Edifício que servia de centro para carenciados em Arroios foi emparedado. Vários feridos durante os protestos

Tiago Petinga / Lusa

O edifício em Arroios, Lisboa, começou a ser emparedado durante a noite, depois dos protestos que, esta segunda-feira, fizeram vários feridos.

O Seara – Centro de Apoio Mútuo de Santa Bárbara foi criado por um grupo de pessoas que ocupou um antigo infantário abandonado e o transformou num centro de apoio de ajuda a pessoas carenciadas, incluindo sem-abrigo.

Quando ocuparam o espaço, os voluntários não sabiam quem eram os proprietários do imóvel, mas, mais tarde, descobriram que foi vendido a uma empresa de imobiliário e depois em parcelas a três pessoas que vivem no estrangeiro.

Os voluntários enviaram email a várias entidades, entre as quais a Câmara Municipal de Lisboa e a PSP, a informar de que iriam ocupar o espaço e os motivos.

Esta segunda-feira, pelas 05h00, cerca de uma dezena de seguranças privados entraram no edifício para tentar despejar as pessoas que ali se encontravam e, entretanto, os proprietários do edifício mandaran cortar a água e a luz.

Os responsáveis pelo centro chamaram a PSP, que se dirigiu ao local e montou um cordão policial. Ao final da tarde, várias pessoas ficaram feridas, incluindo três agentes, na sequência de uma tentativa de entrada de alguns voluntários no imóvel.

Já durante a noite, o edifício começou a ser emparedado, contou à agência Lusa Bernardo Valares, um dos voluntários do Seara – Centro de Apoio Mútuo de Santa Bárbara, tendo acrescentado que nenhuma pessoa ficou a pernoitar no local.

Isto porque as três pessoas que tinham permissão para pernoitar no edifício, na sequência de um entendimento alcançado com os proprietários, apenas poderiam dormir no interior do prédio sob supervisão “de oito seguranças” e que, portanto, optaram por não o fazer porque se “sentiram intimidadas”, explicou o voluntário.

Bernardo Alvares sublinhou ainda que “todas as instituições [de apoio a pessoas em situação de sem-abrigo] falharam”.

Em declarações ao jornal online Observador, Manuel Grilo, vereador da Ação Social da Câmara de Lisboa, afirmou que a tentativa de despejo foi ilegal, tendo lembrado que “todos os despejos estão suspensos” devido à pandemia de covid-19.

“A ocupação do edifício será provavelmente ilegal, mas a forma como entraram será tudo menos legal”, declarou o vereador do Bloco de Esquerda, acrescentando que pelo que se apercebeu “não havia nenhuma ordem do tribunal”.

Estamos em tempo de pandemia, de crise, não consigo compreender como é que alguém que está a dar apoio social a pessoas carenciadas é posta fora para dar lugar à especulação imobiliária”, lamentou ainda.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Académica treme: salários, último lugar e treinador de saída

Clube de Coimbra, tal como o Boavista, terá de comprovar que tem cumprido no pagamento dos salários. Em campo, mais uma derrota complicou a situação de Rui Borges. Ainda não há muitos anos, a Académica apareceu …

Marcelo discursou na ONU, lembrou Sampaio e mostrou total sintonia com Guterres

Marcelo Rebelo de Sousa lembrou nas Nações Unidas o antigo Presidente da República Jorge Sampaio, que morreu no dia 10 deste mês, aos 81 anos, pela sua atividade no acolhimento de refugiados. O chefe de …

Governo promete que preço da luz não vai aumentar (e anuncia pacote de 430 milhões)

Esta terça-feira, João Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente e Ação Climática, anunciou um pacote de medidas no valor de 430 milhões de euros que visam travar a subida do preço da eletricidade no mercado …

"Alguma vez foi fácil?" Catarina Martins diz que Governo "tem pouca vontade" de discutir temas concretos

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, defendeu esta terça-feira que o Governo socialista “tem pouca vontade” de discutir questões concretas nas negociações do Orçamento do Estado para 2022, insistindo na necessidade de debater …

Fisco vai devolver 82 milhões no IVAucher

O programa IVAucher irá devolver aos contribuintes 82 milhões de euros, anunciou, esta terça-feira, António Mendonça Mendes. O secretário de Estado Adjunto e dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes, anunciou esta terça-feira que os contribuintes acumularam …

Creches passam a ser gratuitas para todas as crianças do 2.º escalão

Esta terça-feira, o Governo anunciou o alargamento da gratuitidade das creches a todas as crianças dos agregados do 2.º escalão de rendimentos da comparticipação familiar.  A creche passa a ser gratuita para todas as crianças de …

Bissouma disse que é o melhor médio na Premier League. O que dizem os números?

O jogador do Brighton & Hove Albion apresenta dados importantes, numa equipa que está no quarto lugar da Premier League. As declarações causaram algum impacto e também foram reproduzidas pelo ZAP: “Não quero ser arrogante, mas …

Governo britânico expôs acidentalmente identidade de mais de 250 tradutores afegãos

Os endereços eletrónicos de mais de 250 afegãos que colaboraram com as forças britânicas e procuram realocação no Reino Unido foram divulgados por engano pelo Ministério da defesa britânico. O Ministério da Defesa britânico expôs as …

Etna volta a entrar em erupção. É a segunda vez em menos de um mês

O vulcão Etna, em Itália, voltou a entrar erupção, espalhando rapidamente uma nuvem de fumo na parte oriental da ilha italiana da Sicília. O vulcão mais ativo da Europa entrou em erupção esta terça-feira. Segundo o …

CNE recebeu queixas de cidadãos contra Costa por usar PRR em campanha

A Comissão Nacional de Eleições já recebeu queixas de cidadãos contra António Costa pela utilização do PRR nos discursos de campanha. A Comissão Nacional de Eleições (CNE) já recebeu cerca de meia dúzia de queixas de …