Cientistas criam algoritmo que prevê o momento em que pacientes terminais vão morrer

Cuidados paliativos, também conhecido como paliativismo, são um grupo de práticas especializadas para entregar o máximo de tranquilidade e assistência para pacientes que estão em doenças terminais.

A ideia do paliativismo é diminuir ao máximo o sofrimento e stress da pessoa nessa condição, garantindo um fim de vida com dignidade.

Muitas vezes, especialistas nessa área encontram dificuldade em conseguir aplicar a prática com excelência, especialmente devido à falta de precisão de exatamente quanto tempo o paciente tem de vida.

Agora, um artigo científico desenvolvido por cientistas de Stanford, descreve um profundo sistema neurológico que consegue aceder ao histórico do paciente e estimar a probabilidade de mortalidade dele num espaço de três a 12 meses.

A equipa de investigadores responsável pelo estudo acredita que essa é uma grande oportunidade para identificar os pacientes que poderiam ser atendidos pelos cuidados paliativos. É também importante ressaltar que o algoritmo cria relatórios que explicam as previsões aos médicos.

A prática pode ser realizada em casa, o que vai de acordo com estimativa de que 80% dos pacientes gostaria de morrer em casa, embora apenas 20% deles consigam realizar esse “desejo”.

O artigo de Stanford destaca que a escassez de profissionais especializados nessa prática resulta num atraso na análise de pacientes que possuiriam direito ao atendimento. Ou seja, o novo sistema auxiliaria nessa seleção e permitiria aos médicos focarem naqueles com necessidades mais urgentes.

ZAP // Hypeness

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Swissport em Lisboa para tentar comprar a Groundforce

O acionista maioritário da Groundforce, que está a tentar vender a sua participação na empresa de handling, encontra-se agora a negociar com os suíços da Swissport. Depois de o fundo espanhol Atitlan se ter afastado e …

BdP prevê taxa de desemprego de 7,2% e crescimento económico de 4,8%

O Banco de Portugal (BdP) prevê que a taxa de desemprego atinja 7,2% em 2021, recuando para 7,1% em 2022 e 6,8% em 2023, e que o emprego cresça 1,3% este ano. No Boletim Económico de …

Finlândia 0-1 Rússia | Miranchuk recoloca russos na corrida

A anfitriã Rússia conseguiu hoje uma determinante vitória na luta pelo apuramento para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao bater a Finlândia por 1-0, em São Petersburgo. No primeiro jogo da segunda jornada …

Nove militares da GNR acusados de tortura

O Ministério Público (MP) do Porto acusou nove militares da GNR dos crimes de tortura e outros tratamentos cruéis, degradantes ou desumanos e sequestro agravado. O Ministério Público (MP) do Porto acusou nove militares da GNR, …

Costa garante que Lisboa terá o mesmo tratamento que os outros concelhos

Esta quarta-feira, num dia em que Portugal registou 1.350 novos casos ( 928 dos quais na região de Lisboa e Vale do Tejo), o primeiro-ministro afirmou que a capital terá o mesmo tratamento que os …

Salgado disposto a pagar à massa falida do GES para ficar isento de cumprir pena

Ricardo Salgado está disposto a pagar à massa falida do GES para ser dispensado de cumprir pena no processo que o irá julgar por três crimes de abuso de confiança, segundo a contestação da defesa …

PJ detém 12 pessoas por suspeitas de corrupção na Câmara de Loures

Entre os detidos pela Polícia Judiciária (PJ) estão dois empreiteiros, um arquiteto, um empresário ligado a uma obra particular e oito fiscais. Através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção e no âmbito de inquérito dirigido …

Casos disparam: 1350 novas infeções e seis óbitos

Nas últimas 24 horas, houve 1.350 novos casos positivos de covid-19 e morreram seis pessoas, segundo os dados do boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). Portugal registou 1.350 novos casos e seis óbitos por covid-19 …

Parlamento vai ouvir Medina e ministro dos Negócios Estrangeiros

Fernando Medina e Augusto Santos Silva vão ser ouvidos no Parlamento sobre o caso da partilha de dados pessoais de ativistas russos. O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, e o ministro dos Negócios …

Mudanças na lei laboral podem prejudicar a retoma, avisa Centeno

É crucial para a retoma que haja "estabilidade e previsibilidade na legislação laboral", de forma a estimular o investimento empresarial e o crescimento económico, afirmou esta quarta-feira o governador do Banco de Portugal (BdP), Mário …