Águias-de-Bonelli encontradas mortas no Douro Internacional

Duas águias-de-Bonelli jovens foram encontrados mortas no Douro Internacional, após terem sido marcadas com emissores GPS em 2018 e 2019, anunciaram na segunda-feira técnicos ligados a um projeto ibérico de salvaguarda destas aves.

“O facto de terem sido marcadas com emissores GPS permitiu segui-las e detetar que se encontravam mortas, sendo ainda possível recuperar os cadáveres e determinar a causa de morte”, indicou José Jambas, um dos técnicos ibéricos ligados à preservação desta espécie ameaçada de extinção.

Segundo uma nota enviada à agência Lusa, de um total de sete juvenis de águia-de-Bonelli marcados no ninho em 2018 e 2019 no Parque Natural de Arribes del Duero (Espanha), seis encontram-se em território português, e dois destes foram já encontrados mortos em Alcácer do Sal e na Figueira da Foz.

A primeira destas duas águias “irmãs” foi encontrada morta em dezembro de 2019 no concelho de Alcácer do Sal, sendo recolhida por um dos técnicos do projeto em conjunto com o GNR/SEPNA de Grândola e os Vigilantes do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF). “Este exemplar ficou em posse do ICNF para ser analisado, mas ainda não se conhecem os resultados”, adiantaram os técnicos.

A segunda ave foi encontrada no passado dia 10 de fevereiro, presa numa rede aérea de nylon de uma piscicultura no concelho da Figueira da Foz. “Estas redes, utilizadas para proteger os tanques das pisciculturas da predação por aves, principalmente marinhas, são a causa de mortalidade de numerosas espécies protegidas como corvos-marinhos, garças, e mesmo outras aves, como o caso da águia-de-Bonelli, que terá ido tentar caçar um dos corvos-marinhos que se encontrava já preso na rede”, alertou o técnico José Jambas, que recolheu o cadáver do juvenil em conjunto como a GNR de Montemor-o-Velho.

“Esta situação é de extrema gravidade, quer pela mortalidade causada quer pela negligência dos proprietários das pisciculturas que não retiram as aves quando estas ficam presas nas redes, deixando-as morrer lentamente à fome, à chuva ou ao sol”, frisou.

Os técnicos de conservação da natureza alertam que “é urgente e essencial” que se tentem evitar mais situações como esta “e para isso é de extrema urgência que o Ministério do Ambiente e o ICNF tomem medidas imediatas para evitar a enorme mortalidade de aves que ocorre neste tipo de explorações piscícolas, de forma a evitar que mais espécies protegidas e de estatuto de conservação prioritária continuem a morrer”.

“É importante também que se criem leis que proíbam a utilização deste tipo de redes, e que se encontrem soluções que permitam por um lado minimizar os prejuízos causados pelas aves marinhas aos piscicultores, e por outro lado eliminar a mortalidade de aves nestes locais”, vincou a equipa liga a preservação desta espécie.

A equipa do projeto que permitiu seguir estas aves e detetar a sua morte é constituída pelos técnicos José Jambas (Portugal), Javier García,e Isidoro Carbonell (Espanha), em representação da empresa SALORO SLU, sob autorização e coordenação da Junta de Castilla y León (Espanha).

Lusa //

PARTILHAR

RESPONDER

Covid-19 já faz estragos na indústria espacial. Concorrente da Space X declara falência

A empresa de satélites OneWeb, que tinha como objetivo ligar os lugares mais remotos do mundo à Internet, declarou esta sexta-feira falência depois de ter perdido um importante investidor por causa da pandemia de covid-19. …

CR7, Bernardo, Mourinho, Lage e mais 22 personalidades do futebol doaram 150 mil máscaras ao Hospital de Santo António

O agente Jorge Mendes juntou 26 personalidade do futebol, que vão desde jogadores, treinador e amigos, com o objetivo de dotar unidades hospitalares com materiais para combater a Covid-19. A iniciativa, que contou com a …

Italiana de 102 anos recuperou da covid-19. "Chamamos-lhe imortal"

Uma italiana, de 102 anos, recuperou da covid-19, depois de ter passado mais de 20 dias no hospital. Os médicos que a acompanharam vão agora estudar o seu caso. "Chamamos-lhe Highlander, a imortal", contou à CNN …

China já lucra com a Covid-19 (mas se a economia não engrenar depressa, pode nascer uma tempestade)

A China já está em fase de recuperação da Covid-19 e a economia do país dá sinais de vida, embora ainda longe dos patamares pré-pandemia. E o facto de o contágio continuar a alastrar por …

Cientistas de todo o mundo trabalham em 20 vacinas e 30 potenciais medicamentos

Cientistas em todo o mundo estão a trabalhar num total de 20 vacinas e 30 possíveis medicamentos contra o Covid-19, alguns dos quais já estão na última fase de testes antes da aprovação definitiva. De acordo …

Há uma vila na Lombardia sem infetados por Covid-19

Em Ferrera Erbognone, uma vila da Lombardia com mil habitantes e uma média de idades de 60 anos, ainda não se registaram casos de Covid-19, embora esteja no epicentro do surto em Itália. De acordo com …

Rei da Tailândia isola-se em hotel de luxo na Alemanha com 20 mulheres e vários servos

O rei da Tailândia, Maha Vajiralongkorn, decidiu isolar-se num hotel de luxo na cidade de Garmisch-Partenkirchen, na Alemanha, com a sua comitiva, que inclui um "harém" de 20 mulheres e vários servos. De acordo com o …

Rendas podem ser suspensas durante estado de emergência e mês seguinte

Empresas e famílias vão poder suspender o pagamento da renda nos meses em que vigore o estado de emergência e mês subsequente, de acordo com a proposta que cria um regime excecional de proteção aos …

Mais 11 pessoas detidas por desobediência. Número total sobe para 81

A PSP e a GNR detiveram até esta segunda-feira 81 pessoas pelo crime de desobediência no âmbito do estado de emergência iniciado dia 22 e decretado devido à pandemia de covid-19, anunciou o Ministério da …

Reembolsos de IRS arrancam em abril

No próximo mês, o fisco vai devolver valores retidos em IRS à medida que os contribuintes entreguem as declarações do imposto e é concluída a liquidação, uma iniciativa da Autoridade Tributária (AT) que arranca na …