Consumo moderado de álcool também aumenta o risco de cancro

A maioria dos europeus não está ciente de que consumir bebidas alcoólicas, mesmo que moderadamente, aumenta os riscos de se vir a sofrer de sete tipos de cancro. É este o alerta que surge num relatório da União Europeia de Gastroenterologia.

A associação entre álcool e cancro é um grave problema de saúde pública na Europa, avisa o presidente da União Europeia de Gastroenterologia (UEG), Michael Manns, em declarações divulgadas pelo jornal El País, no âmbito da divulgação de um relatório que alerta para a situação.

“Apesar de todas as tentativas da Europa de combater o impacto do álcool na saúde, a quantidade de álcool consumido nos países da União Europeia é maior do que no resto do mundo e a incidência de muitos cancros digestivos, relacionados com o álcool, está em crescendo”, lamenta este responsável.

A UEG realça no documento citado pelo El País, que consumir uma bebida alcoólica por dia já eleva o risco de se sofrer cancro do esófago e consumir duas bebidas diariamente aumenta em 21% as possibilidades de aparecimento do cancro colo-rectal.

As mulheres que tomam mais de um copo de vinho ou de cerveja por dia aumentam o risco de cancro da mama, aponta ainda a UEG.

O consumo de duas a quatro bebidas alcoólicas diariamente está associado com sete tipos de cancro digestivo, enquanto que o abuso de álcool é responsável por metade dos cancros de fígado na Europa, conforme dados da UEG.

A entidade alerta também que os grandes bebedores de álcool arriscam de forma alarmante vir a sofrer de cancro do pâncreas, um dos mais mortais tipos da doença.

O relatório divulgado pela UEG é uma forma de alertar as consciências para um problema que muitos europeus desconhecem e que é altamente oneroso, em termos de saúde pública. Simultaneamente é uma chamada de atenção aos Governos da União Europeia para que tomem medidas concretas, tal como fizeram com o tabaco.

“As pessoas estão habituadas a zonas livres de fumo, pelo que não é inconcebível que o mesmo suceda com o álcool, reduzindo assim a acessibilidade, os níveis de consumo e a incidência de cancro digestivo”, refere no relatório da UEG a especialista em cancro do esófago Rebecca Fitzgerald, do Hospital Addenbrooke de Cambridge, no Reino Unido.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “Consumo moderado de álcool também aumenta o risco de cancro”

    Então não me afeta… não bebo moderadamente.

  2. estranho que nao falam nas idades ? grande parte da populaçao vai morrer um dia,de algum cancro ! mesmo aqueles que nao fumam ,bebem ou comem carne vermelha,açucar etc

RESPONDER

Argentina levanta restrições na capital. Rússia regista recorde de mortes diárias e aumenta contenção

A Argentina prorrogou esta semana as medidas para combater a pandemia de covid-19 nas zonas mais afetadas do país, ao mesmo tempo que prossegue a reabertura na capital, onde os casos têm vindo a diminuir. Desde …

Maioria dos portugueses defende Orçamento viabilizado à esquerda (e rejeita demissão do Governo)

Uma sondagem da Aximage para o Jornal de Notícias e a TSF revela que a maioria dos portugueses - cerca de 60% - defende que o Orçamento de Estado para 2021 (OE2021) seja viabilizado com …

Ministro Manuel Heitor já não está infetado com covid-19

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior já não está infetado com covid-19, depois de ter recebido, esta segunda-feira, um teste com resultado negativo. De acordo com o semanário Expresso, Manuel Heitor recebeu, ao final …

"Só aumentariam as insuficiências". Médicos respondem a carta aberta da Ordem que pede uso dos privados

Um grupo de médicos respondeu à carta aberta assinada pelo atual bastonário da Ordem dos Médicos e quatro ex-bastonários, que defendem uma maior utilização dos serviços de saúde privados para responder à situação gerada pela …

Ensaio clínico de tratamento com anticorpos cancelado por ineficácia

As autoridades norte-americanas decidiriam cancelar um ensaio clínico de um tratamento experimental com anticorpos que estava a ser administrado a doentes hospitalizados com covid-19, justificando que o medicamente não se revelou eficaz na recuperação dos …

Doentes não-covid vão ser encaminhados para setores privado e social

Esta segunda-feira, a ministra da Saúde admitiu que a pressão no Serviço Nacional de Saúde vai aumentar e garantiu que os doentes não-covid-19 que vejam consultas, exames ou cirurgias serem desmarcados serão encaminhados para os …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: "É preciso o guarda-redes estar morto?"

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/v-guimaraes-0-1-sp-braga-o-musical Dérbi. Segundo dérbi nesta sequência de musicais. O primeiro foi entre vizinhos que moram na mesma cidade; agora temos vizinhos que moram na mesma região. O Minho aquece, mesmo no outono, quando estes dois conjuntos se …

A partir de quarta-feira, é obrigatório o uso de máscara em espaços públicos

A partir de quarta-feira, é obrigatório o uso de máscara em espaços públicos e o não cumprimento desta imposição é punido com multas que vão até aos 500 euros, segundo a lei publicada, esta terça-feira, …

Lista de Bruno Costa Carvalho retira-se das eleições do Benfica

Bruno Costa Carvalho retirou a candidatura da lista C às eleições para os órgãos sociais, marcadas para quarta-feira, de forma a "não dividir" o voto da oposição a Luís Filipe Vieira. "Após ponderada reflexão, foi tomada …

Nem 8, nem 80. Centeno alerta para riscos na retirada precoce dos apoios (e do seu prolongamento)

O governador do Banco de Portugal (BdP), Mário Centeno, alertou esta terça-feira para os riscos de retirar de forma "precoce" as medidas de apoio ao emprego e ao crédito, bem como osperigos de os prolongar …