Jogador do Barcelona vai apresentar-se (pela segunda vez) mas não tem lugar

Quique Garcia / EPA

Samuel Umtiti tinha protagonizado uma surpresa geral, no final de agosto. Agora superou o vírus mas não deve convencer o novo treinador.

Pela segunda vez, Samuel Umtiti vai chegar a Barcelona, depois de ter recebido alta médica da sua infeção pelo novo coronavírus. O clube catalão emitiu um comunicado nesta quarta-feira, confirmando a alta do jogador.

Por estar em isolamento, o internacional francês não esteve em Lisboa para disputar a fase final da Liga dos Campeões, onde o Barcelona sofreu a goleada histórica por 8-2 diante do Bayern Munique.

Assim, Umtiti está pronto para se juntar aos companheiros de equipa na preparação para a nova temporada – mas não é a primeira vez que Umtiti chega a Barcelona. No dia 30 de agosto, quando supostamente o jogador estava isolado, o jogador apareceu no aeroporto da cidade, quando estava “proibido” de sair de casa.

No próprio dia 30, domingo, o Barcelona explicou que quase todo o plantel tinha realizado testes. Umtiti era uma de seis exceções porque “estava no seu domicílio”, em confinamento. No mesmo dia, apareceu no aeroporto de Barcelona.

O defesa vai treinar mas, segundo a imprensa local, não entra nos planos do novo treinador Ronald Koeman. A direção do Barcelona vai tentar ceder ou vender o passe do jogador; mas as lesões recentes e o salário alto do futebolista devem complicar o negócio.

Samuel Umtiti, ex-Lyon e jogador do Barcelona desde 2016, foi titular frequente nas duas primeiras temporadas no Camp Nou. No entanto, nas duas épocas seguintes, ao todo participou em apenas 33 jogos.

O regresso ao Lyon já foi mencionado pela imprensa, neste verão, mas o diretor dos franceses, Juninho, assegurou que “a nível contratual, é impossível” concretizar essa transferência.

  NMT, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.