Um dos maiores meteoritos lunares está à venda. Vale mais de dois milhões de euros

(dr) ASU Center for Meteorite Studies

Imagem do Northwest Africa (NWA) 11119, um outro meteorito, considerado o mais antigo até agora encontrado

Um dos maiores meteoritos lunares do mundo será colocado à venda (por negociação particular) pela famosa casa de leilões Christie’s esta quinta-feira, avaliado em 2,49 milhões de dólares (cerca de 2,29 milhões de euros).

Segundo avançou a Reuters, citada pelo Público, acredita-se que o meteorito em questão seja o quinto maior do mundo, pesando mais de 13,5 quilogramas. Conhecido como “NWA 12691”, ter-se-á desintegrado da superfície da Lua após uma colisão com um asteróide ou cometa, tendo caído depois no deserto do Sara, em África.

“A experiência de segurar nas mãos um pedaço de outro mundo é algo que nunca se esquece”, disse James Hyslop, responsável pelo departamento de ciência e história natural da Christie’s, acrescentando: “É um pedaço real da Lua. É aproximadamente do tamanho de uma bola de futebol, um pouco mais oblongo, maior do que a sua cabeça”.

Existem aproximadamente 650 quilos de rocha lunar em solo terrestre. Depois de estudado, a origem do meteorito foi comprovada pelos cientistas, que o compararam com amostras de rochas lunares obtidas durante as missões espaciais Apollo à Lua, coordenadas pelos Estados Unidos (EUA).

“Nas décadas de 1960 e 1970, o programa Apollo recolheu cerca de 400 quilogramas de rocha lunar e os cientistas puderam analisar as composições químicas e isotópicas dessas rochas e determinaram que elas coincidem com determinados meteoritos”, disse Hyslop.

“Esperamos um enorme interesse internacional [na peça] por parte de museus de história natural… é um troféu maravilhoso para quem tiver interesse em história espacial ou exploração lunar”, sublinhou o responsável.

A Christie’s irá também colocar à venda (por negociação particular) um conjunto de 13 meteoritos de ferro, com valor estético. Estima-se que essa coleção valha 1,4 milhões de libras (cerca de 1,6 milhões de euros).

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE