Criticado nos primeiros jogos, Darwin Núñez responde com póquer em 40 minutos

Depois de ser criticado nos primeiros jogos, Darwin Núñez brilhou na vitória do Liverpool sobre o RB Leipzing, marcando quatro golos.

A contratação de Darwin Núñez, por 75 milhões de euros, fez as expectativas em torno do internacional uruguaio dispararem imediatamente. Nos dois primeiros jogos da pré-temporada, o ex-benfiquista não só ficou em branco, como foi criticado pelas suas exibições.

Vários adeptos do Liverpool começaram a questionar a contratação do avançado depois de duas partidas em que Darwin esteve longe do seu melhor.

As redes sociais inundaram-se com críticas ao jogador, comparando-o a Andy Carroll, inglês contratado pelo Liverpool, em 2011, por 41 milhões de euros, que apenas marcou 11 golos em 58 jogos.

Agora, no seu terceiro encontro com a camisola dos reds, Darwin Núñez assinalou um ‘póquer’ frente ao RB Leipzig, num jogo que o Liverpool venceu por 5-0.

Darwin começou no banco de suplentes, mas viria a ser a figura da partida ao marcar quatro golos. Mohamed Salah inaugurou o marcador logo aos oito minutos, sendo que os restantes golos ficaram reservados para a segunda parte.

O uruguaio saltou do banco na segunda parte e, em apenas 20 minutos, já contava com um hat-trick. O primeiro golo surgiu através da conversão de uma grande penalidade, aos 48 minutos.

Darwin voltou a marcar através um remate cruzado e, três minutos depois, fez o gosto ao pé pela terceira vez, limitando-se a encostar o esférico para o fundo das redes. Já perto do apito final, Darwin completou o ‘póquer’ num lance em que o guarda-redes adversário, Peter Gulácsi, não ficou bem na fotografia.

  Daniel Costa, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.