Há três datas prováveis para o Apocalipse. Duas das quais ainda este século

A humanidade corre o risco de ser extinta devido à colisão da Terra com um corpo celeste, a uma catástrofe natural ou até tecnológica. Este cenário não é uma fantasia saída dos filmes de Hollywood, mas antes fruto das previsões de vários cientistas.

Apesar de existirem várias e diferentes opiniões sobre a data do fim do mundo, não é ainda certo quando vai acontecer. Ainda assim, o cientistas estão certos de uma coisa: vai ocorrer ainda este século. Tendo em conta as várias correntes sobre o fenómeno, a Sputnik News compilou três previsões científicas próximas sobre o evento apocalíptico.

2036

Entre os possíveis eventos que poderiam levar ao fim do mundo um dos mais populares é a colisão da Terra com um asteróide. É a velha máxima: A questão não é se um asteróide vai colidir com a Terra, é quando.

De momento, o asteróide mais preocupante para os cientistas é o Apophis, que em 13 de abril de 2029 se aproximará do nosso planeta a uma distância de 38 mil quilómetros (uma distância dez vezes menor do que a existente entre a Terra e a Lua).

Há uma pequena possibilidade de o asteróide entrar numa zona perigosa de 600 metros, onde o campo gravitacional da Terra mudará a sua trajetória de voo. Se isso acontecer, o Apophis colidirá com a Terra em 2036.

Segundo os cientistas da Universidade Técnica Estatal Bauman de Moscovo, na Rússia, na zona de risco, e caso se dê a colisão do Apophis com a Terra em 2036, encontra-se o Extremo Oriente russo, os países da América Central e África Ocidental.

2026

Há mais de 50 anos, o cientista americano Heinz von Foerster publicou com os seus colegas um artigo na revista científica Science, no qual revelou a data exata do Dia do Juízo Final – 13 de novembro de 2026. Nesse dia, a população da Terra deixará de crescer exponencialmente e tenderá ao infinito, escreveram os especialistas.

Para fazer os cálculos, Foerster usou dois parâmetros que determinam o destino de qualquer forma de vida: fertilidade e esperança de vida. Em 1975, o astrofísico alemão Sebastian von Hoerner teve em contra outros parâmetros ligados à atividade humana e estabeleceu que o Apocalipse chegará entre 2020 e 2050, quando a população da Terra aumentará a tal ponto que não será capaz de se alimentar.

Os cientistas americanos, por sua vez, usaram números atuais nas fórmulas produzidas de von Hoerner e revelaram que o fim do mundo não deverá acontecer antes de 2300 e 2400 devido ao aquecimento global provocado pelas atividades humanas.

Século XXI

Em 1972 o Clube de Roma, organização informal que reúne intelectuais, cientistas e futurólogos, apresentou um relatório sobre os limites de desenvolvimento da civilização. Os autores analisaram o crescimento da população, a indústria e o consumo dos recursos não renováveis, a deterioração do ambiente e revelaram que existe uma grande possibilidade de o colapso acontecer já no século XXI, se a humanidade não mudar seu comportamento, política e desenvolvimento tecnológico.

Nos anos 1980, diversos matemáticos estabeleceram que, conhecendo o início e duração da humanidade, é possível prever quando esta termina. Esta hipótese chama-se “argumento do Dia do Juízo Final”. Segundo os matemáticos, se quisermos analisar um qualquer processo, o mais possível é que o façamos em meados desse processo, mas não no seu início ou no fim, ou seja, a nossa civilização está a metade do caminho e ainda teremos pela frente alguns séculos ou milénios.

Entretanto, há quem que acredite que colapso da humanidade ocorrerá já em breve. Por exemplo, o futurologista Aleksei Turchin, no livro “Estrutura da Catástrofe Global”, analisa diferentes métodos de cálculo da data exata do Apocalipse e a maioria aponta que o Dia do Juízo final chegará no século XXI.

Estas previsões vão ao encontro do Relógio do Apocalipse que, no passado mês de janeiro, atualizou os seus ponteiros, dando conta que estamos a dois minutos do fim – no ano passado, os ponteiros marcavam já esta posição, assinalando, pela terceira vez desde que o relógio existe, a maior aproximação à meia noite.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Que a humanidade está a dar cabo do planeta com excesso de habitantes e poluição a mais disso ninguém poderá ter dúvidas e a velocidade acelera cada vez mais, agora andarem por aí bruxos a prever o dia do colapso final isso já ultrapassa o tolerável.

  2. É sabido que o impacto ambiental da nossa existência, tem uma repercussão a trinta anos, imagine-se portanto o que ainda vamos passar, como só praticamente agora estamos a melhorar o nosso comportamento ambiental, só iremos sentir o efeito daqui a cerca de trinta anos, até lá vamos ter um aumento exponencial de fenómenos climáticos extremos. Vamos ter de nos habituar, não de nos adaptar, que não será possível, a este novo clima imprevisível, se não veja-se as previsões meteorológicas que estão constantemente a ser alteradas e ainda assim não batem certo.

RESPONDER

Qual é a cor do seu nome? Esta plataforma mostra-lhe

A sinestesia é o nome que se dá à relação entre planos sensoriais diferentes - ou seja, ouvir um determinado som e pensar numa cor ou se associar números a uma cor. Uma mulher norte-americana chamada …

Criança de dois anos ficou esquecida oito horas em carrinha escolar

Uma menina, de dois anos, ficou esquecida, esta segunda-feira, durante oito horas numa carrinha escolar em Porto de Mós, no distrito de Leiria. De acordo com a SIC Notícias, a criança, de dois anos, costumava viajar na …

Donald Trump felicita "louco Bernie" pela vitória no Nevada

O senador norte-americano agradeceu aos apoiantes a vitória nas eleições primárias democratas, no sábado, no estado do Nevada. "Deixem-me agradecer o apoio das pessoas do Nevada. A coligação multigeracional e multirracial não só ganhou no Nevada, …

Investimento de 2,9 milhões no bloco operatório do Hospital da Figueira da Foz

O Ministério da Saúde anunciou, este domingo, que a remodelação do bloco operatório central do Hospital Distrital da Figueira da Foz, um investimento de 2,9 milhões de euros, vai avançar. "A necessária autorização ao Hospital Distrital …

Cabrita diz que relatório da IGAI não encontrou falhas no caso da Venezuela

O ministro da Administração Interna assegurou, este sábado, que não houve nenhuma violação das regras de segurança no voo da TAP ou no aeroporto de Lisboa. "Os resultados preliminares que acabei de receber desse relatório são …

Já são conhecidos os primeiros quatro finalistas do Festival da Canção

Bárbara Tinoco, Filipe Sambado, Elisa e Throes + The Shine foram os escolhidos, este sábado, para a final do Festival da Canção, que acontece em Elvas, a 7 de março. Estão decididos os primeiros quatro finalistas …

Ultra-conservadores e conservadores vencem Legislativas no Irão

O ex-presidente da câmara municipal, e candidato derrotado em três eleições Presidenciais, foi o mais votado em Teerão nas Legislativas desta sexta-feira. De acordo com os dados parciais avançados por media locais, este sábado à noite, …

Autoridades japonesas confirmam infeção de tripulante português

As autoridades japonesas confirmaram, este domingo, que o tripulante português do navio Diamond Princess, atracado no porto de Yokohama, deu teste positivo ao Covid-19. "Foi confirmado pelas autoridades de saúde japonesas que a pessoa em causa …

Flamengo de Jorge Jesus conquista Taça Guanabara

O Flamengo conquistou, este sábado, a Taça Guanabara, ao derrotar na final o Boavista por 2-1, após reviravolta no marcador. Depois de a meio da semana ter empatado 2-2 em casa dos equatorianos do Independiente del …

Covid-19 em Itália. Cidades sob quarentena, mais de 100 infetados e Carnaval de Veneza suspenso

O Governo italiano anunciou, este sábado, o isolamento de uma dezena de cidades, em particular na Lombardia, após serem detetados mais de 100 casos do novo coronavírus e confirmadas duas mortes. "Nas zonas consideradas como de …