Novo “cocktail inteligente” combate cancro da mama mais agressivo

Investigadores norte-americanos desenvolveram um novo medicamento que revela eficácia no tratamento do cancro da mama triplo-negativo, considerado particularmente agressivo, e com uma redução dos efeitos tóxicos associados. 

Este novo medicamento foi desenvolvido por cientistas do Hospital Geral de Massachusetts e do Centro Médico Irving da Universidade de Columbia, nos EUA, e revelou eficácia no combate ao cancro da mama triplo-negativo durante os ensaios clínicos realizados.

No artigo científico publicado no New England Journal of Medicine, os investigadores notam que o medicamento que denominaram Sacituzumab govitecan “é muito promissor em mulheres com cancro de mama triplo-negativo metastático, com uma média de sobrevivência de cerca de 12 meses”.

Este tipo de cancro cresce e dispersa-se de forma mais rápida do que outros que afectam a mama. “As pacientes com cancro da mama tripo negativo metastático têm uma biologia muito agressiva do tumor e as opções de tratamento efectivo são muito limitadas“, constata o investigador Aditya Bardia, médico do Hospital Geral de Massachusetts, citado pelo jornal espanhol El Mundo.

“A quimioterapia tradicional foi associada com taxas baixas de resposta ao tratamento e com uma toxicidade considerável, o que demonstra a necessidade de encontrar melhores opções”, acrescenta Bardia.

É neste cenário que surge o novo “medicamento inteligente” que envia uma carga tóxica directamente para as células com tumores, reduzindo os efeitos tóxicos do tratamento.

Desenvolvido em parceria com a farmacêutica Immunomedics, que financiou a pesquisa, o “cocktail” é constituído por um anticorpo e por um medicamento utilizado na quimioterapia (irinotecano, SN-38). O anticorpo identifica a proteína do cancro de mama e envia o SN-38 directamente para a célula cancerosa.

A quimioterapia convencional só demonstrou resultados em 15% dos casos e com uma resposta que dura apenas entre dois a três meses. Já o novo medicamento demonstrou resultados em 33% das pacientes, com uma duração de 7,7 meses.

Este “cocktail inteligente” permite “fornecer uma dose muito mais alta, uma vez que o fármaco é enviado directamente para as células cancerosas”, explica o oncologista Kevin Kalinsky do Hospital Presbiteriano de Nova Iorque, em declarações divulgadas pelo El Mundo.

Os resultados dos testes clínicos revelaram “uma redução significativa do tumor e o atraso na progressão do cancro em comparação com outros medicamentos comummente utilizados para o tratamento deste tipo de tumor metastático”, realça Kalinsky.

Nos ensaios clínicos feitos com 108 mulheres, o cancro deixou de avançar em nove casos durante mais de um ano.

O medicamento apresenta efeitos secundários como “náuseas, diarreia e perda de cabelo, mas não causou neuropatia, adormecimento e formigueiro que podem ser muito dolorosos e, inclusive, limitantes para as pacientes”, explica Kalinsky.

Para já, o Sacituzumab govitecan ainda está em estado experimental, à espera da aprovação da Agência Americana do Medicamento (FDA na sigla original em Inglês) que, recentemente, rejeitou atribuir-lhe a devida licença como tratamento para o cancro de mama.

Mas a Immunomedics está confiante de que a legalização do medicamento não tardará, acreditando no seu potencial como “uma opção de tratamento viável”, conforme constata em comunicado. A farmacêutica sublinha ainda que está a trabalhar com a FDA para conseguir “levar este medicamento importante para os pacientes o mais rapidamente possível”.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Arqueólogos acreditam ter encontrado "Endeavour", o navio de James Cook

Arqueólogos marinhos estão cada vez mais perto de encontrar o HMS Endeavour, o navio do explorador britânico James Cook. Uma equipa internacional de arqueólogos marinhos acredita ter descoberto o local onde se encontra o HMS Endeavour, …

Com 92% dos votos contados, Netanyahu e Gantz continuam empatados

Os primeiros resultados mostram um empate técnico entre os partidos de Benjamin Netanyahu e Benny Gantz. Os resultados obtidos pelos pequenos partidos poderão marcar a diferença. Segundo a imprensa local, com 92% dos votos contados, o …

Governo venezuelano liberta o deputado Edgar Zambrano, vice-presidente do parlamento

Juan Guaidó considera a libertação de Edgar Zambrano "uma vitória da pressão internacional" e não uma "gentileza" da ditadura. O Governo venezuelano libertou, na noite desta terça-feira, o deputado opositor e vice-presidente da Assembleia Nacional, Edgar …

Nova espécie de salamandra-gigante pode ser o maior anfíbio do mundo

Cientistas identificaram duas novas espécies da salamandra-gigante-da-china, sendo que uma delas pode ser afinal o maior anfíbio do mundo. Até agora, pensava-se que a salamandra-gigante-da-china — Andrias davidianus — era uma única espécie e, por isso, …

Detido bombeiro suspeito de atear fogo em Alfândega da Fé

O bombeiro detido é suspeito de ter ateado sete focos de incêndio numa área florestal que abrange várias freguesias do concelho de Alfândega da Fé, em Bragança. Um bombeiro foi detido por suspeitas do crime de …

O Oceano Atlântico pode começar do outro lado do mundo

Uma questão chave para os cientistas do clima é sobre a possível desaceleração do sistema de circulação principal do Oceano Atlântico, o que poderia ter consequências dramáticas para a Europa e outras zonas. Porém, um novo …

Incapacitar uma única proteína pode "curar" a gripe

Desabilitar uma única proteína das nossas células pode ser a solução para "curar" a gripe. Os testes realizados em ratos foram bem sucedidos, pelo que pode ser um indicador positivo de progressos nesta área. Encontrar uma …

Detetada a estrela de neutrões mais massiva alguma vez encontrada

Observações com o telescópio Green Bank revelaram a estrela de neutrões mais massiva até ao momento, chamada J0740 + 6620. De acordo com a revista especializada Nature Astronomy, onde foi descrita a descoberta, é um pulsar …

Portugueses criam nanomateriais feitos de algas para despoluir água

De algas abundantes no litoral de Portugal, investigadores da Universidade de Aveiro extraíram biopolímeros capazes de remover alguns poluentes da água, como antibióticos ou herbicidas. Uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro (UA) demonstrou que …

O novo Oumuamua pode ter sido captado numa fotografia a cores

Os astrónomos do Observatório Gemini no Hawai tiraram a primeira fotografia do GB00234, agora rebatizado para C/2019 Q4 Borisov, um objeto que pode ser o segundo corpo celeste interestelar a entrar no Sistema Solar. A imagem …