/

Edição de 2021 da Web Summit recebe 40 mil participantes. Moedas como presidente não será problema

Web Summit

Evento, que se realiza entre 1 e 4 de Novembro, volta a decorrer em formato presencial depois de em 2020 a pandemia ter transferido as atividades para o ambiente digital.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O presidente executivo da Web Summit, Paddy Cosgrave, revelou que a edição deste ano da cimeira tecnológica, que se realiza em Lisboa no início de novembro, deverá receber disse hoje esperar cerca de 40 mil participantes. O cofundador do evento explicou que ao longo dos últimos meses os planos foram sendo adaptados para corresponder à situação pandémica, com a expectativa inicial a ser a presença de apenas dez mil participantes.

Cosgrave estvee presente numa conferência de imprensa ao lado de Pedro Siza Viera, ministro do Estado, da Economia e da Transição Digital, o qual classificou a participação deste número de participantes uma “excelente notícia para a economia e para o país”.

Talvez devido à presença do governante, o fundador da Web Summit não quis comentar o resultado das eleições autárquicas portuguesas, as quais ditaram uma alteração na liderança da Câmara de Lisboa, entidade parceira da cimeira desde que os seus organizadores mostraram intenções de a realizar em Portugal, lembra o Diário de Notícias.

Mesmo assim, o irlandês afirmou que a cidade continuará a ser “bem servida”. “Tive oportunidade de trabalhar ao longo dos últimos anos com Fernando Medina e foi um excelente presidente da Câmara. Conheço Carlos Moedas de quando era Comissário Europeu e eu tinha lugar no Conselho Europeu de Inovação. Lisboa está a ser bem servida e ficará bem servida.”

Em 2018, a Câmara de Lisboa e a empresa Connected Intelligence Limited, empresa promotora da Web Summit, assinaram um contrato relativo à organização do evento em Portugal até 2028, mediante o investimento de 11 milhões de euros anuais – três milhões provenientes dos cofres do município e oito do Executivo nacional.

Em 2020, ano em que a pandemia da covid-19 surgiu, a Web Summit realizou-se em formato exclusivamente virtual, pelo que este ano se assistirá ao regresso ao modelo habitual. Aos participantes será exigido um certificado de vacinação contra a covid-19 ou um teste PCR ou antigénio realizado até 72 horas antes da entrada no espaço do evento.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.