A Lua tem dono e custou apenas cinco cêntimos registá-la

Marshall Space Flight Center / NASA

Ainda antes de o homem ir à Lua, houve um homem que a registou em seu nome. Jenaro Gajardo Vera foi um advogado chileno e, em 1954, pagou apenas cinco cêntimos para fazê-lo

Hoje, a Lua é considerada património comum da Humanidade, não tendo por isso um dono específico, mas sim pertencendo a centenas de países, graças ao Tratado do Espaço Ultraterrestre . No entanto, nem sempre foi assim. A 25 de setembro de 1954, um advogado chileno chamado Jenaro Gajardo Vera foi a um notário e registou a Lua em seu nome.

Para o fazer, apenas precisou de pagar 42 pesos, o equivalente a cinco cêntimos nos dias de hoje. A história do humilde advogado é contada pelo jornal espanhol El Mundo. Esta história tornou-se possível uma vez que na altura ainda não havia qualquer tipo de legislação sobre a apropriação do espaço.

A ideia de comprar a Lua surgiu poucos dias antes. Jenaro queria tornar-se sócio da sociedade Los Cóndores de Talca, mas para fazê-lo, disseram-lhe que tinha de ter património.

“Quando saí, fui caminhando até a praça. Fiquei aborrecido por ter sido dada tanta importância aos bens materiais. Parei, olhei para o céu e vi a lua cheia. Quão curioso, disse eu a mim mesmo, o satélite pertence à Terra, tem dimensões e ninguém a registou em seu nome”, explicou o chileno.

Depois de a ter comprado, nunca mais a vendeu. “Eu não a registei com esse objetivo. Se eu tivesse aceitado dinheiro por ela, a história ficaria a perder. Quis fazer um ato poético de protesto, intervindo na seleção dos possíveis habitantes do satélite e aproveitar para que a Humanidade tivesse um pouco mais de paz”, disse Jenaro.

Na nota de registo do satélite pode ler-se: ”

“Jenaro Gajardo Vera, advogado, é dono, desde antes de 1857, unindo a sua posse à dos seus antecessores, da estrela, o único satélite da Terra, com um diâmetro de 3.475,00 quilómetros, chamado LUA, e cujas fronteiras por ser esferoidal são: Norte, Sul, Leste e Oeste, espaço sideral.O seu endereço é 1ª Rua 1270, Talca, e seu estado civil é solteiro”

Num relato caricato sobre o assunto, o El Mundo conta que as Finanças tentaram tributar a Lua, já que Jenaro não a tinha declarado. Em resposta, o chileno disse: “Avaliem primeiro a Lua e depois falamos“. Os inspetores das Finanças nunca mais apareceram.

Fala-se ainda que, em 1969, quando os Estados Unidos da América iam à Lua, o então presidente americano Richard Nixon terá pedido autorização ao advogado para puderem alunar. Reza a lenda que Jenaro Gajardo Vera aceitou e concedeu autorização aos americanos, apesar que esta informação nunca tenha sido confirmada.

ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

"Ministra da Insensibilidade Social". CDS pede a demissão de Ana Mendes Godinho

O CDS criticou este sábado a reação da ministra a Solidariedade Social à morte de 18 idosos num lar em Reguengos de Monsaraz e considerou que Ana Mendes Godinho desvaloriza o impacto da pandemia nos …

Esgotos de dois milhões de portugueses monitorizados para prever segunda vaga de covid-19

Os esgotos de dois milhões de portugueses estão a ser monitorizados para detetar a eventual presença do vírus da covid-19 e prever uma nova vaga. O Jornal de Notícias avança este sábado que a análise está …

Covid-19. Mais 198 infetados e 3 mortes em Portugal

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 198 casos de infeção por covid-19 e três óbitos, de acordo com o boletim epidemiológico publicado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico Direção-Geral da Saúde (DGS) desde …

Média já divulgaram publicidade institucional (mas Estado ainda não lhes pagou)

O Sindicato dos Jornalistas lamentou esta sexta-feira que o Governo não tenha disponibilizado os 15 milhões de euros relativos à compra antecipada de publicidade institucional, vincando que o executivo está em dívida com as empresas …

Autoridades admitem que extrema-direita vá vigiar manifestações antifascistas de domingo

A Frente Unitária Antifascista anunciou que vai organizar no próximo domingo duas manifestações - uma Lisboa (Praça Luís de Camões) e outra no Porto (Avenida dos Aliados). O mote é a luta contra o fascismo. Estas manifestações …

Marcelo não entende por que Portugal continua na "lista negra" do Reino Unido (e leu os relatórios de Reguengos)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse, em declarações transmitidas pela RTP3, que não entende porque é que Portugal continua na "lista negra" do Reino Unido. Em declarações transmitidas pela RTP3 a partir de …

Estado só recuperou 21% dos créditos tóxicos do BPN

O Estado apenas recuperou 21% dos créditos tóxicos do Banco Português de Negócios, que derivaram da nacionalização da instituição bancária em 2008. Até final de 2019, o Estado só conseguiu recuperar 21% da carteira de créditos …

Novas matrículas "só" vão durar 45 anos (por causa das palavras obscenas)

O novo formato de matrículas entrou em vigor a 2 de março. As novas matrículas vão durar menos tempo do que poderiam porque não serão usadas combinações “que possam formar palavras ou siglas que se …

Novo lay-off conta apenas com 1% das adesões do simplificado

O sucedâneo do lay-off simplificado conta apenas com 1.268 adesões nas primeiras duas semanas. Este valor é apenas 1% do número de empresas que acederam ao primeiro apoio. Nas primeiras duas semanas desde a sua implementação, …

Trump promove falsa teoria de que Kamala Harris não nasceu nos EUA (e que não será elegível para vice)

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que ouviu que Kamala Harris, candidata democrata à vice-presidência da Casa Branca, não era elegível para o cargo, com base num boato que sugeria que pode não …