Esculturas sugerem que os mesoamericanos já conheciam o magnetismo há 2 mil anos

As esculturas de pedra antiga expostas num parque na Guatemala são magnetizadas em certos pontos, sugerindo a civilização pré-colombiana que os fez tinha um conhecimento prático sobre o magnetismo.

Onze dessas esculturas de cabeças gigantes e corpos distorcidos, conhecidos como “barrigudos” por causa das suas formas rotundas distintas, estão em exibição numa praça na pequena cidade de La Democracia, perto da costa do Pacífico da Guatemala. Foram instalados lá na década de 1970 depois de serem trazidos de locais antigos na região vizinha de Monte Alto.

Acredita-se que os guatemaltecos tenham criado essas esculturas há mais de 2.000 anos. Estudos anteriores das esculturas sugeriram que várias tinham anomalias magnéticas nas suas superfícies.

No novo estudo, uma equipa liderada por cientistas da Universidade de Harvard estudou as esculturas para fornecer um mapeamento magnético detalhado das suas superfícies. A equipa percebeu que 10 das 11 esculturas tinham anomalias magnéticas significativas e seis delas mostraram fortes anomalias magnéticas que foram criadas por raios enquanto as pedras ainda estavam no chão.

Muitas das cabeças e corpos gigantes das antigas esculturas foram esculpidas para fazer com as anomalias magnéticas se alinhassem com as bochechas direitas das esculturas ou os seus umbigos – sugerindo que os escultores antigos sabiam como detetar o magnetismo e que selecionaram pedregulhos para destacar as partes do corpo.

A descoberta dá força a uma teoria de que as antigas civilizações mesoamericanas conheciam as propriedades do magnetismo e como detetá-lo – possivelmente antes de o magnetismo ter sido descrito na China há 2.700 anos atrás.

Não se sabe ao certo porque é que essas partes do corpo foram escolhidas, mas é provável que o magnetismo das esculturas tenha contribuído para a sua influência cultural.

“Os barrigudos pode ter representado os ancestrais da classe dominante e dado forma física à sua reivindicação baseada em hereditariedade sobre o poder”, escreveram os investigadores no estudo publicado na revista Journal of Archaeological Science. “Se essa interpretação estiver correta, a capacidade dos barrigudos de se desviar, dramaticamente na maioria dos casos, de uma pedra fundamental suspensa teria servido para reforçar a sua mensagem de continuidade ancestral viva.”

A historiadora de arte Julia Guernsey, professora da Universidade do Texas, que escreveu um livro sobre as esculturas, está entusiasmada com a nova investigação. “Os resultados falam sobre o significado da pedra na antiga Mesoamérica e as propriedades simbólicas, mas também sobre antigos entendimentos de corpos humanos e crenças de que certas características eram particularmente potentes ou poderosos”.

PARTILHAR

RESPONDER

Em Itália, todos os alunos vão passar de ano. Mas serão avaliados

A Itália decidiu que que todos os alunos vão passar de anos, mas que serão avaliados, avançou na segunda-feira o Governo daquele país, que esteve reunido em Conselho de Ministros. "Pensamos em duas opções que possibilitarão …

Redução de 3% na eletricidade para o mercado regulado entra em vigor esta terça-feira

A descida do preço da tarifa aplicada no mercado regulado de cinco euros por megawatt/hora (MWh), ou seja, uma redução de aproximadamente 3% no total da fatura de eletricidade dos consumidores, entra esta terça-feira em …

Em termos económicos estamos pior que "numa situação de guerra", diz Daniel Bessa

“Na recuperação da economia não podemos esperar uma fase ascendente tão rápida. Vamos ter uma recuperação mais lenta", alerta o economista Daniel Bessa. O economista Daniel Bessa considera que a atual situação económica, decorrente da pandemia, …

Escolas não devem reabrir em abril

Esta terça-feira ao início da tarde, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, admitiu que as escolas vão manter-se fechadas até ao final de abril. Marcelo Rebelo de Sousa esteve reunido, esta terça-feira, com especialistas …

Câmara de Comércio e Governo criam gabinete de apoio às empresas

A Câmara de Comércio e Indústria (CCIP) e o Governo criaram um gabinete de apoio às empresas para esclarecer e facilitar o acesso das companhias às ajudas lançadas pelo executivo. Segundo noticiou a TSF, a estrutura, …

Tragédia continua. Encontrado corpo de sobrinha-neta de John F. Kennedy

O corpo da sobrinha-neta do ex-Presidente norte-americano John F. Kennedy, que estava desaparecida com o filho desde quinta-feira, foi encontrado na segunda-feira, informaram esta terça-feira os meios de comunicação norte-americanos. Maeve Kennedy Townsend McKean, de 40 …

Jornal Económico e A Bola avançam para regime de lay-off

O Jornal Económico e o desportivo A Bola vão avançar para o regime de lay-off devido a quebras significativas nas vendas e publicidade desencadeadas pela pandemia de covid-19, que já fez mais de 300 vítimas …

Moratória nos créditos à habitação não suspende Seguros (e pode ter que os pagar durante mais tempo)

A suspensão dos pagamentos dos empréstimos do Crédito à Habitação, por parte dos clientes bancários que queiram aderir à moratória aprovada pelo Governo, pode não travar os pagamentos dos Seguros de Vida e Multi-riscos que …

Espanha poderá ser o primeiro país na Europa a avançar com rendimento básico universal

A ministra da Economia espanhola assegurou, este domingo, que o Governo está a trabalhar para aplicar o rendimento básico universal, embora não tenha dado ainda uma data concreta. Em declarações ao canal televisivo laSexta, a ministra …

Presidente revela que não está imune e é contra "descompressão" de medidas em abril

O Presidente da República revelou numa entrevista esta terça-feira divulgada pela Antena 1 que já fez um dos novos testes sorológicos para detetar a presença de anticorpos para o novo coronavírus e não está imunizado. "Depois …