Controverso manuscrito maia é mesmo verdadeiro – e o mais antigo que conhecemos

(dr) Justin Kerr

O debate sobre a autenticidade de um documento maia antigo, chamado de Códice Grolier, durou 50 anos. Agora, uma nova análise concluiu que o manuscrito é de facto genuíno, tornando-se assim, no mais antigo sobrevivente da era pré-colombiana.

O Códice Grolier são pedaços de um livro de 20 páginas feito de papel de casca revestido de estuque, dobrado em forma de acordeão. As páginas são pintadas com iconografia típica maia, incluindo deuses, guerreiros, escravos e hieróglifos, além de um calendário que traça o movimento do planeta Vénus.

O manuscrito danificado foi descoberto na década de 1960. De acordo com o relato de um coleccionador mexicano chamado Josué Saenz, saqueadores invadiram uma caverna no México, depararam-se com o documento, juntamente com uma máscara turquesa, uma faca sacrificial e alguns pedaços de papel de casca de figueira em branco.

Estes saqueadores decidiram então, contactar Saenz para vender as relíquias e levaram-no de avião até uma pista de aterragem remota para recolher os itens. Esta é a história que o coleccionador conta e que para a arqueóloga Donna Yates é simplesmente, “fantástica”.

A narração questionável de Saenz e as suas acções subsequentes lançaram dúvidas sobre a autenticidade dos fragmentos, mesmo que os outros artefactos encontrados se tenham provado como genuínos.

Cientistas testaram o códice em 2007, mas não conseguiram concluir decisivamente a sua autenticidade, em parte porque muitos dos materiais utilizados eram pré-colombianos, mas o desgaste nas páginas parecia artificial.

Surgiu a hipótese de que um falsificador talentoso tivesse usado os materiais certos do período certo para despistar arqueólogos. A datação por radio-carbono revelou que as páginas de papel em branco encontradas junto com o códice eram de cerca de 1230 d.C..

O estudo

Um dos autores do novo estudo, Stephen Houston, da Universidade Brown, nos EUA, descreve que as pessoas aceitaram em parte que o manuscrito era falso.

“Decidimos olhar para ele com muito cuidado, para verificar as críticas uma de cada vez. Agora vamos emitir um fac-símile definitivo do códice. Não pode haver a menor dúvida de que o Grolier é genuíno“, afirmou Houston, num comunicado da instituição.

Em conjunto com Michael Coe, da Universidade de Harvard (EUA), e Mary Miller e Karl Taube, da Universidade da Califórnia, em Riverside (EUA), Houston reviu toda a pesquisa conhecida sobre o documento.

Isso incluiu a avaliação das origens do manuscrito, dos resultados da datação por radio-carbono, as várias divindades representadas, como o papel de casca foi feito, os pigmentos azuis e vermelhos debaixo das pinturas, entre outros aspectos.

A equipa concluiu que um falsificador na década de 1960 simplesmente não poderia saber todos os detalhes necessários para criar tal documento. Muitas das divindades mostradas no códice ainda não tinham sido descobertas, e os cientistas não conseguiram recriar com sucesso o pigmento azul maia em laboratório até os anos de 1980.

Raro

Há três outros antigos manuscritos maias autenticados, conhecidos como Códices de Dresden, Madrid e Paris.

Há variações entre eles, mas todos incluem calendários astronómicos acompanhando os movimentos de corpos celestes. A datação por radio-carbono mostra que o Grolier antecede os outros três.

“Uma ponderação fundamentada das evidências deixa apenas uma eventual conclusão. Quatro códices maias intactos sobrevivem desde o período pré-colombiano e um deles é o Grolier”, escrevem os investigadores no artigo publicado na Maya Archaeology.

HypeScience

PARTILHAR

RESPONDER

Empresa portuguesa quer produzir alface em câmaras frigoríficas (e podem ser levadas para Marte)

A empresa Grow to Green promete que vai produzir alimentos indoor. É possível gastar menos 98% de água na produção de alface, o que permite cultivá-lo diretamente no supermercado, no deserto ou, quem sabe um …

May rejeita novo referendo, apresenta Plano B do Brexit e pede ajuda à oposição

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, rejeitou esta segunda-feira convocar um segundo referendo sobre o Brexit e afirmou que espera voltar a debater com a União Europeia o controverso plano de salvaguarda elaborado para …

Porto vende 35 mil francesinhas por dia (e os turistas adoram)

O Porto vende pelo menos 35 mil francesinhas por dia nos mais de 700 cafés e restaurantes da cidade, o que significa que por mês há cerca de um milhão daquelas sanduíches especiais a serem …

China limita número de alpinistas autorizados a escalar Everest

O número total de alpinistas que tentam alcançar o topo do Everest, a 8.850 metros de altitude, a partir do norte, serão limitados a menos de 300, e a temporada de escalada será restringida à …

Rede francesa de solidariedade acolhe brasileiros que queiram fugir de Bolsonaro

Solidarité Brésil é o nome da iniciativa, lançada esta sexta-feira, em Paris, que tem como objetivo ajudar estudantes, artistas ou intelectuais que se sintam ameaçados no Brasil de Jair Bolsonaro. Podem ser estudantes, investigadores, artistas, professores, …

Todos os dias cinco portugueses tornam-se britânicos

Todos os dias, em média, cinco emigrantes portugueses tornam-se britânicos. Só entre janeiro de 2017 e setembro de 2018, 2.655 emigrantes no Reino Unido conseguiram obter cidadania britânica, número que supera o total de autorizações …

O maior encontro religioso do mundo leva 150 milhões de pessoas à Índia

Até 04 de março, são esperados na cidade indiana Allahabad cerca de 150 milhões de peregrinos, que buscam proteção e purificação nas águas que cruzam os rios sagrados Ganges, Yamuna e Saraswati, durante aquele que é …

Ciclistas indignados com anúncio que mostra bicicleta a ser abalroada

Um anúncio de publicidade do Continente em que um ciclista é abalroado por um automóvel está a gerar indignação. A Federação Portuguesa de Ciclismo já pediu a retirada do anúncio e apresentou queixa à Entidade …

Hoje, Wall Street parou. É dia de Martin Luther King Jr

Desde 1986 que se realiza, nos EUA, na terceira segunda-feira de janeiro, o dia de Martin Luther King Jr., um feriado federal. A bolsa de Nova York estará encerrada, assim como a maior parte das …

Vaticano acusado de conhecer má conduta de bispo argentino desde 2015

O Vaticano recebeu informações entre 2015 e 2017 de que um bispo argentino próximo do papa exibia um comportamento "obsceno" e foi acusado de má conduta com seminaristas, segundo um religioso citado pela Associated Press. As …