Inventor português e Huawei chegam a acordo

1

O jornal Público avança esta sexta-feira que a produtora de smartphones Huawei chegou a acordo com Rui Pedro Oliveira, o empresário português que a acusava de lhe ter roubado uma ideia.

Em causa estava um projeto de uma lente acoplável que culminou num processo movido pelo português num tribunal do Texas, nos Estados Unidos.

Um acordo pôs agora fim ao braço-de-ferro entre o português e a Huawei.

“As partes estão satisfeitas pela resolução amigável e enaltecem o esforço conjunto para se chegar a uma solução”, pode ler-se numa declaração conjunta dos advogados das duas partes envolvidas no processo, citada pelo jornal Público.

Nem o português nem a marca adiantaram ao matutino os termos acordados.

O caso veio a público em março do ano passado, altura em que o jornal Público noticiou que um empresário português estava a processar a Huawei por roubo de patente.

Rui Pedro Oliveira foi o criador de uma lente para smartphones, a SMATCAM, que melhorava a capacidade para tirar fotografias com o telemóvel. Depois de a ter inventado em 2012, no ano seguinte levou o produto aos Estados Unidos para que fosse patenteado.

Aquando da sua estadia nos Estados Unidos, o português reuniu-se com a Huawei para lhes mostrar a sua invenção. Segundo declarações de Rui Pedro Oliveira à RR na época, a fabricante chinesa “mostrou-se muito interessada“.

No entanto, a marca nunca mais deu resposta ao empresário e, em 2017, lançou um produto idêntico, que na opinião de Rui Pedro viola a patente registada. A olho nu as câmaras parecem semelhantes e, segundo o português, a nível técnico também.

Isto é uma cópia exata do que vos mostrei há alguns anos”, escreveu numa mensagem enviada às pessoas da Huawei com quem tinha estado reunido.

  ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE