Finanças admitem queda de 9% no PIB. Governo prepara-se para rever projeção inicial de 6,9%

Miguel A. Lopes / Lusa

O ministro das Finanças, João Leão.

O Ministério das Finanças admite a possibilidade de que a queda do PIB se aproxime dos 9%, revelou esta quinta-feira o Jornal de Negócios, adiantando que o Governo se prepara para rever a projeção inicial de 6,9% e para refletir o impacto de um cenário macroeconómico mais negro também na meta do défice.

De acordo com o Jornal de Negócios, a equipa das Finanças aponta neste momento para um valor em torno de 9% de queda do PIB, projeção de recessão menor do que a da Comissão Europeia (,8%) e do Banco de Portugal (9,5%).

O jornal noticiou que a revisão do cenário macro só deverá acontecer na preparação do Orçamento de Estado para 2021, a 10 de outubro.

Na quarta-feira, o ministro das Finanças, João Leão, explicou que o Governo apresenta as sua previsões duas vezes por ano – aquando do Programa de Estabilidade, em abril, e no Orçamento do Estado, em outubro. João Leão disse aos deputados que o Governo não terá “nenhum receio, se for caso disso, de alterar as previsões no momento oportuno”.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.