Academia de Holywood iliba presidente da acusação de assédio sexual

A Academia de Hollywood, que atribui os Óscares, assegurou, esta quarta-feira, que o seu presidente está ilibado da suspeita de assédio sexual, contrariando uma acusação feita há duas semanas.

“O Comité de Membros determinou, por unanimidade”, a conclusão da investigação, na terça-feira, “não sendo requerida nenhuma medida” contra o presidente. “John Bailey permanece como presidente da Academia”, lê-se no comunicado da instituição, citado pelas agências internacionais.

Embora as primeiras notícias sobre este caso tivessem apontado para a existência de três acusações, a Academia garante só ter recebido uma, sobre a qual foi feita a investigação.

No final da semana passada, numa mensagem enviada aos membros da Academia, Bailey desmentiu as acusações entretanto denunciadas, que dizem respeito a situações supostamente ocorridas há mais de dez anos, e assegurou que nunca se comportou de maneira inadecuada.

“Diz-se que tentei tocar uma mulher inapropriadamente, enquanto ambos nos deslocávamos para um ‘set’ de filmagens. Tal não aconteceu“, garantiu. A existência de várias queixas à Academia “sobre o meu comportamento são falsas e só têm servido para danificar a minha carreira de 50 anos“, acrescentou o presidente da Academia, na sua mensagem.

Diretor de fotografia, Bailey tem o nome associado a filmes como “Gente Vulgar”, “Os Amigos de Alex”, “American Gigolo”, “Feitiço do Tempo”, “Laços de Ternura” e “Melhor É Impossível”.

Com 75 anos, John Bailey foi eleito presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos, em agosto.

No passado dia 16, a Variety noticiou que a Academia tinha recebido três queixas de assédio sexual, tendo aberto de imediato uma investigação.

Em comunicado citado pela revista, a Academia afirmava que “trata qualquer queixa confidencialmente para proteger todas as partes”.

O Comité de Membros analisa as queixas “de acordo com o Código de Conduta e, depois de concluir as avaliações, reporta ao Conselho de Governadores”, lia-se então no comunicado. “Não iremos fazer mais comentários até a investigação estar concluída”.

Em outubro, a Academia expulsou o produtor Harvey Weinstein, acusado de assédio, agressão sexual e violação por mais de 30 mulheres.

Em dezembro, aquela organização estabeleceu um código de conduta, que determina que os seus membros podem ser castigados ou expulsos por comportamentos de abuso, assédio ou discriminação.

Além disso, já este ano, a Academia decidiu substituir o ator Casey Affleck, envolvido em dois processos judiciais por assédio sexual em 2010, como apresentador do Óscar de Melhor Atriz. Foi a primeira vez que o Óscar de Melhor Atriz não foi entregue pelo vencedor da categoria de Melhor Ator do ano anterior.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pela primeira vez, uma astronauta corrige página da Wikipédia a partir do Espaço

Pela primeira vez na história da Humanidade, a astronauta norte-americana Christina H. Koch fez a edição de uma página da Wikipedia na Internet a partir da Estação Espacial Internacional (EEI), enquanto orbitava o planeta Terra. A …

Rover Mars 2020 vai procurar fósseis microscópicos

Cientistas do rover Mars 2020 da NASA descobriram o que poderá ser um dos melhores locais para procurar sinais de vida antiga na Cratera Jezero, onde o veículo vai pousar no dia 18 de fevereiro …

MP quer passar a ouvir todas as crianças expostas a violência doméstica

A procuradora-geral da República quer que os magistrados do Ministério Público peçam sempre ao juiz de instrução criminal que as crianças expostas a violência doméstica sejam ouvidas em tribunal para memória futura. A procuradora-geral da República, …

Greta Thunberg no Parlamento entre final do mês e início de dezembro

A ativista sueca aceitou participar numa sessão na Assembleia da República, em Lisboa, promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de …

Phineas Fisher. O "hacker fantoche" que está a pagar para piratearem bancos e petrolíferas

Phineas Fisher é um hackers mais infames do mundo e procura agora renovar esse estatuto ao oferecer 100 mil dólares a quem piratear instituições capitalistas, como bancos e empresas petrolíferas. O hacker ficou conhecido após ter …

Conselho Superior da Magistratura arquiva processo disciplinar a Carlos Alexandre

O Conselho Superior da Magistratura decidiu arquivar o processo disciplinar relativo ao juiz do Tribunal de Instrução Criminal por declarações sobre o sorteio da fase de instrução do processo Operação Marquês. "O plenário de hoje do …

Jardins e complexo de estufas descobertos num dos bunker de Hitler

Um grupo de especialistas descobriu jardins e um complexo de estufas, que serviu para cultivar legumes e frutas, num dos maiores quartéis generais de Adolf Hitler durante a II Guerra Mundial, o bunker conhecido como …

Ataque a Alcochete. Advogados pedem impugnação do auto de notícia da GNR

Uma discrepância nas datas de elaboração e de assinatura do auto de notícia que relata a invasão à academia do Sporting motivou, esta terça-feira, a apresentação de um requerimento de impugnação subscrito por vários advogados. No …

Japão diz que é seguro libertar água radioativa de Fukushima no Pacífico

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão afirmou esta segunda-feira que é seguro libertar água contaminada de Fukushima no Oceano Pacífico, de acordo com o jornal local Japan Today. A central nuclear, recorde-se, sofreu …

Dez autarcas e quatro clubes entre os 68 acusados na operação Ajuste Secreto

O Ministério Público da Feira deduziu acusação contra 68 arguidos, incluindo dez autarcas e ex-autarcas, quatro clubes desportivos e os seus respetivos presidentes, no âmbito da operação "Ajuste Secreto". Numa nota publicada no seu site oficial, …