Ministro da Educação assaltado no Rio de Janeiro

André Kosters / Lusa

O Ministro da Educação Tiago Brandão Rodrigues

O Ministro da Educação Tiago Brandão Rodrigues

O ministro da Educação português, Tiago Brandão Rodrigues, foi assaltado este sábado, junto à praia de Ipanema, na zona Sul do Rio de Janeiro.

Segundo informações da Polícia Militar do Rio de Janeiro, citadas pelo portal brasileiro UOL, o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, foi este sábado à tarde assaltado em plena praia de Ipanema, no Rio de Janeiro.

O crime foi cometido por dois assaltantes que o abordaram com uma faca, exigindo que o governante lhe entregasse o dinheiro, telemóvel e carteira. Apenas um dos envolvidos foi detido, depois de ter sido agredido por populares que se aperceberam do assalto, conforme reporta o jornal Sol.

O assaltante fugiu a pé logo após cometer o assalto, mas foi perseguido e cercado por moradores do bairro, que chamaram a Polícia Militar.

Assaltante tentou subornar polícias com 1400 euros

O indivíduo detido foi identificado como Marcio Luiz Brandão, de 26 anos e com cadastro por crimes de roubo, tráfico de droga e posse de estupefacientes, teve que receber tratamento no hospital, por causa dos ferimentos que lhe foram causados pelos populares.

E terá tentado subornar os polícias que o acompanharam à unidade de saúde, oferecendo-lhe 5 mil reais (mais de 1400 euros), conforme destaca o Sol, citando o jornal i.

Os bens roubados a Tiago Brandão Rodrigues foram recuperados e devolvidos ao ministro.

A mulher do assaltante, Lidiane Aguiar, que se dirigiu à esquadra onde o mesmo se encontrava detido para tentar vê-lo, diz que o seu marido “fez esta besteira porque não consegue arranjar emprego”.

Imediatamente após a identificação dos intervenientes – nomeadamente a confirmação de que um ministro português estava envolvido – a Polícia Civil decretou segredo de justiça e deixou de fornecer qualquer informação a respeito da ocorrência.

Segundo o UOL, a informação de que a vítima do assalto era Tiago Brandão Rodrigues foi “confirmada pelo subtenente Barros, antes de o sigilo ter sido decretado”.

Brandão Rodrigues diz que foi só “um susto”

Tiago Brandão Rodrigues, titular da pasta da Educação e do Desporto, está no Brasil a acompanhar a delegação portuguesa que participa dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016.

Após o assalto, o ministro assumiu que a situação foi “um susto”, mas tratou de frisar que o caso “não deve ser demasiado valorizado” e que “não tem de haver uma inquietação excessiva”.

“Pode acontecer em qualquer parte do mundo, em grandes eventos. Acima de tudo, é preciso ter os cuidados necessários”, disse ainda Tiago Brandão Rodrigues, ressalvando que sempre se sentiu “muito seguro no Rio de Janeiro e no Brasil”.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Assim já sabe qual a sensação experimentada pelos Portugueses desde há quarenta e dois anos.
    É F”!#$%&/()=?…….do não é Sr. Ministro?!

    • Tem toda a razão. Aliás, até proponho que seja atribuída, ao assaltante, uma comenda, por ocasião do 10 de Junho. Afinal, costumam ser os políticos a roubar o povo e nunca o contrário.

  2. Pena é não terem lá ficado com ele de vez, aproveitariam as suas capacidades intelectuais e por cá evitar-nos-iam mais borradas no “sistema educativo”.

RESPONDER

Mais de 100 mil trabalhadores independentes já pediram apoio do Governo

Mais de 100 mil trabalhadores independentes já se candidataram ao apoio extraordinário criado pelo Governo para fazer face à paragem total de atividade devido à pandemia de covid-19. Segundo o comunicado do Ministério do Trabalho, Solidariedade …

“Voltaremos a encontrar-nos”. Isabel II relembra a 2.ª Guerra Mundial e fala de um desafio "diferente"

A rainha Isabel II salientou este domingo, numa mensagem televisiva, que a pandemia Covid-19 é um desafio "diferente" de outros enfrentados pelo Reino Unido e exortou os britânicos a respeitar o confinamento. "Embora já tenhamos enfrentado …

CTT recuam. Não vão propor a distribuição de dividendos de 2019

O Conselho de Administração dos CTT - Correios de Portugal, SA informaram esta segunda-feira que já não vão propor à Assembleia Geral de Acionistas a distribuição de dividendos relativos ao exercício de 2019, como previsto, …

Há enfermeiros sem treino a trabalhar nos cuidados intensivos

A presidente do Sindicato de Todos os Enfermeiros Unidos (SITEU), Gorete Pimentel, denuncia que há enfermeiros sem treino a trabalhar em unidades de cuidados intensivos. "São necessários três a quatro meses para que um enfermeiro seja …

Ronaldo vai tornar-se o primeiro bilionário no mundo do futebol

Cristiano Ronaldo vai faturar cerca de 90 milhões de euros este ano. Isto faz com que o futebolista português atinja os mil milhões de euros em receitas durante a sua carreira. Embora Cristiano Ronaldo tenha sido …

Tribunais adiaram mais 50 mil diligências num mês

A pandemia de covid-19 obrigou os tribunais portugueses a adiar 2.445 diligências e a anular outras 28.957, escreve o jornal Público. Ao todo, foram desmarcadas 51.402 diligências, frisa o matutino na sua edição desta segunda-feira, …

311 mortes e uma subida de 4% nos casos confirmados em Portugal. Recuperados quase duplicaram

O número de mortes em Portugal relacionadas com a Covid-19 ultrapassou a barreira das 300, situando-se nas 311 vítimas, mais 16 do que no domingo. O número de recuperados também cresceu para 140. Os casos …

"Uma vergonha para o país". Morte de ucraniano leva a "mudanças profundas" no funcionamento do SEF

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, disse esta segunda-feira que vai haver “mudanças profundas no modelo de funcionamento do Centro de Instalação Temporária do SEF no aeroporto de Lisboa, na sequência do caso da …

City abre processo a Kyle Walker por festa com prostitutas durante quarentena

Kyle Walker, futebolista do Manchester City, viu o clube instaurar-lhe um processo disciplinar, depois de este ter, alegadamente, quebrado a obrigação de confinamento devido à COVID-19 numa festa com prostituas. “Os futebolistas são modelos a seguir …

"Digam aos accionistas que não há nada para ninguém". Marcelo apela à Banca (ou deixa que o Governo suspenda os lucros)

O Presidente da República reúne-se, nesta segunda-feira, com os cinco maiores bancos a actuar em Portugal para apelar à sua "sensatez" para agilizarem os empréstimos às empresas e às famílias depois de terem recebido milhões …