Já é possível extrair lítio dos resíduos da produção de combustíveis fóssil

Investigadores norte-americanos descobriram uma forma de extrair lítio de forma sustentável, através das águas residuais da produção de combustíveis fósseis.

Graças à sua utilização em dispositivos eletrónicos, o lítio é um elemento cada vez mais procurado, à medida que nos deslocamos para um mundo mais elétrico.

Agora, uma equipa de investigadores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, desenvolveu um método de abastecimento deste elemento que não só é eficiente, como também utiliza as águas residuais das instalações de produção de petróleo e gás.

Além da crescente utilização de lítio em dispositivos eletrónicos, o mundo também procura fazer a transição para veículos elétricos — que utilizam baterias de iões de lítio —, com o objetivo de reduzir as emissões de carbono.

No entanto, e apesar de ser um elemento abundante, a extração de lítio não é simples nem amiga do ambiente.

Por esta razão, os cientistas decidiram analisar a águas salgada para perceber se seria possível obter lítio de uma forma mais sustentável. Mas descobriram que a solução estará nas instalações de produção de petróleo e gás — que, idealmente, deveriam encerrar num futuro próximo, escreve a Interesting Engineering.

Como os investigadores explicam no estudo, publicado esta semana na Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), as águas residuais geradas durante a produção de petróleo e gás são tão ricas em lítio como as salmouras de água salgada que são utilizadas atualmente.

Só nos Estados Unidos, são produzidos biliões de litros destas águas residuais. Mas não há muitos recipientes para o lítio porque o processo de separação não é muito eficiente.

Juntamente com investigadores da Universidade da Califórnia, a equipa do Texas desenvolveu um novo polímero, através da utilização de éteres de coroa, que dá prioridade à separação do lítio da água.

Os éteres de coroa não têm sido utilizados para o tratamento de água, mas a sua capacidade de ligação aos iões de sódio permite que os iões de lítio se desloquem mais rapidamente através da membrana — sendo, assim, mais fácil de filtrar.

Os investigadores estimam que as águas residuais produzidas numa semana na Eagle Ford Shale, no Texas, podem produzir lítio suficiente para 300 baterias de veículos elétricos ou 1,7 milhões baterias para smartphones.

Enquanto esperamos que outras tecnologias de baterias alcancem as capacidades do lítio-ião, este método mantém o potencial de produzir lítio-ião de forma sustentável. Por outro lado, é uma oportunidade para as petrolíferas, uma vez que lhes permite continuar a produção (por agora) e fazer dinheiro também a partir dos seus resíduos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Já é possível extrair lítio dos resíduos da produção de combustíveis fóssil

Investigadores norte-americanos descobriram uma forma de extrair lítio de forma sustentável, através das águas residuais da produção de combustíveis fósseis. Graças à sua utilização em dispositivos eletrónicos, o lítio é um elemento cada vez mais procurado, …

Ministro do Ambiente visita Moçambique com dois milhões e projetos de cooperação na carteira

O ministro do Ambiente e da Ação Climática português inicia quarta-feira uma visita a Moçambique, onde irá contactar com projetos apoiados por Portugal e anunciar investimentos ao nível da cooperação na ordem dos dois milhões …

Governo espanhol avança com "plano de choque" para reduzir tarifas de eletricidade

Ministros do Governo de Sanchéz (PSOE) afirmam que o conjunto de medidas apresentadas conseguirão reduzir a fatura da eletricidade para os consumidores em 12% e reiteram a promessa feita de que o ano de 2021 …

Textor suspende compra de acções da Benfica SAD após dúvidas do clube (e Vieira diz que não recebeu a carta)

O empresário norte-americano John Textor anunciou que suspendeu o acordo com José António dos Santos, o "Rei dos Frangos", para a compra de 25% das acções da SAD do Benfica, até à realização das eleições …

Governo trava duplo combate à esquerda (e, em ano de eleições, há muitos "nós" para desatar)

Em ano de eleições autárquicas, com o PS a visar a manutenção da maioria das Câmaras do país, o Governo socialista enfrenta um duplo combate com os parceiros de esquerda, com a revisão da lei …

Porto quer nova companhia para substituir a TAP — e já enviou proposta para Bruxelas

A Associação Comercial do Porto (ACP) enviou uma proposta para Bruxelas a defender a "criação de uma nova companhia aérea para voos intercontinentais a partir de Lisboa e o apoio à captação de rotas para …

Mais de 84% dos jovens dos 12 aos 17 anos com pelo menos uma dose da vacina

Mais de 84% dos jovens entre os 12 aos 17 anos já receberam pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19, segundo dados da task force que coordena o processo de vacinação. Na segunda-feira, "cerca …

Seguido pelo Benfica, David Luiz explica porque assinou pelo Flamengo

David Luiz deu uma nega ao SL Benfica e optou pelo Flamengo. O defesa-central de 34 anos explicou a decisão que tomou de regressar ao Brasil. O Flamengo oficializou a contratação de David Luiz no sábado, …

Estatísticas apontam as duas melhores cidades para viver e fazer negócios (e a pior na gestão da pandemia)

Segundo a sétima edição do ranking elaborado pela Bloom Consulting, Porto e Lisboa são os melhores municípios para viver, para visitar e para fazer negócios. Já Albufeira é o concelho pior no que diz respeito …

O euro ganhou ao dólar e "decidiu" a transferência de Di María para o Benfica

A transferência de Di María para o SL Benfica apenas foi consumada devido à moeda de pagamento. O Rosario Central preferiu receber em euros do que em dólares. Não é novidade que quando Ángel Di María …