Descoberta enguia que tem a maior descarga elétrica alguma vez vista

(dr) L. Sousa

Electrophorus voltai

Foram descobertas duas novas espécies de enguias elétricas (Electrophorus electricus), sendo que uma delas tem a maior descarga elétrica alguma vez vista num animal, com uma tensão de 850 volts.

Podendo chegar a 2,5 metros de comprimento, a Electrophorus electricus pode ser encontrada em rios, córregos, pântanos e riachos espalhados pelo norte da América do Sul. Os cientistas tinham assumido há muito tempo que se tratava de uma única espécie mas, afinal, há pelo menos três espécies diferentes. Os resultados foram publicados na revista científica Nature Communications.

David de Santana, zoólogo e investigador do Museu Nacional de História Natural, da Instituição Smithsonian, e os seus colegas foram os responsáveis por esta descoberta, depois de terem examinado 107 espécimes de enguia recolhidas nos últimos seis anos.

Inicialmente, a equipa não conseguiu encontrar nenhuma característica externa que as pudesse distinguir. No entanto, quando analisaram o seu ADN, encontraram diferenças genéticas que claramente apontavam para três espécies distintas.

Depois, ao reexaminar os animais, os investigadores descobriram diferenças físicas subtis, como a forma do crânio e as características da barbatana peitoral. Além disso, cada espécie também parecia estar confinada a uma região específica.

A já conhecida E. electricus pode ser encontrada nas terras altas do escudo das Guianas, ao longo da fronteira da Venezuela e da Guiana. Por sua vez, a E. voltai, uma das duas novas espécies, vive um pouco mais a sul, nas terras altas do escudo brasileiro e, por fim, a E. varii é encontrada nas águas turvas e lentas das planícies.

Curiosamente, os cientistas também descobriram que a Electrophorus voltai pode descarregar até 850 volts de energia, em comparação com os 650 volts da E. electricus, tornando-o o “gerador de bioeletricidade vivo mais forte” alguma vez visto.

Apesar desta descoberta, a equipa ainda não conseguiu perceber porque é que uma espécie consegue desenvolver uma carga muito maior do que a outra, quando ambas vivem nas terras altas de baixa condutividade da Grande Amazónia.

“Podemos especular que poderia ser uma adaptação fisiológica para viver em ambientes com baixa condutividade”, explica de Santana à IFLScience. “No entanto, a E. electricus vive num ambiente semelhante e não produz uma descarga tão forte”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Há um erro no vosso subtítulo (em “potência de 850 volts”). Volt é a unidade física da tensão eléctrica, não de potência (cuja unidade é o watt). O watt é uma unidade de potência, não de energia. Aliás, no artigo original, falava-se em “power”, não em “energy”.

Prisão preventiva para hacker português suspeito de invadir sistema do tribunal eleitoral do Brasil

O hacker suspeito de invadir o sistema informático do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil, detido no sábado em Portugal, ficou esta segunda-feira em prisão preventiva, disse à agência Lusa fonte ligada ao processo. A PJ, …

Chefe do Governo Hong Kong revela ter "pilhas de dinheiro" em casa por causa das sanções norte-americanas

A chefe do Governo de Hong Kong, Carrie Lam, revelou esta semana ter "pilhas de dinheiro" em casa por causa das sanções norte-americanas. Em declarações à International Business Channel, a líder do Executivo de Hong Kong …

António Mexia e Manso Neto vão deixar gestão da EDP

Os presidentes executivos da EDP e da EDP Renováveis, António Mexia e Manso Neto, ambos suspensos de funções, manifestaram-se indisponíveis para voltar a integrar os órgãos sociais do grupo num novo mandato. Em comunicado à Comissão …

João Ferreira desafia Marcelo a assumir candidatura "o quanto antes"

  João Ferreira, candidato comunista às presidenciais, acredita, como os "todos" os portugueses, que Marcelo Rebelo de Sousa será recandidato, mas desafiou-o esta segunda-feira a dizê-lo "quanto antes", por "uma questão de transparência". “Já todos perceberam o …

Irão. Líder Supremo pede punição pela morte de cientista que liderou programa nuclear

O líder supremo do Irão, o Ayatollah Ali Khamenei, exigiu no sábado punição pela morte do cientista Mohsen Fakhrizadeh, que liderou o programa nuclear de Teerão, enquanto a República Islâmica culpa Israel pelo assassinato. Israel, há muito …

Portugal é o país da UE mais próximo de atingir metas climáticas para 2030

Portugal é o país da União Europeia (UE) mais perto de atingir as suas metas climáticas de redução de emissões até 2030, relativamente aos níveis de 2005, segundo um relatório esta segunda-feira publicado pela Comissão …

Novos casos aumentam mais de 50% em oito concelhos do Norte

O número de novos casos de infeção no Norte aumentou mais de 50% em oito concelhos da região, seis dos quais no distrito de Vila Real e dois em Bragança, segundo o relatório da Administração …

União Europeia convida Joe Biden para cimeira presencial durante presidência portuguesa em 2021

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, convidou o Presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, para uma cimeira presencial no primeiro semestre de 2021, durante a presidência portuguesa da União Europeia. Fontes europeias informaram que …

Maior controlo nas fronteiras não foi eficaz para conter o vírus, diz Cabrita

O ministro da Administração Interna considerou esta segunda-feira que o maior controlo nas fronteiras internas do espaço Schengen, durante os primeiros meses da pandemia, não foi eficaz para conter o novo coronavírus. “Ao nível das fronteiras …

Hospitais de Coimbra estão "muito próximos" do limite de capacidade

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) está "muito próximo do limite de capacidade" de resposta à covid-19, devido à falta de recursos humanos, disse esta segunda-feira o presidente do conselho de administração da …