Consumo moderado de álcool também aumenta o risco de cancro

A maioria dos europeus não está ciente de que consumir bebidas alcoólicas, mesmo que moderadamente, aumenta os riscos de se vir a sofrer de sete tipos de cancro. É este o alerta que surge num relatório da União Europeia de Gastroenterologia.

A associação entre álcool e cancro é um grave problema de saúde pública na Europa, avisa o presidente da União Europeia de Gastroenterologia (UEG), Michael Manns, em declarações divulgadas pelo jornal El País, no âmbito da divulgação de um relatório que alerta para a situação.

“Apesar de todas as tentativas da Europa de combater o impacto do álcool na saúde, a quantidade de álcool consumido nos países da União Europeia é maior do que no resto do mundo e a incidência de muitos cancros digestivos, relacionados com o álcool, está em crescendo”, lamenta este responsável.

A UEG realça no documento citado pelo El País, que consumir uma bebida alcoólica por dia já eleva o risco de se sofrer cancro do esófago e consumir duas bebidas diariamente aumenta em 21% as possibilidades de aparecimento do cancro colo-rectal.

As mulheres que tomam mais de um copo de vinho ou de cerveja por dia aumentam o risco de cancro da mama, aponta ainda a UEG.

O consumo de duas a quatro bebidas alcoólicas diariamente está associado com sete tipos de cancro digestivo, enquanto que o abuso de álcool é responsável por metade dos cancros de fígado na Europa, conforme dados da UEG.

A entidade alerta também que os grandes bebedores de álcool arriscam de forma alarmante vir a sofrer de cancro do pâncreas, um dos mais mortais tipos da doença.

O relatório divulgado pela UEG é uma forma de alertar as consciências para um problema que muitos europeus desconhecem e que é altamente oneroso, em termos de saúde pública. Simultaneamente é uma chamada de atenção aos Governos da União Europeia para que tomem medidas concretas, tal como fizeram com o tabaco.

“As pessoas estão habituadas a zonas livres de fumo, pelo que não é inconcebível que o mesmo suceda com o álcool, reduzindo assim a acessibilidade, os níveis de consumo e a incidência de cancro digestivo”, refere no relatório da UEG a especialista em cancro do esófago Rebecca Fitzgerald, do Hospital Addenbrooke de Cambridge, no Reino Unido.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “Consumo moderado de álcool também aumenta o risco de cancro”

    Então não me afeta… não bebo moderadamente.

  2. estranho que nao falam nas idades ? grande parte da populaçao vai morrer um dia,de algum cancro ! mesmo aqueles que nao fumam ,bebem ou comem carne vermelha,açucar etc

RESPONDER

Banco Alimentar recolhe 1.605 toneladas de alimentos no fim de semana

O Banco Alimentar contra a Fome recolheu 1.605 toneladas de alimentos durante o fim de semana da campanha nacional que decorreu em mais de duas mil superfícies comerciais, anunciou a presidente do Banco Alimentar contra …

Sérgio Conceição apontado à Lazio

A imprensa italiana aponta esta segunda-feira o treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, à Lazio. O técnico português, recorde-se, passou pelo emblema italiano em duas ocasiões como jogador de futebol. O jornal italiano Il Messaggero adianta …

Filial portuguesa de multinacional alemã envolvida em subornos em Angola

A sucursal portuguesa em Angola da multinacional alemã Fresenius Medical Care, que actua na área médica, esteve envolvida num esquema de pagamento de subornos a médicos e militares angolanos que renderam 124 milhões de euros …

CGD acaba com empresa que criou há quase 20 anos com a PT

Criada há quase 20 anos pela Caixa Geral de Depósitos (CGD) e pela Portugal Telecom (PT), a Caixanet foi liquidada no início deste ano, bem como a Caixa Tec e a Sogrupo, duas outras empresas …

MB Way. Bancos "fecham" aplicação para cobrar comissões diferenciadas nas transferências

Em pleno arranque do 'open banking', os bancos estão a substituir a aplicação MB Way por soluções próprias que "amarram" os clientes, com o propósito de cobrar comissões diferenciadas nas transferências através do telemóvel. Segundo noticiou …

A abstenção venceu. É a mais alta de sempre

A abstenção foi a grande figura das eleições europeias deste domingo, tendo 68,7% dos portugueses optado por não votar. A abstenção em Portugal voltou a atingir um novo recorde, enquanto que a taxa de participação …

Neurocirurgia do Hospital de São João deixa os contentores ao fim de 12 anos

O novo serviço de neurocirurgia do Hospital de S. João, no Porto, está a funcionar desde este sábado. Ao fim de 12 anos, os serviços de neurocirurgia do Hospital de S. João, no Porto, deixaram de …

Derrota histórica para o PSD. O PS resiste, o Bloco chega-se à frente e o PAN estreia-se

A derrota do PSD, com uma desvantagem de mais de 10 pontos percentuais sobre o PS que foi o vencedor da noite eleitoral, o reforço do Bloco de Esquerda como a terceira força política e …

Sindicalista que parou o país vai representar seguranças privados

O vice-presidente do Sindicato Nacional de Motoristas e Matérias Perigosas (SNMMP), Pedro Pardal Henriques, vai acumular este cargo com a vice-presidência de um outro sindicato, o Sindicato de Segurança e Vigilantes de Portugal (SSVP), que …

Uber, táxis e Tuk-Tuk vão estar na mira da GNR

Os Ubers, táxis e Tuk-Tuk vão estar na mira da GNR que inicia, esta segunda-feira, uma operação de fiscalização intensiva aos transportes individuais de passageiros em todo o país. A fiscalização do licenciamento e a certificação …