Mutação genética numa única criança deu origem a doença que afecta milhões

biosanas.com.br

Glóbulos vermelhos de doentes com anemia falciforme perdem forma arredondada e adquirem aspecto de foice

A anemia falciforme pode não ser tão conhecida como a SIDA, a tuberculose ou a febre amarela, mas afecta milhões de pessoas em todo o mundo.

Segundo a Fundação Sickle Cell Disease, da Califórnia, nos EUA, cerca 250 milhões de pessoas são portadores do gene, que, se herdado de pai e mãe, gera a enfermidade. Cerca de 300 mil crianças nascem todos os anos com anemia falciforme.

Uma das doenças genéticas mais comuns do mundo, a anemia falciforme é caracterizada por uma alteração nos glóbulos vermelhos, que perdem a forma arredondada e adquirem o aspecto de uma foice.

Esta deformação, que faz com que os glóbulos vermelhos endureçam, dificultando a passagem do sangue pelos vasos e a oxigenação dos tecidos, pode causar dor forte, anemia crónica e prejudicar órgãos vitais.

Um estudo recente conduzido por investigadores do Center for Research on Genomics and Global Health (CRGGH), nos EUA, feito com base na análise do genoma de 3 mil pessoas, liga a anemia falciforme a uma mutação genética que se teria manifestado em uma única criança, há pouco mais de 7 mil anos.

A história da doença é um exemplo de como uma coisa boa acabou por ter péssimas consequências. Há muitos milhares de anos, quando o deserto do Sahara, no norte de África, era ainda uma área húmida e chuvosa, coberta por uma floresta, uma criança nasceu com uma mutação genética que lhe deu imunidade à malária.

A doença era tão mortal há milhares de anos como é hoje: actualmente, a malária mata uma criança a cada dois minutos. Num ambiente que era habitat natural dos mosquitos portadores da doença, a mutação deu grande vantagem à criança, que viveu, cresceu e teve filhos.

Os filhos da criança herdaram a mutação e, graças à imunidade, espalharam-se e reproduziram-se. Até hoje, as pessoas que têm o gene são mais resistentes à malária.

Mas é aqui que entram as más consequências. Se uma pessoa herda o gene com a mutação de ambos os pais, pode acabar por desenvolver anemia falciforme, moléstia que resulta em fortes dores e diversas complicações de saúde, entre os quais problemas pulmonares e cardiovasculares, dores nas articulações e fadiga intensa. Para piorar, quem herda os genes dos dois pais perde a protecção que eles têm contra a malária.

Num estudo publicado a semana passada no American Journal of Human Genetics, os cientistas Daniel Shriner e Charles Rotimi apresentaram a descoberta sobre a origem da doença, feita após uma análise do genoma de cerca de 3 mil pessoas, das quais 156 tinham anemia falciforme.

Ambos são investigadores do CRGGH, entidade ligada ao National Institutes of Health, grupo de centros de pesquisa que formam a agência governamental de pesquisa biomédica do departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos.

Os cientistas rastrearam a mutação até há 7,3 mil anos atrás e concluíram que ela começou numa única criança.

Este conhecimento pode ajudar a melhorar o tratamento clínico da anemia falciforme, para a qual não há cura. Os portadores precisam de acompanhamento médico constante, para garantir a oxigenação adequada nos tecidos, prevenir infecções e controlar as crises de dor.

As células falciformes foram descobertas pela primeira vez nos Estados Unidos, em pessoas com ascendência africana, mas também são comuns em povos do Mediterrâneo, do Oriente Médio e de partes da Ásia.

A criança que nasceu com sorte há 7.300 anos espalhou os seus genes pelos descendentes no Mundo inteiro – que podem não ter a mesma sorte que o seu antepassado.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Olha como o nosso mundo é sensível. Realmente não sabia que tal mutação poderia desencadear uma doença que afeta milhares de pessoas. Isso mostra a sensibilidade e a fragilidade do homem.
    Parabéns pela matéria, muito interessante

RESPONDER

Alcochete. Arguido iliba Mustafá de dar ordem para o ataque à academia

O arguido Valter Semedo disse hoje em tribunal que o objetivo da ida a Alcochete no dia da invasão à academia do Sporting consistia em mostrar aos jogadores "descontentamento de uma maneira não simpática". Além …

Arábia Saudita vai lançar campeonato de futebol feminino

A Arábia Saudita, que procura afastar a imagem de um reino ultraconservador, vai lançar um campeonato de futebol feminino, com o objetivo de reforçar a participação das mulheres no desporto. A primeira temporada da competição acontecerá …

"Ténis, digo-te adeus". Maria Sharapova anuncia final da carreira

A tenista russa Maria Sharapova, antiga líder do ranking mundial e detentora de cinco títulos do Grand Slam, anunciou hoje o final da sua carreira, através de um artigo publicado nas revistas Vogue e Vanity …

Amazon abre o primeiro supermercado sem caixas registadoras

A Amazon, do empresário Jeff Bezos, abriu 25 supermercados nos Estados Unidos (EUA), cujas instalações não têm caixas registadoras. Segundo avançou o TechCrunch, citado pelo Jornal Económico (JE), para fazerem comprar nestes supermercados, os consumidores têm …

Ricardo Salgado "perplexo" com condenação por violação de prevenção de branqueamento

O ex-presidente do BES declarou hoje, ao Tribunal da Concorrência, em Santarém, a sua “perplexidade” pela condenação, pelo Banco de Portugal (BdP), por violação de normas de prevenção de branqueamento de capitais e financiamento do …

Portugal continua na lista negra das economias com "desequilíbrios"

Bruxelas mantém Portugal na lista das 12 economias da União Europeia (UE) com "desequilíbrios" macroeconómicos, de acordo com um novo relatório divulgado esta quarta-feira pela Comissão Europeia. O documento, um relatório de análise no âmbito …

Câmara de Lisboa fez contratos de 12 milhões de euros com empresa que tem falso engenheiro

A Câmara de Lisboa assinou vários contratos públicos, alguns por ajuste directo, com uma empresa que está a ser investigada pelo Ministério Público por ter, alegadamente, um falso engenheiro. Em causa estão mais de 12 …

Projeto do Chega sobre castração de pedófilos é "inconstitucional" (mas debate ainda é hipótese)

A Comissão de Assuntos Constitucionais decidiu hoje, por maioria, que o projeto-lei do Chega sobre castração química não preenche os requisitos constitucionais para subir a plenário, mas remeteu a decisão do seu agendamento para o …

Velório de Laura Ferreira será reservado à família

O velório de Laura Ferreira, mulher do ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, que morreu na terça-feira, durante a noite, em Lisboa, será esta quarta-feira, no centro funerário de Cascais, disse à Lusa fonte próxima da família. A …

Governo que estar em "contacto direto com cada região". Iniciativa arranca em Bragança

O executivo socialista ruma esta quarta-feira ao distrito de Bragança, para o arranque da iniciativa "Governo mais próximo", que, até quinta-feira, inclui visitas à região de ministros e secretários de Estado e uma reunião do …