Bombardeamento causa 131 mortos em casamento no Iémen

USAF / Wikimedia

Caças bombardeiros F-16A, F-15C e F-15E durante um bombardeamento no deserto

Pelo menos 131 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas esta segunda-feira num bombardeamento da coligação militar liderada pela Arábia Saudita a um casamento na província de Taiz, sudoeste do Iémen, noticiou a agência oficial Saba, controlada pelo movimento rebelde Huthi.

A mesma fonte acrescentou que o balanço é ainda provisório e que todas as vítimas são civis, a maioria delas mulheres e menores.

O Ministério do Interior iemenita, também sob o controlo dos Huthi, disse em comunicado que entre os mortos há pelo menos 70 mulheres.

A agência noticiosa iemenita precisou que o ataque ocorreu na zona de Wahya, na região de Dabab, situada perto do porto de Al-Makha, na costa do mar Vermelho, a cerca de 250 quilómetros a sudoeste da capital, Sanaa.

As equipas de resgate continuam a trabalhar “no meio de grandes dificuldades, devido à escassez de pessoal médico e de combustível para as ambulâncias”.

Segundo a imprensa local, o bombardeamento tinha como alvo duas grandes tendas e uma concentração de veículos que se encontravam próximos do lugar onde se estava a celebrar o casamento.

Por outro lado, a Saba indicou que a coligação árabe efetuou esta segunda-feira mais de 30 bombardeamentos contra posições dos rebeldes e seus aliados na província petrolífera de Mareb, no norte do Iémen.

Os Huthi e as forças leais ao ex-presidente iemenita Ali Abdallah Saleh estão a tentar controlar as províncias de Mareb e Taiz para ficarem numa posição mais forte em futuras negociações com o Governo do atual chefe de Estado, Abdrabuh Mansur Hadi.

No domingo, pelo menos 28 civis morreram e 17 ficaram feridos num bombardeamento da coligação a uma localidade situada perto da fronteira iemenita com a Arábia Saudita.

A coligação liderada por Riade está a atuar no Iémen contra os Huthi desde março deste ano, quando estes conseguiram expulsar Hadi da cidade de Aden, à qual o Presidente regressou na semana passada, após os avanços registados no terreno pelas suas tropas, apoiadas pela aviação árabe.

Os bombardeamentos dos aliados árabes sunitas atingiram em muitas ocasiões alvos civis e fizeram vítimas entre a população em zonas sob o controlo dos rebeldes, especialmente na capital.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Coronavírus chegou à Europa. Dois casos confirmados em França

O novo coronavírus chegou à Europa. A ministra da Saúde francesa anunciou, esta sexta-feira, que há dois casos confirmados no país. "Há dois casos confirmados", vincou a ministra da Saúde francesa, Agnes Buzyn, em conferência de …

Ucrânia perdeu 11 milhões de habitantes desde 2001

A Ucrânia perdeu mais de 11 milhões de habitantes desde o último censo de 2001 devido à imigração, à anexação da Crimeia e à guerra no leste do país. De acordo com os novos dados oficiais, …

CGD sobe comissões a partir deste sábado (incluindo MB Way)

As transferências por MB Way, as contas-pacote e os serviços mínimos bancários na Caixa Geral de Depósitos vão sofrer um agravamento a partir deste sábado. Tal como tinha sido anunciado em outubro do ano passado, a …

Isabel dos Santos não vai ser detida se for a Angola, garante PGR

O procurador-geral da República de Angola afirmou, esta sexta-feira, que a justiça quer esgotar todos os procedimentos para notificar a empresária angolana antes de pedir um mandado internacional de captura. "Primeiro vamos esgotar a possibilidade de …

Assange deixa ala médica da prisão e passa para área com outros reclusos

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi transferido da ala médica da prisão de Belmarsh, no sudeste de Londres, onde estava isolado, para uma área da prisão com outros presos, anunciou hoje um membro do …

"Saudações da Tailândia." Depois de fugir da prisão, Sekkaki enviou um postal aos diretores

Depois de fugir da prisão, Oualid Sekkaki provocou os responsáveis do estabelecimento prisional e enviou-lhes um postal. Em dezembro do ano passado, Oualid Sekkaki e outros quatro indivíduos fugiram do estabelecimento prisional de Turnhout, na Bélgica. …

Irlanda. Tribunal decide extraditar motorista acusado da morte de 39 migrantes vietnamitas

O tribunal de Dublin sentenciou, esta sexta-feira, que o motorista acusado da morte de 39 imigrantes vietnamitas - encontrados em outubro num contentor refrigerado, perto de Londres - pode ser extraditado para o Reino Unido, …

Atriz norte-americana confronta em tribunal Weinstein com acusação de violação

A atriz americana Annabella Sciorra, conhecida por ter participado na série "Os Sopranos", confrontou na quinta-feira o produtor Harvey Weinstein em tribunal, acusando-o de a ter violado, em meados dos anos 1990. Segundo avançou o Expresso, …

Mulher agride médica na Urgência do Hospital de Águeda

Uma médica foi agredida, esta quinta-feira, na Urgência do Hospital de Águeda, por uma mulher que acompanhava o filho a uma consulta. De acordo com o Jornal de Notícias, a médica, de 33 anos, que estava …

Polícia do Rio de Janeiro matou cinco pessoas por dia em 2019

A polícia do Rio de Janeiro matou 1.810 pessoas em 2019, um recorde de cinco mortes por dia e um aumento de 18% em relação ao ano anterior, informou o Instituto de Segurança Pública (ISP) …