Na medicina medieval, livros astrológicos diziam aos médicos quando tratar os pacientes

Na era medieval, os médicos tinham como seu auxílio um livro onde consultavam as posições dos planetas e das estrelas. A astrologia tinha uma grande influência na prática médica.

Os médicos medievais tinham de possuir uma variada gama de habilidades, incluindo a capacidade de ler textos em latim, um conhecimento prático dos “humores” corporais e uma compreensão dos fundamentos da circulação sanguínea.

As suas técnicas de diagnóstico eram amplamente limitadas ao exame da urina de um paciente: eles podiam combinar a cor da urina com a de um gráfico. Após o diagnóstico, um dos tratamentos mais importantes foi o derramamento de sangue, para o qual os médicos usavam mapas astrológicos detalhados.

Na Idade Média, as estrelas estavam carregadas de significado e, sem poluição luminosa no céu, geralmente eram mais fáceis de ver a olho nu do que são agora. A crença na astrologia era quase universal. Planetas e estrelas sob os quais uma pessoa nasce exerceriam uma influência sobre a saúde e a personalidade de uma pessoa.

Alguém nascido sob Marte poderia crescer e tornar-se beligerante, enquanto alguém nascido sob Vénus tornar-se-ia lascivo. Pensava-se que cometas, eclipses e conjunções de planetas prediziam desastres naturais ou golpes políticos. Estes eventos cósmicos eram tão significativos que todas as cortes europeias medievais possuíam um astrólogo — e os reis raramente tomavam decisões políticas sem consultá-los antes.

Ferramenta do comércio

Um manuscrito agora presente na Biblioteca Nacional da Escócia provavelmente pertenceu a um médico que queria calcular as fases da lua e as posições siderais antes de cortar a veia de um paciente.

Os signos do zodíaco governavam partes específicas do corpo. Este conceito é visualizado no “homem do zodíaco”, segundo o qual Carneiro governa a cabeça, Gémeos os dois braços, Escorpião no sexo, Aquário nas canelas, Peixes nos pés e assim por diante.

Para tratar uma doença dos pés, um médico consultaria o céu noturno em relação à posição de Peixes. O cálculo das posições celestes e o tempo e local exigiriam a interpretação de vários gráficos no manuscrito.

Saber como manipular esse manuscrito e ler os seus diagramas complexos certamente impressionaria o paciente e estabeleceria uma diferença de poder e conhecimento entre médico e paciente. O manuscrito não apenas ajudaria o cirurgião nos seus cálculos, mas também servia para demonstrar a sua experiência, um pouco como a bata branca e o estetoscópio de hoje.

Conhecimento portátil

Um tipo de manuscrito em que podemos encontrar estes diagramas é conhecido como “livro-morcego”. Estes consistem em folhas de pergaminho dobradas em compartimentos, quase como mapas de estradas. Estes eram projetados para serem pendurados num cinto, tornando-se portáteis.

Em 2016, o grande especialista de codicologia Peter Gumbert chamou-os de “livros-morcego” — “porque, quando descansam, ficam de cabeça para baixo e todos dobrados”. O texto está de cabeça para baixo, para que o livro fique legível quando está pendurado na cintura.

Atualmente existem cerca de 60 destes livros — o mais antigo foi produzido na Abadia de Glastonbury por volta de 1265 e o mais novo da década de 1470. Destes, cerca de 30 são almanaques ingleses — incluindo o da Biblioteca Nacional de Edimburgo — que contêm material médico e astrológico.

Os cálculos astronómicos no livro são notáveis, considerando que os astrónomos que os fizeram tinham um modelo geocêntrico, em vez de heliocêntrico, do sistema planetário.

O “livro-morcego” poderia então ser considerado um smartphone medieval: um computador portátil de mão com aplicações para profissionais ocupados.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O Pai da Medicina, – Hipócrates – afirmava que para se exercer medicina era imperioso ter bons conhecimentos de astrologia senão era um nabo em medicina

    • Hipócrates sabia do que falava mas hoje a medicina está corrompida tal como diversos sectores da civilização. A decadência é quase total.

RESPONDER

"Ataque contra a imprensa livre." Justiça brasileira acusa jornalista Glenn Greenwald de cometer cibercrimes

O Ministério Público Federal acusou o jornalista Glenn Greenwald por "auxiliar, orientar e incentivar" um grupo de hackers que acedeu aos telemóveis do ex-juiz e ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e dos …

United faz nova proposta por Bruno Fernandes. Saída pode ficar fechada esta quarta-feira

Sporting e Manchester United retomaram as negociações por Bruno Fernandes esta semana, podendo a saída do médio dos leões ser confirmada ainda esta quarta-feira, segundo escreve o desportivo A Bola. De acordo com o jornal, …

Portugal tem de ser "implacável" no combate à corrupção, diz Santos Silva

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, assegurou na terça-feira que o Governo vai continuar a aprofundar a cooperação com Angola, a respeitar a independência judicial e "não ser precipitado a tirar conclusões", após as …

Ministério das Finanças já admite “documento de trabalho” sobre injeção no Novo Banco

Depois de negar ter recebido uma proposta do Banco de Portugal (BdP) com a hipótese de uma injeção final de 1,4 mil milhões no Novo Banco, o Ministério das Finanças, liderado por Mário Centeno, já …

Lobo d'Ávila: "No dia em que quisermos ser um Chega II não seremos o CDS"

O candidato à liderança do CDS Filipe Lobo d’Ávila acha que o partido “não deve cair na tentação” nem cometer o “erro tremendo” de tornar-se num “Chega II”, porque há “um mundo de diferenças” entre …

Em busca da câmara oculta. Cientistas querem voltar a "bombardear" a Grande Pirâmide de Gizé com raios cósmicos

Uma equipa de cientistas quer "bombardear" a Grande Pirâmide de Gizé, no Egito, com raios cósmicos para confirmar a existência de uma câmara interna, detetada numa outra investigação anterior. A informação é avançada pelo portal …

Primo de Sócrates garante que o dinheiro que tinha nas contas era seu

José Paulo Pinto de Sousa, primo de José Sócrates e arguido na Operação Marquês, afirmou ao juiz que era dono do dinheiro que o Ministério Público diz pertencer ao antigo primeiro-ministro, segundo fonte ligada ao …

Telemóvel de Jeff Bezos terá sido hackeado por príncipe herdeiro saudita

O telemóvel do dono da Amazon Jeff Bezos terá sido hackeado pelo príncipe da coroa saudita Mohammed bin Salman em maio de 2018, revela uma investigação do The Guardian. O multimilionário norte-americano Jeff Bezos, CEO da …

"Muu". O mugido de uma vaca pode revelar como se sente

https://vimeo.com/386240607 Ao ouvido humano, os mugidos parecem indistintos. No entanto, um estudo recente revelou que cada vaca tem a sua própria voz - e esta persiste em inúmeras situações. De acordo com um estudo recente, levado a …

Aeroporto do Montijo avança com luz verde da Agência Portuguesa do Ambiente

O projeto do novo aeroporto no Montijo, na margem sul do Tejo, recebeu esta terça-feira uma decisão favorável condicionada em sede de Declaração de Impacte Ambiental (DIA), anunciou a Agência Portuguesa do Ambiente (APA). Em comunicado, …