Advogado de Snowden vende direitos do livro a Oliver Stone

Gage Skidmore / Flickr

O cineasta Oliver Stone

O cineasta Oliver Stone

O advogado russo de Edward Snowden divulgou hoje ter vendido os direitos do seu livro sobre o antigo consultor informático da Agência Nacional de Segurança (NSA, sigla em inglês) norte-americana ao realizador Oliver Stone.

No início deste mês, o cineasta norte-americano Oliver Stone confirmou, num comunicado divulgado pelo diário britânico Guardian, que ia escrever e realizar um filme sobre o ex-consultor da NSA, Edward Snowden, com base na adaptação do livro “Os ficheiros de Snowden: a história secreta do homem mais procurado do Mundo”, uma obra de Luke Harding, jornalista no Guardian.

Na altura, Stone disse que o caso do Snowden era “uma das grandes histórias do nosso tempo”.

“Os direitos do meu livro foram transmitidos a Oliver Stone e ao produtor Moritz Borman”, afirmou, em declarações à agência francesa AFP, o advogado Anatoli Koutcherena, referindo que a obra, intitulada em russo “A era do polvo”, será composta por três volumes. O primeiro será publicado em breve.

O advogado indicou que se encontrou três vezes na Rússia com o realizador norte-americano, que não chegou a estar com o ex-consultor da NSA.

“Snowden está informado e, evidentemente, reagiu com normalidade” à ideia de um livro e de um filme sobre a sua história, disse Koutcherena, considerado como próximo do Kremlin e a única pessoa autorizada a falar em nome do informático.

Distinguido com três Óscares pelos filmes “Platoon“, “Nascido a 4 de julho” e “Expresso da Meia-Noite“, Oliver Stone é conhecido por gostar de fazer filmes inspirados em questões políticas ou assuntos polémicos da atualidade.

Muito ativo politicamente, Stone manifestou publicamente o seu apoio ao fundador do portal WikiLeaks Julian Assange, mas também ao antigo Presidente venezuelano Hugo Chávez ou ao dirigente histórico cubano Fidel Castro.

Stone realizou nos últimos anos uma série documental de 10 episódios, com o título original “The Untold History of United States“, que aborda os eventos mais sombrios da história norte-americana, entre 1945 até aos nossos dias.

Edward Snowden, que trabalhou como analista informático para a NSA, revelou, no verão de 2013, a existência nos serviços secretos norte-americanos de programas de vigilância em massa de comunicações, suscitando tensões políticas internacionais e reavivando o debate sobre espionagem, segurança nacional e direito à privacidade.

Atualmente, Edward Snowden está a viver na Rússia, ao abrigo de um asilo temporário por um período de um ano.

O antigo consultor é acusado pela justiça norte-americana de espionagem e de roubo de documentos oficiais.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Hong Kong. Agente atingido por flecha e operação policial reforçada com canhão de água

Um polícia foi atingido numa perna por uma flecha lançada por manifestantes antigovernamentais e pró-democracia, informaram as forças de segurança, que reforçaram a operação no local com um canhão de água. Um polícia foi atingido …

Príncipe André nega ter abusado sexualmente de jovem de 17 anos

O príncipe André, filho de Isabel I, é acusado de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre, uma jovem que na altura tinha 17 anos. O caso remonta ao dia 10 de março de 2001 e, este …

FC Porto tira pão da boca ao Sporting ao desviar central brasileiro

Os 'dragões' podem estar perto de chegar a acordo para a transferência de Gustavo Henrique. O central do Santos estava em negociações com o Sporting, mas uma forte investida do FC Porto, pode ter mudado …

Será que os cães conseguem farejar uma gravidez?

Já ouvimos falar de cães a farejar bombas e de cães a farejar cancro. E quanto à gravidez, o que poderá o nariz de um cão dizer? Há várias mulheres grávidas a relatar que o cão …

Quatro mortos em manifestações na Bolívia. São 23 desde o final de outubro

Comissão Interamericana de Direitos Humanos registou pelo menos 122 feridos desde sexta-feira. Já houve 23 vítimas mortais desde o final de Outubro, início da crise social e política na Bolívia. Quatro pessoas morreram no sábado em …

UE acusada de pagar aos próprios traficantes para travar imigração

A União Europeia conta com um processo no Tribunal Penal Internacional interposto por Omer Shatz e Juan Branco. A UE é acusado de pagar aos próprios traficantes para parar a imigração. Omer Shatz, advogado e professor …

Governo quer ter a primeira refinaria de lítio da Europa

O Governo quer abrir a primeira refinaria de lítio no continente europeu. No entanto, João Galamba refere que tudo depende dos resultados do estudo de impacto ambiental das minas. Sem confirmar que venha a haver minas …

Cientistas desvendam novas pistas sobre o maior macaco que já existiu

O mítico "Bigfoot" é uma criatura lendária mas, durante milhões de anos, o verdadeiro — um símio com o dobro do tamanho de um ser humano adulto — percorreu as florestas do Sudeste Asiático, antes …

Preço do tabaco pode aumentar. Decisão cabe ao Governo

Os responsáveis do Programa Nacional para a Prevenção do Tabagismo propuseram um aumento do preço do tabaco, e a decisão depende agora do Governo. Os responsáveis do Programa Nacional para a Prevenção do Tabagismo propuseram um …

Derrocada em Borba. Um ano depois, ainda é uma ferida aberta e problemas continuam

Um ano depois do acidente na pedreira de Borba, o sindicato que representa os trabalhadores garante que os perigos persistem, enquanto a associação Assimagra salienta que foi um caso “isolado” e está a avançar com …