BE diz que “ninguém enfrenta o poder das celuloses” face à poluição no Tejo

A deputada do BE Mariana Mortágua considerou hoje, em Abrantes, que “o combate à poluição no rio Tejo não se faz porque ninguém tem coragem para enfrentar as indústrias de celulose”, dirigindo críticas ao PSD e ao Ministério do Ambiente.

“Estamos hoje aqui para prestar contas sobre o esforço e a luta do BE no combate a esta chaga da poluição que se faz muito sentir nesta zona do rio Tejo“, disse Mariana Mortágua à agência Lusa, criticando o PSD, que age nesta matéria “conforme os ventos”, e o ministro do Ambiente, ao considerar que o “combate à poluição não se faz porque ninguém tem coragem para enfrentar o poder das indústrias de celulose e das grandes empresas”, a nível local e nacional.

Em declarações no âmbito da sessão pública “Contra a Poluição no Tejo – Por uma consciência ambiental”, que hoje decorreu no Parque Tejo, em Rossio ao Sul do Tejo, no distrito de Santarém, Mariana Mortágua criticou o deputado do PSD Duarte Marques, eleito por Santarém, referindo ser “muito fácil agitar um papel e dizer que quer mais dinheiro para fiscalização, quando foi o PSD que votou contra a imposição à Celtejo da redução dos níveis de poluição para valores decentes. O mais difícil é chegar aqui e enfrentar as grandes empresas”.

O deputado bloquista Carlos Matias, por seu turno, referiu que Celtejo, empresa de celulose instalada em Vila Velha de Rodão, “tem uma licença especial para que possa poluir acima daquilo que o Tejo comporta, produzindo mais do que a capacidade instalada para tratar dos efluentes que lança no rio”.

Para Mariana Mortágua, “tudo isso define a coragem, o timbre e a ideologia de cada partido”, tendo assegurado, perante cerca de uma centena de pessoas, entre pescadores, autarcas, ambientalistas e populares, que o BE vai manter uma “guerra sem quartel e sem medos de enfrentar os grandes interesses económicos” para a defesa do Tejo.

Na sessão de hoje intervieram também Joana Pascoal, deputada na Assembleia Municipal de Abrantes, e o vereador Armindo Silveira, ambos eleitos pelo BE.

O deputado Carlos Matias aproveitou para lembrar que o BE vai levar novamente a debate no parlamento o Projeto de Resolução para a redução de produção na Celtejo, na terça-feira.

“A cumplicidade com a poluição está nesta licença passada à Celtejo, e é uma licença que tem de ser alterada, e esperemos que o PSD vote agora favoravelmente”, afirmou.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Pois, as irmãs metralha e todos os bloquistas não estão no poder?, se assim é só tem que falar com os seu sócio Costa para punir quem deve ser punido ou então fechar de uma vez estas celuloses.

RESPONDER

Afinal, Darwin poderá ter-se enganado em relação à seleção sexual

Um novo estudo sugere que Charles Darwin poderá ter-se enganado parcialmente em relação à teoria da seleção sexual. Charles Darwin foi um cientista cuidadoso. Em meados do século XIX, enquanto procurava evidências para a sua teoria …

“Não temos um presidente". Moedas arrasa Medina após divulgação da auditoria à CML

A auditoria interna da Câmara Municipal de Lisboa, apresentada ontem por Fernando Medina, está longe de pôr fim à polémica em torno do envio de dados pessoais de manifestantes a embaixadas estrangeiras. O presidente da Câmara …

"Fui sujeito a pressões, intimidações e ameaças". António Oliveira desiste de candidatura à Câmara de Gaia

Esta sexta-feira, numa reunião de emergência, António Oliveira, candidato à Câmara de Vila Nova de Gaia, anunciou ao líder do PSD, Rui Rio, a sua desistência da corrida eleitoral. António Oliveira tinha sido a escolha de …

Marcelo pede a portugueses "noção" sobre momento de transição

O Presidente da República destacou a importância "de as pessoas terem a noção" do momento de transição" na pandemia em Portugal, sublinhando as vacinas como resposta. A campanha de vacinação justifica o "momento de transição" que …

Uma das plantas mais estudadas de sempre tinha uma parte desconhecida

Cientistas encontraram uma parte completamente nova numa das plantas mais estudadas de sempre. De acordo com o site Science Alert, a planta em questão chama-se Arabidopsis thaliana e é um organismo modelo, já tendo sido usada …

Informações contraditórias. Autoridades belgas só confirmam a morte de um português em Antuérpia

Apesar de três portugueses terem sido dados como mortos, as autoridades no local onde ruiu um prédio em construção em Antuérpia, na Bélgica, só confirmam a nacionalidade lusa de um óbito. De acordo com a TSF, …

António Joaquim entregou-se para cumprir 25 anos de prisão pela morte de Luís Grilo

António Joaquim apresentou-se hoje num estabelecimento prisional para cumprir os 25 anos de prisão (pena máxima) a que foi condenado pela coautoria do homicídio de Luís Grilo, disse à agência Lusa o seu advogado. “António Félix …

Afinal, a altura não depende apenas dos nossos genes

Vários especialistas em genética e biologia celular defendem que a altura não só depende dos genes transmitidos pelos nossos pais, mas também de fatores ambientais, como a dieta. Muitas vezes consideramos a nossa altura imutável, determinada …

Resolvido mistério de longa data sobre explosões colossais no Espaço

Cientistas desvendaram um antigo mistério sobre algumas das maiores explosões do universo, conhecidas como erupções de raios gama, ou Gamma Ray Bursts (GRB), em inglês. As erupções de raios gama são explosões extremamente energéticas que foram …

Programa de computador prevê os gostos de arte das pessoas

Um programa de computador criado por uma equipa de investigadores conseguiu prever com precisão os gostos de arte das pessoas. Gostos não se discutem. Seja a cor preferida, o carro que conduz ou o género de …