Cérebros de porcos mantidos vivos fora do corpo pela primeira vez

thornypup / Flickr

Uma equipa de cientistas afirma que os cérebros de porco podem ser mantidos vivos fora do corpo. Os cérebros humanos podem ser os próximos.

Uma equipa de cientistas da Universidade de Yale, no Connecticut, nos Estados Unidos, revelou ter conseguido manter a atividade cerebral de porcos decapitados, durante 36 horas – uma experiência que pode redefinir o conceito de “morte”, como o conhecemos atualmente.

De acordo com Nenad Sestan, o cientista que liderou o grupo de trabalho, a equipa conseguiu manter vivos os cérebros dos animais. Para isso, explica o Jornal de Notícias, os cientistas conectaram os cérebros a um sistema de circuito fechado – o “BrainEx” – capaz de bombear sangue artificial rico em oxigénio para determinadas áreas do órgão.

Sestan admitiu que os resultados deste estudo experimental foram surpreendentes, tendo em conta que foi possível identificar milhões de células vivas nos cérebros dos porcos, ainda que a consciência dos animais nunca seja recuperada.

“Os cérebros podem ficar danificados, mas, se as células estiverem vivas, são órgãos vivos”, explicou Steve Hyman, diretor de investigação psiquiátrica do Instituto Broad, em Cambridge, Massachusetts, à Technology Review, acrescentando que o processo de preservação do cérebro “não é tão diferente do do rim”.

Mas um dos grandes enfoques desta descoberta é o facto de haver a possibilidade de funcionar em outras espécies, nomeadamente primatas. Segundo os cientistas envolvidos no estudo, o procedimento pode abrir caminho para a realização de transplantes em humanos – se bem que a longo prazo e mediante um intenso debate ético.

A descoberta foi recebida com excitação, mas também com muitas preocupações éticas. Ainda assim, embora crie debates sobre se cérebros humanos tratados de igual forma seriam considerados “vivos”, a investigação traria benefícios, como a hipótese de seres humanos falecidos poderem ser usados como cobaias de testes de medicamentos para doenças como o cancro e o Alzheimer.

Embora Sestan tenha especulado sobre potenciais usos humanos, o investigador está confiante de que a linha que define a vida e a morte continua bem definida.

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal tem o segundo melhor ataque do Euro. E a terceira pior defesa

Fechada a segunda jornada da fase de Grupos do Euro 2020, a seleção nacional tem o segundo melhor ataque da prova, com 5 golos marcados, atrás apenas da Itália. Mas tem também a terceira pior …

Espanha 1-1 Itália | Hino ao desperdício trama La Roja

A Polónia, comandada pelo treinador português Paulo Sousa, empatou hoje a um golo com a Espanha, em Sevilha, em encontro da segunda jornada do Grupo E do Euro2020, mantendo-se ambas sem vitórias. A formação espanhola, que …

Já pode ajudar a NASA a batizar o manequim que vai até à Lua

A agência espacial norte-americana está a pedir ajuda para batizar o "Moonikin", o manequim que vai a bordo da nave Orion, durante a missão lunar Artemis I, ainda este ano. Quando a nave espacial Orion, da …

Portugal em Europeus: as últimas três derrotas foram (todas) contra a Alemanha

Em 90 minutos, Portugal não era derrotado numa fase final de um Europeu desde a estreia no Europeu 2012. Recorde as seleções que bateram Portugal, até agora. "Já não posso ver os franceses à frente". Esta …

Spotify lança Greenroom (e abre concorrência ao Clubhouse)

O Spotify lançou na quarta-feira, dia 16 de junho, uma app de conversas por áudio em direto chamada Greenroom, uma resposta do gigante sueco de streaming de música à popular plataforma Clubhouse. O Greenroom permite que …

"Médicos de árvores" em Singapura ajudam a preservar os seus pacientes gigantes

Arboristas como Eric Ong são responsáveis pelo bem-estar das milhares de árvores em Singapura. O seu trabalho é essencial para a preservação da natureza. A Singapura é uma cidade-estado insular situada ao sul da Malásia, com …

Novo primeiro-ministro de Israel dá 14 dias a Netanyahu para deixar residência oficial

O novo primeiro-ministro de Israel, Naftali Benet, deu duas semanas ao antecessor Benjamin Netanyahu para abandonar a residência oficial do chefe de Governo, em Jerusalém, segundo adianta hoje a imprensa local. Benet terá enviado na sexta-feira …

Ponte inca com mais de 500 anos é reconstruída após cair durante a pandemia

Peruanos da comunidade Huinchiri, localizada na região de Cusco, estão a reconstruir uma ponte inca com 500 anos. Esta foi feita a partir de técnicas tradicionais de tecelagem para criar uma passagem sob o Rio …

Portugal 2-4 Alemanha | Reality check ao plano do engenheiro

A seleção portuguesa de futebol, campeã em título, caiu hoje para o terceiro lugar do Grupo F do Euro2020, ao perder por 4-2 com a Alemanha, em encontro da segunda jornada, disputado no Allianz Arena, …

Pandemia mostrou “falta de proteção das mulheres”

A pandemia de covid-19 mostrou “a vulnerabilidade e a falta de proteção das mulheres e quão pouco as sociedades se preocupam realmente em proteger elementos-chave em matéria de segurança”, considera Edit Schlaffer, diretora-executiva da Women …