Vai ser libertada a jovem condenada a prisão perpétua por matar o homem que a violou

A norte-americana Cyntoia Denise Brown, que foi condenada a prisão perpétua aos 16 anos, depois de ter matado o homem que a comprou para fazer sexo, vai ser libertada ao cabo de 15 anos atrás das grades, fruto do perdão do Governador do Tennessee.

O Governador do Tennessee, Bill Haslam, concedeu a clemência a Cyntoia Denise Brown que sairá da prisão em liberdade condicional a 7 de Agosto deste ano, depois de cumprir 15 anos de prisão, conforme avança a CNN.

“Esta decisão surge depois de uma reflexão minuciosa sobre o que é um caso trágico e complexo”, salienta a nota divulgada pelo Governador à comunicação social.

“Cyntoia Brown cometeu, segundo a sua própria confissão, um crime horrível aos 16 anos de idade”, contudo, “impor a prisão perpétua a uma jovem que precisaria de cumprir, pelo menos, 51 anos antes de ser elegível para a consideração da [liberdade] condicional, seria demasiado duro, especialmente à luz dos passos extraordinários que tomou para reconstruir a sua vida”, justifica o Governador.

“A transformação deve ser acompanhada pela esperança”, defende ainda Bill Haslam.

O caso de Cyntoia Brown foi notícia por todo o mundo e despertou a atenção de celebridades como a cantora Rihanna, a actriz Ashley Judd, a comediante Amy Schumer e a socialite Kim Kardashian que intercederam em nome da libertação da mulher que agora tem 30 anos.

Vários advogados do Tennessee, bem como congressistas envolveram-se igualmente no caso que é retratado no documentário “Me Facing Life: Cyntoia’s Story”, lançado em 2011.

Cyntoia Brown matou Johnny Mitchell Allen em 2004, com um tiro na cabeça, enquanto ele dormia. Durante o julgamento, a jovem teve que justificar o facto de ter roubado dinheiro e armas ao homem.

Ela alegou que o matou em auto-defesa, temendo voltar de mãos a abanar para o proxeneta que a vendeu a Allen e que tinha como alcunha “Cut Throat” (Cortador de Gargantas na tradução para Português). A acusação defendeu a tese do roubo como móbil do crime.

Ela acabou condenada pelos crimes de roubo e homicídio.

Na prisão, Cyntoia Brown tirou um curso superior que terminou em 2015, e planeia agora abrir uma organização sem fins lucrativos para ajudar jovens que vivem situações de exploração sexual semelhantes à que viveu.

SV, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Empresa portuguesa quer produzir alface em câmaras frigoríficas (e podem ser levadas para Marte)

A empresa Grow to Green promete que vai produzir alimentos indoor. É possível gastar menos 98% de água na produção de alface, o que permite cultivá-lo diretamente no supermercado, no deserto ou, quem sabe um …

May rejeita novo referendo, apresenta Plano B do Brexit e pede ajuda à oposição

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, rejeitou esta segunda-feira convocar um segundo referendo sobre o Brexit e afirmou que espera voltar a debater com a União Europeia o controverso plano de salvaguarda elaborado para …

Porto vende 35 mil francesinhas por dia (e os turistas adoram)

O Porto vende pelo menos 35 mil francesinhas por dia nos mais de 700 cafés e restaurantes da cidade, o que significa que por mês há cerca de um milhão daquelas sanduíches especiais a serem …

China limita número de alpinistas autorizados a escalar Everest

O número total de alpinistas que tentam alcançar o topo do Everest, a 8.850 metros de altitude, a partir do norte, serão limitados a menos de 300, e a temporada de escalada será restringida à …

Rede francesa de solidariedade acolhe brasileiros que queiram fugir de Bolsonaro

Solidarité Brésil é o nome da iniciativa, lançada esta sexta-feira, em Paris, que tem como objetivo ajudar estudantes, artistas ou intelectuais que se sintam ameaçados no Brasil de Jair Bolsonaro. Podem ser estudantes, investigadores, artistas, professores, …

Todos os dias cinco portugueses tornam-se britânicos

Todos os dias, em média, cinco emigrantes portugueses tornam-se britânicos. Só entre janeiro de 2017 e setembro de 2018, 2.655 emigrantes no Reino Unido conseguiram obter cidadania britânica, número que supera o total de autorizações …

O maior encontro religioso do mundo leva 150 milhões de pessoas à Índia

Até 04 de março, são esperados na cidade indiana Allahabad cerca de 150 milhões de peregrinos, que buscam proteção e purificação nas águas que cruzam os rios sagrados Ganges, Yamuna e Saraswati, durante aquele que é …

Ciclistas indignados com anúncio que mostra bicicleta a ser abalroada

Um anúncio de publicidade do Continente em que um ciclista é abalroado por um automóvel está a gerar indignação. A Federação Portuguesa de Ciclismo já pediu a retirada do anúncio e apresentou queixa à Entidade …

Hoje, Wall Street parou. É dia de Martin Luther King Jr

Desde 1986 que se realiza, nos EUA, na terceira segunda-feira de janeiro, o dia de Martin Luther King Jr., um feriado federal. A bolsa de Nova York estará encerrada, assim como a maior parte das …

Vaticano acusado de conhecer má conduta de bispo argentino desde 2015

O Vaticano recebeu informações entre 2015 e 2017 de que um bispo argentino próximo do papa exibia um comportamento "obsceno" e foi acusado de má conduta com seminaristas, segundo um religioso citado pela Associated Press. As …