Cérebros robóticos poderão ser feitos com bactérias

Cientistas do Instituto Politécnico e Universidade Estadual da Virgínia, nos Estados Unidos, usaram um modelo matemático para demonstrar que as bactérias podem controlar o comportamento de um dispositivo inanimado – como um robô.

Os investigadores estavam a tentar descobrir, a partir de um modelo matemático, se seria possível construir um microbioma, implantá-lo num robô e controlá-lo – uma ideia ousada até mesmo só em teoria, mas que tem muito para funcionar.

De acordo com Warren Ruder, professor assistente de Engenharia de Sistemas Biológicos, os estudos mostraram que os robôs podem ser capazes de ter um cérebro que funciona.

Para as próximas experiências, Ruder está a construir robôs que terão a capacidade de descodificar informações a níveis bacterianos, utilizando microscópios fluorescentes em miniatura, esperando-se que estes robôs respondam às bactérias.

Numa escala mais ampla, compreender a deteção da bioquímica entre os organismos poderia ter profundas implicações em áreas como a agricultura, a biologia e, claro, a robótica.

Implicações da nova inteligência artificial

Na agricultura, por exemplo, sistemas de bactérias-robô poderiam permitir estudos que explorassem as interações entre as bactérias do solo e da pecuária.

Na área da saúde, uma maior compreensão do papel das bactérias no controlo da fisiologia dos intestinos poderia levar a terapias à base de bactérias para tratar doenças mentais e físicas. Ruder também prevê que os robôs, assim controlados, poderiam executar tarefas tais como a implantação de bactérias para remediar derramamentos de petróleo.

Os resultados também contribuem para a investigação sobre bactérias no corpo humano, que se acredita que existam para regular a saúde e o humor, e especialmente a teoria de que esses micro-organismos também afetam o nosso comportamento.

O estudo, apesar de ser inicialmente baseado num modelo matemático teórico, foi inspirado em experiências do mundo real, onde o comportamento de acasalamento das moscas da fruta foi manipulado através de bactérias, bem como o comportamento de ratos, que exibiam sinais de menor stress quando tomavam probióticos.

A abordagem de Ruder foi de facto surpreendente ao revelar um comportamento de tomada de decisão simulado por um modelo matemático computacional com equações que descrevem três elementos distintos: circuitos de genes modificados em bactérias E. coli, biorreatores e o movimento de robôs.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

RESPONDER

Auditorias aos estádios da I Liga devido a casos de racismo começam amanhã

As auditorias aos estádios onde se realizam jogos da I Liga de futebol, motivadas pelos recentes atos de violência e racismo, vão decorrer até março, diz o Ministério da Administração Interna. As auditorias à segurança dos …

Liverpool já tem tantas vitórias como o invencível Arsenal de Wenger

O Liverpool operou esta segunda-feira a reviravolta sobre o West Ham (3-2) e evitou a primeira derrota na Liga inglesa de futebol, repondo a vantagem de 22 pontos para o Manchester City, no jogo que …

Lenine Cunha campeão de triplo e pentatlo em atletismo adaptado

O atleta paralímpico português Lenine Cunha sagrou-se, esta terça-feira, campeão mundial de triplo-salto e pentatlo, em Torun, na Polónia. Ana Filipe venceu a prova de triplo-salto no feminino. Lenine Cunha venceu a medalha de ouro, esta …

Kroos: Não foi fácil "adaptar-nos à falta de 40 ou 50 golos" de Ronaldo

Toni Kroos assumiu que foi difícil para o Real Madrid superar a saída de Cristiano Ronaldo. O alemão realçou a falta dos 40 ou 50 golos marcados pelo português fizeram-se sentir. Em entrevista ao The Athletic, …

Companhias aéreas querem conclusão das "obras urgentes" no aeroporto de Lisboa

A associação das companhias aéreas em Portugal (RENA) pediu ao Governo e à concessionária do aeroporto de Lisboa (ANA) a conclusão imediata "das obras urgentes" na infraestrutura, para além do "desenvolvimento do novo aeroporto" no …

Um em cada três venezuelanos não tem acesso aos alimentos para uma vida saudável

Um em cada três venezuelanos não tem acesso a todos os alimentos necessários para ter uma nutrição saudável, segundo um estudo realizado pelo Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas, divulgado na segunda-feira. De acordo com o …

Barcelona está de olho em Plata (enquanto Sporting o tenta segurar)

Gonzalo Plata tem impressionado ao serviço do Sporting e, por isso, os 'leões' querem comprar a outra metade do passe do jogador. O Barcelona está de olho no jogador. O Sporting está a fazer de tudo …

Angola. Dívidas a construtoras portuguesas alarmam FMI

O Fundo Monetário Internacional (FMI) está preocupado com a dívida de Angola a fornecedores externos, nomeadamente empresas portuguesas do setor da construção. O processo de regularização de dívidas do Estado angolano às construtoras portuguesas está a …

Alex Telles é o defesa mais goleador na Europa

Alex Telles leva oito golos no campeonato e assume-se como o defesa mais goleador na Europa. O brasileiro é também o melhor marcador do FC Porto na liga. Com o golo apontado ao Portimonense na última …

Zero acusa Estado de ter permitido deposição ilegal de amianto em aterros

A associação ambientalista Zero acusa a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) de ter permitido deposições ilegais de resíduos de amianto em aterros sem licença para o efeito durante mais de 10 anos e pede ao …