Empresa de dono da TVI recebe a maior fatia da recapitalização estratégica do PRR

6

DouroAzul / Wikimedia

Mário Ferreira, Media Capital, Douro Azul

Mário Ferreira, dono da Douro Azul e principal accionista da Media Capital.

Uma empresa de Mário Ferreira, dono da TVI, vai receber mais de metade da recapitalização estratégica do PRR até agora aprovada.

A Pluris Investments, do empresário Mário Ferreira, faz parte das 12 empresas que vai receber um investimento direto de 76,7 milhões de euros através do Fundo de Capitalização e Resiliência (FdCR), como parte dos apoios do Estado à covid-19.

A notícia avançada pelo Público dá conta que a empresa do dono da TVI receberá a maior fatia desses 76,7 milhões de euros, se os apoios aprovados acabarem contratualizados.

A empresa de Mário Ferreira vai receber 40 milhões de euros — o equivalente a 52% do total já aprovado — para um “aumento de capital da empresa de navios turísticos Mystic Cruises”.

Fonte oficial do Banco Português de Fomento (BPF) explicou à Lusa que a candidatura ao investimento aprovado para a Pluris Investments “visa exclusivamente o apoio à atividade turística”.

“Trata-se de uma operação de investimento de quase capital cujas condições estão alinhadas com o Quadro Temporário de Auxílios de Estado Covid-19 publicado pela Comissão Europeia, na sua versão atualizada em 18 de novembro de 2021”, prosseguiu a mesma fonte, em resposta por escrito.

A operação “de investimento foi qualificada como estratégica em resultado da aplicação dos critérios de avaliação previstos no Programa de Recapitalização Estratégica lançado pelo Fundo de Capitalização e Resiliência”, concluiu o BPF.

Ao Público, Mário Ferreira garantiu que os 40 milhões se destinarão a apoiar um aumento de capital da empresa de navios turísticos Mystic Cruises. Além disso, o dono da TVI assegurou que o Estado não tomará capital, dado que o investimento será em obrigações convertíveis.

O Programa de Recapitalização Estratégica é um programa em curso para apoiar a capitalização de empresas afetadas pelas consequências da pandemia, mas que sejam consideradas viáveis e de “interesse estratégico nacional”.

O Programa de Recapitalização Estratégica conta com 400 milhões de euros de dotação global, através de fundos do FdCR, tendo por objetivo estimular o crescimento sustentável da economia e colmatar a “delapidação” de capitais próprios durante a crise gerada pela pandemia.

A Pluris Investments, que detém 35,38% da Media Capital, dona da TVI, tem negócios em áreas diversificadas como o turismo, nomeadamente a empresa Douro Azul.

  ZAP //

6 Comments

  1. Estão a perceber pk é que o estado é péssimo gestor?
    Preferia que baixassem os impostos com impacto em todos do que escolher a dedo quem querem “ajudar”.
    O resto fica a pagar os impostos e a tratar da burocracia que debitam na assembleia.

    • O governo, na sua maioria é composto por gente novata e sem experiência. Por isso é que está completamente à deriva.

  2. Porque é que estes pacóvios têm sempre vantagens em relação a nós? O Governo, pelos vistos, colabora… está tudo a saque!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.