Vai ser libertada a jovem condenada a prisão perpétua por matar o homem que a violou

A norte-americana Cyntoia Denise Brown, que foi condenada a prisão perpétua aos 16 anos, depois de ter matado o homem que a comprou para fazer sexo, vai ser libertada ao cabo de 15 anos atrás das grades, fruto do perdão do Governador do Tennessee.

O Governador do Tennessee, Bill Haslam, concedeu a clemência a Cyntoia Denise Brown que sairá da prisão em liberdade condicional a 7 de Agosto deste ano, depois de cumprir 15 anos de prisão, conforme avança a CNN.

“Esta decisão surge depois de uma reflexão minuciosa sobre o que é um caso trágico e complexo”, salienta a nota divulgada pelo Governador à comunicação social.

“Cyntoia Brown cometeu, segundo a sua própria confissão, um crime horrível aos 16 anos de idade”, contudo, “impor a prisão perpétua a uma jovem que precisaria de cumprir, pelo menos, 51 anos antes de ser elegível para a consideração da [liberdade] condicional, seria demasiado duro, especialmente à luz dos passos extraordinários que tomou para reconstruir a sua vida”, justifica o Governador.

“A transformação deve ser acompanhada pela esperança”, defende ainda Bill Haslam.

O caso de Cyntoia Brown foi notícia por todo o mundo e despertou a atenção de celebridades como a cantora Rihanna, a actriz Ashley Judd, a comediante Amy Schumer e a socialite Kim Kardashian que intercederam em nome da libertação da mulher que agora tem 30 anos.

Vários advogados do Tennessee, bem como congressistas envolveram-se igualmente no caso que é retratado no documentário “Me Facing Life: Cyntoia’s Story”, lançado em 2011.

Cyntoia Brown matou Johnny Mitchell Allen em 2004, com um tiro na cabeça, enquanto ele dormia. Durante o julgamento, a jovem teve que justificar o facto de ter roubado dinheiro e armas ao homem.

Ela alegou que o matou em auto-defesa, temendo voltar de mãos a abanar para o proxeneta que a vendeu a Allen e que tinha como alcunha “Cut Throat” (Cortador de Gargantas na tradução para Português). A acusação defendeu a tese do roubo como móbil do crime.

Ela acabou condenada pelos crimes de roubo e homicídio.

Na prisão, Cyntoia Brown tirou um curso superior que terminou em 2015, e planeia agora abrir uma organização sem fins lucrativos para ajudar jovens que vivem situações de exploração sexual semelhantes à que viveu.

SV, ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • Então as pessoas que estão escravas como esta rapariga estava estão autorizadas a matar terceiros enquanto dormem, e ficar impunes, porque não matou ela o chulo que a escravizava? Porque não fugiu e pediu ajuda às autoridades.
      Ainda que não concorde que o “cliente” fosse totalmente inocente ou bom carácter, pois a prostituição é ilegal nos EUA, não posso concordar também que tenha merecido a morte, só por que a rapariga tinha medo de levar pouco dinheiro para o chulo naquele dia. E se a história se repetisse todos os dias? Seria uma serial killer
      coitadinha?

RESPONDER

Afinal, o esparguete à bolonhesa não existe

Quando se trata de refeições italianas clássicas, a maioria das pessoas pensa em pratos simples como uma pizza Margherita, lasanha e esparguete à bolonhesa. Contudo, segundo Virginio Merola, presidente de Bolonha, em Itália, o esparguete à bolonhesa …

Javalis tomaram o lugar dos coelhos. "Muitos animais estão doentes"

Para já, não há perigo de saúde pública, mas os javalis carregam doenças que podem passar a outros animais. Se antes se matavam mil coelhos, abatem-se agora 10 javalis. Jacinto Amaro, presidente da Fencaça - Federação …

Maduro prepara reestruturação do Governo venezuelano

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu aos ministros do seu Governo que ponham os seus cargos à disposição, a fim de impulsionar uma "reestruturação profunda" do Executivo. O anúncio foi feito este domingo através do …

"Cojones" de Ronaldo valem-lhe processo disciplinar da UEFA

A UEFA abriu um processo disciplinar a Cristiano Ronaldo pelo seu festejo na vitória por 3-0 frente ao Atlético Madrid. O gesto ousado do português após marcar o terceiro golo na partida foi uma resposta …

Olimpíadas de Tóquio terão robôs a ajudar pessoas em cadeira de rodas

As Olimpíadas de Tóquio, que decorrem em 2020, podem vir a ficar conhecidas como os "Jogos dos Robôs", devido aos robôs que serão usados ​​no novo Estádio Nacional para ajudar os apoiantes em cadeiras de …

Banco de Portugal quer obrigar bancos a reduzir custos de transferências imediatas

O Banco de Portugal quer que a banca implemente práticas que reduzam o preço das transferências imediatas, de forma a aumentar a sua adoção. Estas são transações monetárias de uma conta para outra, efetuadas num …

Holanda investiga morte de milhares de doentes mentais na II Guerra Mundial

A Holanda vai investigar as circunstâncias em que milhares de pessoas com incapacidades e doenças mentais morreram nos hospitais psiquiátricos do país na II Guerra Mundial, um número que é desconhecido, divulgou a imprensa local. "Não …

Roubo, sequestro e violação. PJ descortinou 210 crimes inventados nos últimos cinco anos

Nos últimos cinco anos, a Polícia Judiciária descortinou que 210 investigações lançadas após denúncias de alegados lesados eram, na verdade, invenções. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia, os delitos mais …

Número de mortos pela passagem do ciclone Idai por África aumentou para 200

O número de vítimas mortais devido à passagem do ciclone Idai por Moçambique, Zimbabué e Malaui subiu para 200, de acordo com dados divulgados este domingo pela Organização das Nações Unidas (ONU). No Zimbabué, o número …

Durante uma semana, Lisboa vai ter passe de transportes a 10 euros

Os transportes da Área Metropolitana de Lisboa (AML) vão ter no mês de abril um passe com o preço de 10 euros e validade de sete dias para assegurar o período transitório da implementação do …