Cerveja feita de mandioca está a resgatar um dos estados mais pobres do Brasil

O Governo do estado do Maranhão – um dos mais pobres do Brasil -, uniu forças a uma empresa internacional para criar uma cerveja ao mesmo tempo acessível e sustentável, produzida apenas com a mandioca cultivada por pequenos agricultores locais.

“Antigamente, apenas eu, a minha esposa e os meus filhos produzíamos mandioca. Hoje, com uma procura crescente, o meu genro, o meu sobrinho e o meu primo trabalham connosco. E há muitas outras famílias na mesma situação”, contou ao OZY Lourival dos Santos, que administra uma pequena fazenda no interior do estado do Maranhão, no nordeste do Brasil.

O Governo do estado juntou-se a uma subsidiária local da empresa internacional de cervejas AB InBev – que produz a Budweiser, a Corona e a Stella Artois – para lançar a Magnífica, feita apenas com a mandioca local. “Esta foi uma oportunidade muito importante e bem-vinda, que trouxe novas razões para cultivar mandioca. Agora temos um novo produto”, explicou Lourival dos Santos.

A Magnífica “é um sucesso desde o seu lançamento no Maranhão”, em dezembro, contou Mateus Viana, gerente da cervejaria da AmBev nos arredores de São Luís, capital do estado. A combinação das vendas em expansão, cerveja barata e receita estável para os agricultores está a criar otimismo na região, frisou o OZY.

“A mandioca é um componente essencial da cultura maranhense”, explicou Júlio César Mendonça, secretário estadual de Agricultura Familiar, indicando que o Maranhão é o quarto maior produtor brasileiro de mandioca. “Aqui, quando as pessoas falam em sustentabilidade, falam em mandioca. É crucial para combater a pobreza porque toda a gente, principalmente nas áreas mais pobres do estado, plantam mandioca”.

Todos os meses, a AmBev compra 600 toneladas de mandioca de 175 produtores no Maranhão, com a meta de atingir 250 produtores até o final de 2019.

Mandioca

Atualmente, existem projetos semelhantes noutros dois estados do nordeste brasileiro – Nossa, em Pernambuco, e Legítima, no Ceará -, onde a mandioca também é um produto básico. Já se passaram mais de sete anos desde que a AB InBev lançou a Impala, a primeira cerveja do mundo feita de mandioca, em Moçambique.

Mas a Magnífica tem uma identidade muito local. É vendida apenas no Maranhão, e Bernardo Paiva, presidente da AmBev, disse que é “produzido na estado, pelos maranhenses para os maranhenses”.

“Nós amamos. Não é amarga, é refrescante”, comentou Kamila Caetano, uma estudante de 25 anos que viajou com amigos do estado vizinho do Pará para apreciar a cerveja.

Mas o governador do Maranhão, Flávio Dino, ofereceu um contexto mais pragmático: “Se tratasse de produzir cerveja de mandioca sem a participação da agricultura familiar, faria pouco sentido, mesmo que eventualmente fizesse sentido para os consumidores. Procuramos alinhar o interesse comercial de uma grande corporação multinacional com o nosso interesse em agregar valor à cadeia de suprimentos local de mandioca. E, até agora, tem sido bem sucedido”.

Parte do segredo do seu sucesso é que a mandioca é uma das “culturas mais inclusivas do mundo”, explicou Loroana Santana, presidente da agência de pesquisa agrícola do Maranhão. Segundo esta, a Magnífica abriu “um caminho de auto-sustentabilidade” para, abrindo mercados, agregando valor aos produtos e melhorando a produtividade.

De acordo com a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, a mandioca é uma “colheita altamente versátil, cultivada por pequenos agricultores em mais de 100 países. Juntamente com a sua importância como fonte de segurança alimentar, também possui uma variedade de usos industriais que lhe conferem grande potencial para estimular o desenvolvimento industrial rural e aumentar a renda receita”.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Teresa Leal Coelho admite processar ex-vereador Fernando Nunes da Silva

A vereadora da Câmara Municipal de Lisboa Teresa Leal Coelho admitiu que poderá vir a processar o antigo vereador Fernando Nunes da Silva, devido às declarações sobre a reposição dos sentidos de circulação na Avenida …

Linha de Fundo: Benfica reforça liderança, mais recados de Conceição, um jardim de infância especial e João “rosa” Almeida

Era uma vez um Clássico... Deu empate o primeiro clássico da época 2020/21. Em Alvalade, Sporting e FC Porto igualaram-se a duas bolas, num jogo que valeu pelas mudanças de resultado, mas que nem sempre foi …

CDS critica PS por obrigar portugueses a pagar "buraco" da TAP para servir apenas Lisboa

O CDS está "chocado" por a TAP ir abandonar as quatro rotas que opera no Aeroporto Francisco Sá Carneiro e critica o PS por obrigar portugueses a pagar "buraco" da TAP para servir apenas Lisboa. O …

Contratos de associação dos colégios privados. Ministério da Educação vence todos os 55 processos judiciais

Em todos os 55 processos judiciais que os colégios privados moveram contra o Ministério da Educação em 2016, na sequência da polémica dos contratos de associação, todas as 55 decisões foram favoráveis ao Governo. O jornal …

Famílias numerosas podem pedir desconto no IVA da luz a partir de março

As famílias com cinco ou mais elementos só poderão usufruir da redução do IVA da eletricidade a partir de 1 de março e terão de o requerer junto do seu fornecedor, segundo uma portaria esta …

Vacina da gripe disponível para mais grupos. Farmácias temem não ter stock suficiente

A vacina da gripe está, a partir desta segunda-feira, disponível para mais grupos populacionais com o início da segunda fase da campanha, que estende a vacinação a pessoas com 65 ou mais anos e pessoas …

Franceses em protesto para homenagear professor decapitado. Autoridades procuram radicais islâmicos

Milhares de pessoas reuniram-se no domingo no centro de Paris numa demonstração de repúdio pela decapitação do professor que mostrou aos seus alunos desenhos do Profeta Maomé. Os manifestantes da Praça da República ergueram cartazes onde …

Proud Boys acreditam na vitória de Trump: "Vamos Ganhar". Voto antecipado começa hoje na Florida

O líder do grupo Proud Boys disse à Lusa, durante uma manifestação em Miami, que Donald Trump vai vencer as eleições presidenciais norte-americanas, e rejeitou a acusação de que é dirigente de uma organização extremista. …

Projeto desenvolve testes rápidos de baixo custo para detetar imunidade

Um consórcio de universidades e uma empresa querem desenvolver "testes rápidos e de baixo custo" para detetar a resposta imunitária ao vírus SARS-CoV-2. O projecto TecniCov, que "obteve um financiamento de 450 mil euros da Agência …

"Medo constante". Human Rights Watch denuncia tortura na Coreia do Norte

Uma organização não-governamental denunciou esta segunda-feira que o sistema norte-coreano de detenção pré-julgamento e de investigação é cruel e arbitrário, com ex-detidos a descreverem tortura sistemática, corrupção e trabalhos forçados não-remunerado. No relatório de 88 páginas, …