Croácia vs Inglaterra | classe croata garante final

A Croácia fez História no Mundial 2018 e apurou-se para a sua primeira final da competição.

A formação dos Balcãs até começou mal o jogo das meias-finais contra Inglaterra, com um golo sofrido logo a abrir, mas depressa assumiu o comando das operações, com a sua impecável circulação de bola à qual os ingleses não conseguiram reagir.

No segundo tempo os croatas empataram e, no prolongamento, deram expressão numérica no resultado à superioridade demonstrada em todo o jogo. Agora, segue-se a França, no domingo, pelas 16h00.

O jogo não poderia ter começado melhor para Inglaterra. Logo aos cinco minutos, Kieran Trippier converteu de forma irrepreensível um livre directo em zona frontal para um golo espectacular. Isto logo no primeiro remate, quando nenhuma das equipas havia ainda justificado uma vantagem.

A Croácia viu-se obrigada a partir para o ataque e assumir o jogo, algo a que está habituada a fazer, independentemente das circunstâncias. E fê-lo com alguma competência, chegando ao intervalo com mais bola (53% de posse) e mais dois remates, mas os mesmos enquadrados que a Inglaterra.

Luka Modric era o “maestro” do jogo croata, mas faltava profundidade ao seu jogo, algo que sobrava do outro lado. Nas transições rápidas, os britânicos foram criando perigo, embora apenas o golo de Trippier contasse ao descanso. O lateral inglês era o melhor em campo nesta altura, com um rating de 7.1.

A formação dos Balcãs não desistiu, apesar da patente falta de espaços para criar perigo. Mas aos poucos foi empurrando a Inglaterra para a sua grande área.

Quando registava 70% de posse de bola no segundo tempo chegou mesmo ao empate, decorria o minuto 68. Sime Vrsaljko cruzou da direita e Ivan Perisic foi mais rápido a reagir que a defesa inglesa, desviando com o pé esquerdo. E aos 72, o avançado acertou no ferro da baliza de Jordan Pickford. A Croácia estava claramente por cima.

Apesar de ter conseguido estancar um pouco da pressão ofensiva croata mais para o fim do tempo regulamentar, a verdade é que, na segunda parte, os ingleses nunca mais conseguiram controlar o jogo, dando ideia de que poderiam sofrer um golo a qualquer momento. E nem as transições saíam a preceito. Porém, conseguiram segurar o empate e levar a partida para prolongamento.

Porém, a melhor equipa em campo era mesmo a Croácia, que continuou a mandar no jogo. E, já no segundo tempo do prolongamento, aos 109 minutos, os croatas marcaram mesmo.

Perisic cruzou da esquerda e Mario Mandzukic surgiu na grande área a desviar para o fundo da baliza de Pickford. O desfecho lógico, sustentado pelos números: 55% de posse de bola, o dobro dos remates dos ingleses, muito mais disparos enquadrados, as duas únicas ocasiões flagrantes do jogo e muito futebol.

O melhor em campo foi Ivan Perisic. O avançado do Inter fez o golo do empate e a assistência para o tento decisivo no prolongamento, terminando a partida com um GoalPoint Rating de 7.7. O herói croata registou ainda sete remates, três passes para finalização (dos quais duas ocasiões flagrantes) e realizou nove cruzamentos, embora apenas um eficaz.

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

"Toupeira" do Insight está a mover-se novamente

O módulo Insight da agência espacial norte-americana (NASA) usou o seu braço robótico para ajudar a sua sonda de calor, conhecida como "toupeira", a cavar quase 2 centímetros na semana passada. Embora modesto, este movimento …

A maioria das bruxas eram mulheres, porque a caça às bruxas servia para perseguir os fracos

Ao longo da história, "caça às bruxas" sempre foi um termo usado para ridicularizar tudo, desde investigações de agressões sexual a alegações de corrupção. Quando nos referimos a bruxas, geralmente não estamos a falar de mulheres …

Benfica 2 vs 1 Lyon | Merci beaucoup, monsieur Lopes!

O Benfica somou os primeiros três pontos na Liga dos Campeões 19/20, ao bater o Lyon por 2-1 em casa. Os “encarnados” entraram a vencer bem cedo, ameaçaram sucumbir à reacção visitante, mas, a cinco minutos …

Um ano depois do colapso, a ponte de Génova começa a ganhar uma nova vida

Génova está a reconstruir a ponte que, no ano passado, desabou e provocou 43 mortos. O novo projeto vai ter um caminho pedonal e um parque memorial para homenagear as vítimas deste desastre. No dia 14 …

"Capa de invisibilidade". Novo material permite ocultar objetos

A empresa canadiana fabricante de uniformes de camuflagem para militares, HyperStealth Biotechnology, anunciou quatro pedidos de patente, todos relacionados com o Quantum Stealth. O material também é chamado de "capa de invisibilidade". O inventor dos quatro …

Jovem português quer ser o primeiro a dar a volta ao mundo numa moto de 125cc

O jovem português com o recorde de primeiro do mundo a percorrer a América do Sul numa moto de 125 centímetros cúbicos (cc) anunciou hoje que em 2020 tentará registar a mais longa volta ao …

Um grupo de manifestantes cantou o Baby Shark para acalmar um bebé durante um protesto no Líbano

No meio de uma das maiores manifestações do Líbano dos últimos cinco anos, uma mãe avisou os participantes do protesto que o seu filho estava assustado. A reação do grupo de manifestantes foi inesperada. Robin, de …

Tame Impala preparam lançamento de novo álbum

Ao que tudo indica, os Tame Impala preparam-se para lançar um novo álbum ainda este ano. As suspeitas surgem após a banda ter partilhado uma espécie de teaser no seu site oficial. Os Tame Impala divulgaram …

União Europeia favorável a nova extensão do Brexit mas ainda sem resposta para Londres

Os 27 Estados-membros da União Europeia são favoráveis a um novo adiamento do ‘Brexit’, solicitado pelo governo britânico, mas ainda discutem a sua extensão e as conversações prosseguirão no final da semana, revelaram fontes europeias. O …

A maior família do Reino Unido vai crescer. Vem aí o 22º filho

A família Radford, conhecida como a maior do Reino Unido, anunciou através de um vídeo no YouTube que estão à espera do 22.º filho. A família Radford vive em Morecambe, Inglaterra, e anunciou através do seu …