Consumo moderado de álcool também aumenta o risco de cancro

A maioria dos europeus não está ciente de que consumir bebidas alcoólicas, mesmo que moderadamente, aumenta os riscos de se vir a sofrer de sete tipos de cancro. É este o alerta que surge num relatório da União Europeia de Gastroenterologia.

A associação entre álcool e cancro é um grave problema de saúde pública na Europa, avisa o presidente da União Europeia de Gastroenterologia (UEG), Michael Manns, em declarações divulgadas pelo jornal El País, no âmbito da divulgação de um relatório que alerta para a situação.

“Apesar de todas as tentativas da Europa de combater o impacto do álcool na saúde, a quantidade de álcool consumido nos países da União Europeia é maior do que no resto do mundo e a incidência de muitos cancros digestivos, relacionados com o álcool, está em crescendo”, lamenta este responsável.

A UEG realça no documento citado pelo El País, que consumir uma bebida alcoólica por dia já eleva o risco de se sofrer cancro do esófago e consumir duas bebidas diariamente aumenta em 21% as possibilidades de aparecimento do cancro colo-rectal.

As mulheres que tomam mais de um copo de vinho ou de cerveja por dia aumentam o risco de cancro da mama, aponta ainda a UEG.

O consumo de duas a quatro bebidas alcoólicas diariamente está associado com sete tipos de cancro digestivo, enquanto que o abuso de álcool é responsável por metade dos cancros de fígado na Europa, conforme dados da UEG.

A entidade alerta também que os grandes bebedores de álcool arriscam de forma alarmante vir a sofrer de cancro do pâncreas, um dos mais mortais tipos da doença.

O relatório divulgado pela UEG é uma forma de alertar as consciências para um problema que muitos europeus desconhecem e que é altamente oneroso, em termos de saúde pública. Simultaneamente é uma chamada de atenção aos Governos da União Europeia para que tomem medidas concretas, tal como fizeram com o tabaco.

“As pessoas estão habituadas a zonas livres de fumo, pelo que não é inconcebível que o mesmo suceda com o álcool, reduzindo assim a acessibilidade, os níveis de consumo e a incidência de cancro digestivo”, refere no relatório da UEG a especialista em cancro do esófago Rebecca Fitzgerald, do Hospital Addenbrooke de Cambridge, no Reino Unido.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “Consumo moderado de álcool também aumenta o risco de cancro”

    Então não me afeta… não bebo moderadamente.

  2. estranho que nao falam nas idades ? grande parte da populaçao vai morrer um dia,de algum cancro ! mesmo aqueles que nao fumam ,bebem ou comem carne vermelha,açucar etc

RESPONDER

"Sem padrinhos, nem donos". Líder da JP levanta congresso centrista

O candidato à liderança do CDS Francisco Rodrigues dos Santos arrancou este sábado no congresso centrista, que está a decorrer em Aveiro, a maior ovação dos delegados, com um discurso inflamado, em defesa de um …

Quando chegaram à Europa pela primeira vez, as batatas eram "hereges"

Os espanhóis foram os primeiros europeus a encontrar batatas na América do Sul nos anos 1530. Porém, quando foram trazidas para o Velho Continente, não foram bem recebidas por todos. Depois de terem sido encontradas pelos …

Ano vai ser "inevitavelmente" de contestação social, avisa CGTP

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, disse esta sexta-feira que este ano vai ser “inevitavelmente” de contestação social se o Governo e as empresas continuarem a insistir num modelo de baixos salários. O líder da intersindical …

Maior ameaça ao crescimento português vem de Espanha

Diz o ditado popular que de Espanha nem bom vento, nem bom casamento. Mas, na verdade, o crescimento económico do país vizinho tem contribuído para puxar pela economia portuguesa. Agora, quando se prevê um abrandamento …

Cabo Verde esteve sem Internet durante 24 horas

O arquipélago de Cabo Verde voltou a ter acesso à Internet na tarde desta sexta-feira, cerca de 24 horas depois de uma instabilidade provocada por falhas no fornecedor internacional do serviço. O país tinha ficado sem …

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …

Cristas faz o mea culpa e abandona o congresso. Corrida à sucessão faz-se a cinco

O 28.º congresso nacional do CDS arrancou este no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro com o discurso da líder demissionária Assunção Cristas, que fez uma espécie de mea culpa e agradeceu aos centristas …