Ministro da Educação assaltado no Rio de Janeiro

André Kosters / Lusa

O Ministro da Educação Tiago Brandão Rodrigues

O Ministro da Educação Tiago Brandão Rodrigues

O ministro da Educação português, Tiago Brandão Rodrigues, foi assaltado este sábado, junto à praia de Ipanema, na zona Sul do Rio de Janeiro.

Segundo informações da Polícia Militar do Rio de Janeiro, citadas pelo portal brasileiro UOL, o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, foi este sábado à tarde assaltado em plena praia de Ipanema, no Rio de Janeiro.

O crime foi cometido por dois assaltantes que o abordaram com uma faca, exigindo que o governante lhe entregasse o dinheiro, telemóvel e carteira. Apenas um dos envolvidos foi detido, depois de ter sido agredido por populares que se aperceberam do assalto, conforme reporta o jornal Sol.

O assaltante fugiu a pé logo após cometer o assalto, mas foi perseguido e cercado por moradores do bairro, que chamaram a Polícia Militar.

Assaltante tentou subornar polícias com 1400 euros

O indivíduo detido foi identificado como Marcio Luiz Brandão, de 26 anos e com cadastro por crimes de roubo, tráfico de droga e posse de estupefacientes, teve que receber tratamento no hospital, por causa dos ferimentos que lhe foram causados pelos populares.

E terá tentado subornar os polícias que o acompanharam à unidade de saúde, oferecendo-lhe 5 mil reais (mais de 1400 euros), conforme destaca o Sol, citando o jornal i.

Os bens roubados a Tiago Brandão Rodrigues foram recuperados e devolvidos ao ministro.

A mulher do assaltante, Lidiane Aguiar, que se dirigiu à esquadra onde o mesmo se encontrava detido para tentar vê-lo, diz que o seu marido “fez esta besteira porque não consegue arranjar emprego”.

Imediatamente após a identificação dos intervenientes – nomeadamente a confirmação de que um ministro português estava envolvido – a Polícia Civil decretou segredo de justiça e deixou de fornecer qualquer informação a respeito da ocorrência.

Segundo o UOL, a informação de que a vítima do assalto era Tiago Brandão Rodrigues foi “confirmada pelo subtenente Barros, antes de o sigilo ter sido decretado”.

Brandão Rodrigues diz que foi só “um susto”

Tiago Brandão Rodrigues, titular da pasta da Educação e do Desporto, está no Brasil a acompanhar a delegação portuguesa que participa dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016.

Após o assalto, o ministro assumiu que a situação foi “um susto”, mas tratou de frisar que o caso “não deve ser demasiado valorizado” e que “não tem de haver uma inquietação excessiva”.

“Pode acontecer em qualquer parte do mundo, em grandes eventos. Acima de tudo, é preciso ter os cuidados necessários”, disse ainda Tiago Brandão Rodrigues, ressalvando que sempre se sentiu “muito seguro no Rio de Janeiro e no Brasil”.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Assim já sabe qual a sensação experimentada pelos Portugueses desde há quarenta e dois anos.
    É F”!#$%&/()=?…….do não é Sr. Ministro?!

    • Tem toda a razão. Aliás, até proponho que seja atribuída, ao assaltante, uma comenda, por ocasião do 10 de Junho. Afinal, costumam ser os políticos a roubar o povo e nunca o contrário.

  2. Pena é não terem lá ficado com ele de vez, aproveitariam as suas capacidades intelectuais e por cá evitar-nos-iam mais borradas no “sistema educativo”.

RESPONDER

O Pólo Norte vai ter um hotel de luxo (iluminado pelas auroras boreais)

https://vimeo.com/360873720 O hotel "mais a norte do mundo" só existirá durante um mês e o glamping de luxo será para muito poucos: o custo é de 95 mil euros por pessoa por três dias. Em 2020, o …

Whitney Houston vai regressar aos palcos (em holograma)

Whitney Houston vai "regressar" aos palcos, em formato holograma. Foi anunciada uma digressão da cantora por várias salas do Reino Unido, em 2020. Os planos para uma digressão de holograma de Whitney Houston têm sido discutidos …

Victor Vescovo diz que chegou ao ponto mais profundo dos oceanos. James Cameron não concorda

James Cameron levantou dúvidas sobre as recentes declarações de Victor Vescovo sobre ter quebrado o recorde do mergulho mais profundo no oceano, dizendo que o empresário não pode ter descido mais, uma vez que não …

Par de patinadores no gelo mais medalhado de sempre anuncia fim da carreira

Os canadianos Tessa Virtue e Scott Moir, o par de patinadores no gelo mais medalhado da história do olimpismo, anunciaram esta quarta-feira o fim da carreira. “Olá a todos. Temos novidades para todos os que nos …

Elon Musk é o líder mais inspirador da tecnologia da atualidade

Elon Musk foi nomeado o líder mais inspirador no setor da tecnologia, de acordo com um estudo publicado pela Hired, uma plataforma para contratação de pessoal em 14 cidades em todo o mundo. O estudo, chamado …

De portas abertas para quem precisa. Frigoríficos solidários crescem em Paris

A Cantina do 18.º bairro parisiense foi o primeiro espaço deste projeto solidário, inaugurado há dois anos. Atualmente existem 38 restaurantes em França que acolhem os frigoríficos solidários. Em dois anos, o projeto dos frigoríficos solidários …

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …

"A bola apenas bateu no peito". VAR admite erro no penálti do Portimonense-FC Porto

O vídeo-arbitro do encontro entre Portimonense e FC Porto, Vasco Santos, admitiu esta quarta-feira que não existiu razão para assinalar grande penalidade a favor do clube portista. "No momento em que o árbitro apita fiquei com …

Na Índia, usar cigarros eletrónicos já pode dar prisão

O Governo indiano anunciou esta quinta-feira a proibição de cigarros eletrónicos no país, de 1,3 mil milhões de pessoas, numa ação que pretende ser a favor da saúde e contra os vícios. "A decisão foi tomada …