Número de refugiados sírios ultrapassa os 4 milhões

A. Rummery / UNHCR

Crianças sírias brincam num campo de refugiados em Za’atri, na Jordânia

Crianças sírias brincam num campo de refugiados em Za’atri, na Jordânia

Mais de quatro milhões de sírios fugiram da guerra civil no seu país, tornando-se refugiados nas regiões vizinhas, um milhão deles nos últimos dez meses, de acordo com a ONU.

“Esta é a maior população refugiada de um único conflito, [no espaço de] uma geração”, afirmou hoje o Alto-comissário das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), António Guterres. Quase metade destes quatro milhões foram acolhidos na Turquia, mas o número não inclui os 270 mil sírios que desde 2011 pediram asilo a países europeus.

António Guterres apelou à União Europeia (UE) para dar uma “resposta robusta” e “mais eficaz” à crise dos refugiados sírios, apontando como exemplo a Alemanha, que aceitou dezenas de milhares de pedidos.

Segundo Guterres, a Alemanha mostrou-se em 2014 especialmente recetiva ao aceitar dezenas de milhares de pedidos de asilo de refugiados sírios. “Se todos os países fizessem o mesmo, penso que faríamos face ao problema mais confortavelmente”, disse, citado pela agência France Presse.

Segundo o gabinete de estatísticas europeu, Eurostat, a Alemanha recebeu em 2014 cerca de 200 mil pedidos de asilo, um aumento de 60% em relação a 2013, 41 mil dos quais de cidadãos sírios.

António Guterres falava à imprensa à margem de uma reunião dos ministros do Interior da UE consagrada à repartição de 60 mil migrantes pelos países da União para aliviar a Itália e a Grécia.

Guterres foi ao Luxemburgo dizer que a Grécia é o país mais exposto ao afluxo de migrantes provenientes da Síria, com 78 mil pessoas que chegaram à costa grega desde o início do ano, o que exige da Europa uma solidariedade “bem mais forte”.

“Precisamos de uma resposta europeia robusta a um problema que não vai diminuir nos próximos meses, porque não há claramente uma perspetiva de resolução do conflito”, disse.

“A UE e os Estados membros têm de aplicar mecanismos mais fortes para assumir plenamente as suas responsabilidades”, acrescentou, apelando para procedimentos “mais flexíveis” de aprovação de vistos.

Guterres lamentou por outro lado a decisão europeia, tomada na cimeira de 25 de junho, de fazer a repartição dos candidatos a asilo numa base voluntária e não com base em quotas obrigatórias como tinha proposto a Comissão Europeia.

/Lusa

RESPONDER

Catalunha aplaude referendo curdo. Erdogan pode fazê-los "passar fome"

Os curdos iraquianos votaram esta segunda-feira de forma massiva no referendo sobre a sua independência, mas esta possibilidade alimentada há um século arrisca provocar uma escalada nas tensões regionais. O parlamento em Bagdade, na presença dos …

Enfermeiros exigem aumento mínimo de 400 euros. Ministro da Saúde considera "incomportável"

Os enfermeiros podem voltar à greve a 16 de outubro caso o Governo não satisfaça um conjunto de reivindicações esta terça-feira entregues à tutela e que incluem um aumento mínimo de 400 euros para todos …

João Lourenço põe Portugal fora da lista dos principais parceiros

O novo Presidente angolano, João Lourenço, excluiu esta terça-feira Portugal da lista de principais parceiros, no seu discurso de tomada de posse, sublinhando que Angola considerará todos que "respeitem" a soberania nacional. A posição foi assumida …

MP desvalorizou indícios de maus tratos contra menino que morreu na Guarda

A mãe da criança de 7 anos que morreu no sábado, na Guarda, depois de cair de um terceiro andar, está acusada dos crimes de violência doméstica e de exposição ou abandono. O alerta dado …

Casa do presidente da Câmara de Lisboa também vai ser alojamento local

"É tão absurdo como Marcelo Rebelo de Sousa concessionar o Palácio de Belém para um hotel de charme." A crítica é do candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Lisboa, Ricardo Robles, sobre …

Marcelo Rebelo de Sousa assobiado na tomada de posse de João Lourenço

João Lourenço, de 63 anos, foi esta terça-feira investido, pelas 12:15, no cargo de Presidente da República de Angola, o terceiro que o país conhece desde a independência, em novembro de 1975. Marcelo Rebelo de …

Centeno e Governador do Banco de Portugal à beira da ruptura

As declarações do Governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, sobre as "tentações" do Governo de reduzir a independência dos bancos centrais, caíram mal no seio das Finanças que exigem a Governador que se "retrate". "A …

Fraude massiva com medicamentos potencialmente letais leva centenas à prisão

123 países estiveram envolvidos na operação Pangea X, uma ação a nível internacional coordenada pela Interpol que pretendia combater medicamentos falsificados e os perigos associados à compra de medicamentos pela internet. No âmbito da operação Pangea …

Quase 60 mil pessoas retiradas devido a "erupção iminente" de vulcão em Bali

Mais de 57 mil pessoas fugiram das zonas em torno do vulcão de Monte Agung, na ilha indonésia de Bali, perante registo de atividade sísmica sem precedentes no local. O centro de vulcanologia da ilha …

Governo alarga concurso de regularização da função pública a precários em tempo parcial

Os trabalhadores do Estado em tempo parcial vão poder participar nos concursos para integração de precários. A proposta do PS vai ao encontro do que defendem o BE e o PCP e é votada na …