Dois membros do “La Manada” condenados a mais três anos de prisão

Kai Foersterling / EPA

Milhares de pessoas protestaram em várias cidades espanholas contra a sentença do caso “La Manada”

A Justiça espanhola condenou, esta quarta-feira, dois dos cinco membros do grupo “La Manada” a três anos e três meses de prisão e a uma multa de 5.670 euros por terem gravado a violação.

Os cinco membros do grupo conhecido como “La Manada” já estão a cumprir uma pena de 15 anos de prisão por violação de uma jovem de Madrid durante as festas de São Firmino, de Pamplona, no verão de 2016.

Os dois elementos hoje condenados tinham sido absolvidos, em abril de 2018, do crime de gravação, mas o Tribunal Superior de Justiça de Navarra ordenou que o caso fosse reexaminado, o que teve como consequência a resolução emitida hoje que acrescenta às condenações iniciais por violação.

Os dois réus condenados gravaram sete vídeos e tiraram duas fotografias do crime executado por eles e pelos restantes três réus a 7 de julho de 2016, em Pamplona, segundo o Tribunal Superior de Justiça de Navarra.

Na sentença, que é passível de recurso, os magistrados impuseram as penas máximas de prisão requeridas pelas acusações.

O Supremo Tribunal espanhol decidiu, em junho passado, aumentar de nove para 15 anos de prisão a condenação dos cinco homens.

Na altura, o Supremo aumentou a pena de nove anos que tinha sido aplicada anteriormente por um tribunal da comunidade autónoma de Navarra, considerando que o caso “não pode constituir um delito de abuso sexual, mas sim um delito de violação“.

A decisão do tribunal superior espanhol encerrava um caso que se tornou conhecido em todo o mundo por ter ocorrido durante as famosas festas de São Firmino, em Pamplona, capital de Navarra, com largada de touros no centro da cidade.

A mobilização social que o caso provocou levou o Governo socialista espanhol a avançar, em julho de 2018, com uma proposta de reforma do Código Penal para que qualquer ato de violência sexual seja considerado uma violação se não houver um “sim” explicito da mulher.

“Se uma mulher não disser ‘sim’ de forma explícita, tudo o resto é ‘não’. É assim que será preservada a sua autonomia, a sua liberdade, o respeito à pessoa e a sua sexualidade”, disse a vice-primeira-ministra e ministra da Igualdade, Carmen Calvo.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ativistas do Greenpeace pendurados no edifício da União Europeia

Cerca de 30 ativistas do Greenpeace escalaram esta quinta-feira em protesto o edifício da União Europeia, em Bruxelas, onde decorre o Conselho Europeu e será discutido o combate ao aquecimento global. Depois de chegarem num carro …

"Fui muito feliz". Gaitán admite que gostava de voltar ao Benfica

O internacional argentino, que saiu do Benfica há três anos, admitiu em entrevista que gostava de voltar a jogar pelos encarnados. "Claro que gostaria, fui muito feliz no Benfica, senti-me muito confortável no clube. Mas também …

Harvey Weinstein perto de chegar a acordo de 22 milhões de euros com vítimas

O produtor, acusado de vários casos de abusos sexuais a atrizes e funcionárias, terá chegado a um acordo de 22 milhões de euros com 30 atrizes que o processaram. O acordo exige a aprovação do tribunal …

"A minha militância é já longa, nunca tive padrinhos" na política, diz Miguel Pinto Luz

O candidato à liderança do Partido Social Democrata (PSD), Miguel Pinto Luz, disse que o financiamento para a campanha vem de si próprio e de outros militantes. Afirmou que não recusa apoios de quem quer …

Nu num cavalo branco e de saltos altos. Retrato de Emiliano Zapata gera indignação no México

Centenas de manifestantes invadiram o Palácio de Belas Artes do México, na passada terça-feira, por causa de um retrato do general Emiliano Zapata (1879-1919), considerado um herói revolucionário no país. A obra, pintada pelo artista …

Felipe VI designa Sánchez como candidato a formar o próximo Governo

O Rei de Espanha designou, esta quarta-feira, em Madrid, o secretário-geral do PSOE e primeiro-ministro em funções como candidato a chefe do próximo Governo, anunciou a presidente do Parlamento. "Sua majestade o Rei [...] comunicou-me a …

No Porto, há um painel publicitário que recicla tanto ar como 230 árvores

O painel publicitário da Volvo, instalado na fachada de um prédio entre a Avenida da Boavista e a Rua 5 de Outubro, no Porto, é mais do que publicidade. A tela ajuda a reciclar o …

Governo recua e deixa cair proposta sobre perda de férias em caso de baixa prolongada

O Governo recuou e deixou cair a proposta apresentada aos sindicatos que previa que os funcionários públicos mais antigos que estivessem de baixa prolongada perdessem dias de férias, disse esta quarta-feira o líder da Fesap, …

Marta Temido recusa ser "refém" de Centeno e anuncia maior concentração de Urgências até ao verão de 2020

"Eu nunca me senti refém [de Mário Centeno]. Tenho alguma dificuldade nessa leitura. Este reforço de meios também permitirá injetar mais confiança no sistema e criar respostas. Mas não considero que tenho estado refém do …

IVA da luz. Proposta do Governo foi afastada há um ano porque "não tinha enquadramento legal"

Em 2018, o Bloco de Esquerda apresentou a proposta da taxa reduzida do IVA da luz para um primeiro escalão de consumo. O Governo não fez o pedido a Bruxelas - como fez agora -, …