Advogado de Snowden vende direitos do livro a Oliver Stone

Gage Skidmore / Flickr

O cineasta Oliver Stone

O cineasta Oliver Stone

O advogado russo de Edward Snowden divulgou hoje ter vendido os direitos do seu livro sobre o antigo consultor informático da Agência Nacional de Segurança (NSA, sigla em inglês) norte-americana ao realizador Oliver Stone.

No início deste mês, o cineasta norte-americano Oliver Stone confirmou, num comunicado divulgado pelo diário britânico Guardian, que ia escrever e realizar um filme sobre o ex-consultor da NSA, Edward Snowden, com base na adaptação do livro “Os ficheiros de Snowden: a história secreta do homem mais procurado do Mundo”, uma obra de Luke Harding, jornalista no Guardian.

Na altura, Stone disse que o caso do Snowden era “uma das grandes histórias do nosso tempo”.

“Os direitos do meu livro foram transmitidos a Oliver Stone e ao produtor Moritz Borman”, afirmou, em declarações à agência francesa AFP, o advogado Anatoli Koutcherena, referindo que a obra, intitulada em russo “A era do polvo”, será composta por três volumes. O primeiro será publicado em breve.

O advogado indicou que se encontrou três vezes na Rússia com o realizador norte-americano, que não chegou a estar com o ex-consultor da NSA.

“Snowden está informado e, evidentemente, reagiu com normalidade” à ideia de um livro e de um filme sobre a sua história, disse Koutcherena, considerado como próximo do Kremlin e a única pessoa autorizada a falar em nome do informático.

Distinguido com três Óscares pelos filmes “Platoon“, “Nascido a 4 de julho” e “Expresso da Meia-Noite“, Oliver Stone é conhecido por gostar de fazer filmes inspirados em questões políticas ou assuntos polémicos da atualidade.

Muito ativo politicamente, Stone manifestou publicamente o seu apoio ao fundador do portal WikiLeaks Julian Assange, mas também ao antigo Presidente venezuelano Hugo Chávez ou ao dirigente histórico cubano Fidel Castro.

Stone realizou nos últimos anos uma série documental de 10 episódios, com o título original “The Untold History of United States“, que aborda os eventos mais sombrios da história norte-americana, entre 1945 até aos nossos dias.

Edward Snowden, que trabalhou como analista informático para a NSA, revelou, no verão de 2013, a existência nos serviços secretos norte-americanos de programas de vigilância em massa de comunicações, suscitando tensões políticas internacionais e reavivando o debate sobre espionagem, segurança nacional e direito à privacidade.

Atualmente, Edward Snowden está a viver na Rússia, ao abrigo de um asilo temporário por um período de um ano.

O antigo consultor é acusado pela justiça norte-americana de espionagem e de roubo de documentos oficiais.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Era como se a morte estivesse num copo." No século XVIII, o gin estava a arruinar a Inglaterra

A bebida alcoólica tornou-se tão popular no Reino Unido que os empresários começaram a utilizar todo o tipo de aditivos para enriquecerem. No século XVIII, o gin tornou-se a maior droga que o homem poderia consumir …

Vacinar animais contra a covid-19? Dezenas de zoos nos EUA estão a avançar com a ideia

Cerca de 70 jardins zoológicos e espaços de conservação nos Estados Unidos estão a administrar a vacina da farmcêutica veterinária Zoetis aos seus animais. Não são só os humanos que estão a ser vacinados contra a …

Lewis Hamilton: "Eu não disse que estava a morrer"

Acidente com Max Verstappen originou dores no campeão; Helmut Marko disse que já era "espectáculo" a mais. Troca de palavras entre os dois candidatos ao título. Como se esperava, o acidente que envolveu Lewis Hamilton e …

Autorretrato de Frida Kahlo deverá ser vendido por um valor recorde de 30 milhões de dólares

A Sotheby’s espera ultrapassar os 30 milhões de dólares (mais de 25 milhões de euros) com o autorretrato da pintora mexicana Frida Kahlo, no qual aparece também o seu marido Diego Rivera. O autorretrato Diego y …

David Luiz: "Um dos dias mais especiais da minha vida" - e ainda se fala sobre Jorge Jesus

Flamengo ficou mais próximo de mais uma final da Libertadores, depois de derrotar o Barcelona de Guayaquil. David Luiz estreou-se. O Flamengo venceu o Barcelona de Guayaquil por 2-0, na primeira "mão" das meias-finais da Copa …

Iémen. Escassez de alimentos empurra 16 milhões de pessoas para a fome, revela ONU

Pelo menos 5 milhões de pessoas no Iémen estão à beira da fome e outros 16 milhões estão "a caminhar para a fome", num país dilacerado pela guerra civil. O Programa Mundial de Alimentos (WFP, na …

Presidente da Tunísia governará por decreto, ignorando partes da constituição

O Presidente da Tunísia, Kais Saied, declarou que governará por decreto e ignorará partes da constituição, enquanto se prepara para mudar o sistema político, gerando críticas imediatas da oposição. Desde 25 de julho, dia em que …

Alemanha deixa de pagar quarentena a trabalhadores não vacinados

A Alemanha vai deixar de indemnizar trabalhadores não vacinados que forem forçados a quarentena devido ao coronavírus, por ser "injusto pedir aos contribuintes que subsidiem aqueles que se recusam a ser vacinados", disse na quarta-feira …

Governo acaba com recomendação do teletrabalho

O Conselho de Ministros decidiu acabar com a recomendação da opção pelo teletrabalho e eliminar a testagem em locais de trabalho com mais de 150 trabalhadores. Estas medidas integram a terceira e última fase do plano …

Cansado de denúncias, Betis pede aos seus sócios: "Portem-se bem"

Clube onde jogam dois portugueses quer que os adeptos tenham um "comportamento adequado" durante os jogos no Benito Villamarín. O Betis de Sevilha jogou seis vezes até agora, nesta época. Quatro desses encontros foram disputados em …