESPONDER

A Lilium testou o seu táxi voador de quinta geração — com direito a vídeo e som

Empresa alemã quer tornar-se uma referência do transporte aéreo de nova geração, pelo que se tem esforçado por responder a todos os pedidos e solicitações de melhorias enviadas por possíveis compradores. O modelo eVTOL da empresa …

Irão disponível para negociações sobre acordo nuclear nas próximas semanas

O Irão retornará às negociações sobre a retomada do acordo nuclear de 2015 nas próximas semanas, avançou o Ministério dos Negócios Estrangeiros esta terça-feira, apesar das suspeitas das potências ocidentais sobre a estratégia de Teerão …

Depois do Loon, nasce o Taara. Projeto usou lasers para transmitir 700TB de dados

Depois da morte do Projeto Loon, no início do ano, nasceu o Projeto Taara, que utilizou lasers para transmitir 700TB de dados através do rio Congo. O projeto muda, o nome é diferente, mas a missão …

Vizela - Paços de Ferreira bateu recorde de assistência na I Liga

Maior número de adeptos do campeonato também foi registado nesta jornada, no Benfica-Boavista; mas em termos de ocupação do estádio, o Vizela deixou longe toda a concorrência. Desde os anos 80 do século passado que não …

150 anos antes da viagem histórica de Colombo, um frade italiano escrevia sobre a America

Por volta do ano 1340, Galvano Fiamma registou, na sua Cronica universalis, a existência de terras a oeste da Gronelândia habitadas "por gigantes". Trata-se da primeira menção documentada do continente americano no Mediterrâneo, cerca de …

Os antigos compadres zangaram-se de vez. Trump puxa os cordelinhos nos bastidores para correr com McConnell

A relação de altos e baixos entre os dois azedou de vez depois de McConnell ter reconhecido a vitória de Joe Biden. Trump quer agora que um Republicano concorra contra McConnell pelo cargo da liderança …

Bombeiros embrulharam a maior árvore do mundo em papel de alumínio. Tudo para a proteger

O incêndio consumiu milhares de acres na Califórnia e o National Park Service viu-se obrigado a intensificar os seus esforços para proteger as jóias naturais, incluindo as maiores árvores do mundo. Os incêndios Colony e Paradise …

EUA trocaram "guerra implacável" por "diplomacia implacável" no Afeganistão, diz Biden

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, disse esta terça-feira à Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) que o país se está a concentrar na "diplomacia implacável" e no encerramento de uma era de …

Presidente de El Salvador autodenomina-se "Ditador de El Salvador"

O Presidente de El Salvador, Nayib Bukele, alterou no domingo a descrição do seu perfil no Twitter para "Ditador de El Salvador", passando depois para "Ditador mais 'cool' do mundo mundial", situação registada após os …

Ordem dos Médicos abre processo disciplinar contra Fernando Nobre

O Conselho Disciplinar Regional do Sul da Ordem dos Médicos abriu um processo contra Fernando Nobre, por causa das suas declarações numa manifestação de negacionistas em frente à Assembleia da República. A Ordem dos Médicos (OM) …