A maioria dos planetas habitáveis pode ter apenas 10% de terra seca

Lucianomendez / Wikimedia

Conceito artístico do exoplaneta Upsilon Andromedae, com as suas enormes luas

Conceito artístico do exoplaneta Upsilon Andromedae, com as suas enormes luas

Além do seu fato de astronauta, talvez seja aconselhável que os exploradores exoplanetários do futuro levem equipamento de mergulho.

Um novo estudo, publicado na revista Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, usou um modelo estatístico bayesiano para prever que a maioria dos planetas habitáveis podem ser dominados por oceanos que abrangem mais de 90% da sua superfície.

O autor do estudo, Fergus Simpson, investigador do Instituto de Ciências do Cosmos da Universidade de Barcelona, construiu um modelo estatístico baseado na análise de probabilidade bayesiana, para prever a divisão entre terra e água em exoplanetas habitáveis.

Para uma superfície planetária possuir extensas áreas, tanto de terra como de água, deverá ter atingido um delicado equilíbrio entre o volume de água que retém ao longo do tempo e o espaço que tem para a armazenar nas suas bacias oceânicas.

Ambas estas quantidades podem variar substancialmente em todo o espectro dos mundos que contêm água, e o porquê de os valores da Terra estarem tão bem equilibrados é um enigma de longa data ainda não resolvido.

O modelo de Simpson prevê que a maioria dos planetas habitáveis são dominados por oceanos que abrangem mais de 90% da sua área de superfície. Esta conclusão foi alcançada porque o próprio planeta Terra está muito próximo de ser considerado um “mundo aquático” – um mundo onde toda a terra está imersa sob um único oceano.

“Um cenário no qual a Terra contém menos água que a maioria dos outros planetas habitáveis seria consistente com os resultados das simulações, e pode ajudar a explicar porque é que alguns planetas são menos densos do que esperávamos,” explica Simpson.

No novo trabalho, Simpson descobriu que os oceanos finamente equilibrados da Terra podem ser uma consequência do princípio antrópico – mais frequentemente usado num contexto cosmológico – que explica como as nossas observações do Universo são influenciadas pela exigência da formação de vida senciente.

“Com base na cobertura oceânica da Terra, 71%, encontrámos evidências substanciais que suportam a hipótese de que os efeitos da seleção antrópica estão em funcionamento,” comenta Simpson.

Para testar o modelo estatístico, Simpson teve em conta mecanismos de feedback, como o ciclo de águas profundas e os processos de erosão e de deposição.

O cientista propõe também uma aproximação estatística para determinar a diminuição da área de terra habitável para planetas com oceanos mais pequenos, à medida que se tornam cada vez mais dominados por desertos.

Porque é que evoluímos neste planeta e não em qualquer outro dos milhares de milhões de mundos habitáveis? Neste estudo, Simpson sugere que a resposta poderá estar ligada a um efeito de selecção que envolve um equilíbrio entre terra e água.

“A nossa compreensão do desenvolvimento da vida poderá estar longe de completa, mas não é terrível ao ponto de aderirmos à aproximação convencional de que todos os planetas habitáveis têm uma probabilidade igual de hospedar vida inteligente,” conclui Simpson.

// CCVAlg

RESPONDER

Míssil balístico intercontinental Minuteman III da lançado da Base Aérea de Vandenberg, em 2013.

EUA testam míssil intercontinental no Oceano Pacífico

Os EUA realizaram esta madrugada um ensaio com um míssil intercontinental que voou até um atol no Oceano Pacífico, para mostrarem a sua capacidade de dissuasão nuclear. A Força Aérea anunciou o lançamento de um míssil …

Adeptos do Benfica à chegada ao Estádio da Luz pouco antes do jogo da Primeira Liga de Futebol com o FC Porto

Está em fuga suspeito de atropelar adepto (é dos No Name Boys e tem ficha na polícia)

Já foi identificado, mas continua em fuga, o suspeito de ter morto um adepto do Sporting, junto ao Estádio da Luz, num caso de atropelamento, no dia do clássico entre o clube de Alvalade e …

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro

Venezuela anuncia saída da Organização de Estados Americanos

A ministra venezuelana de Relações Exteriores, Delcy Rodríguez, anunciou que, a partir de quinta-feira, a Venezuela iniciará a sua saída oficial da Organização de Estados Americanos (OEA). "Iniciaremos um procedimento que demora 24 meses. A Venezuela …

-

Não consegue tirar folgas do trabalho? Há uma explicação

Conhece alguém que, mesmo que esteja de folga ou de férias, não consegue desligar do trabalho? E quando falamos em desligar, não é apenas mentalmente, é mesmo fisicamente. Uns até chegam a trabalhar nesses dias, …

-

Javalis matam três terroristas do Estado Islâmico no Iraque

Um grupo de javalis atacou uma base do Daesh na região de Rashad, em Kirkuk, no Iraque, provocando a morte de três combatentes do grupo terrorista. Na sequência do ataque dos animais, que se realizou no …

O papa Francisco

Governo dá tolerância de ponto na visita do Papa (e há críticas dentro do PS)

O Governo vai conceder tolerância de ponto nos serviços públicos a 12 de maio, dia em que o Papa Francisco chega a Portugal para o centenário das aparições de Fátima, disse à Lusa fonte do …

.

Cientistas criam neurónio capaz de reparar lesões na espinal medula

Cientistas dos Instituto Gladstone, nos EUA, criaram, a partir de células estaminais, um tipo especial de neurónio que pode potencialmente reparar lesões da espinal medula, foi hoje divulgado. Estas células, interneurónios (que se ligam a outro …

A "Pedra do Abutre" em Gobekli Tepe, Turquia.

Gravuras antigas mostram que cometa atingiu a Terra e despoletou Idade do Gelo

Símbolos antigos esculpidos em pedra, num local arqueológico na Turquia, contam a história de como um cometa, com um impacto devastador, desencadeou uma mini-Era do Gelo na Terra, há mais de 13 mil anos. Conhecido como …

-

Senador russo avisa que o Reino Unido pode ser "apagado da Terra" num contra-ataque nuclear

Depois de um ministro britânico ter afirmado que o Reino Unido, "nas mais extremas circunstâncias", poderia recorrer a um ataque nuclear preventivo, o senador russo Frants Klintsevich lembrou que a Grã-Bretanha corre o risco de …

-

Cordeiros prematuros cresceram dentro de sacos que imitam um útero

Uma bolsa plástica que imita o útero foi usada para ajudar no desenvolvimento de cordeiros que nasceram prematuros. Este sistema poderá ser utilizado em fetos humanos, segundo os cientistas. “Desenvolvemos um sistema que, de forma mais …