Cientistas criam neurónio capaz de reparar lesões na espinal medula

Cientistas dos Instituto Gladstone, nos EUA, criaram, a partir de células estaminais, um tipo especial de neurónio que pode potencialmente reparar lesões da espinal medula, foi hoje divulgado.

Estas células, interneurónios (que se ligam a outro neurónios) “V2a”, transmitem sinais na espinal medula para ajudar a controlar os movimentos. Quando os investigadores transplantaram essas células na espinal medula de cobaias os interneurónios integraram-se nas células existentes.

Os interneurónios “V2a” retransmitem sinais do cérebro para a espinal medula, onde se ligam a neurónios motores que se projetam para os braços e pernas. Assim, dizem os responsáveis do estudo, publicado esta segunda-feira na revista Proceedings of the National Academy of Sciences, os interneurónios percorrem longas distâncias, subindo e descendo a espinal medula para iniciar e coordenar movimentos musculares, bem como a respiração.

Danos nos interneurónios “V2a” podem interromper as ligações entre o cérebro e os membros, o que contribui para a paralisia após lesões na espinal medula.

“Os interneurónios podem redirecionar-se após lesões na espinal medula, o que os torna um alvo terapêutico promissor”, disse um dos autores da investigação, Todd McDevitt.

“O nosso objetivo é reformular os circuitos afetados, substituindo interneurónios danificados para criar novos caminhos para a transmissão do sinal em torno do local da lesão”, adiantou o investigador.

Segundo o estudo, os cientistas produziram pela primeira vez interneurónios “V2a” a partir de células estaminais humanas, criando substâncias químicas, e mais tarde ajustando-as, que gradualmente levavam as células base a desenvolverem os interneurónios.

A principal autora do estudo, Jessica Butts, explicou que o objetivo foi encontrar a forma de levar à produção de interneurónios “V2a” em vez de outro tipo de células neuronais, como neurónios motores.

Nas suas experiências, os cientistas implantaram interneurónios na espinal medula de cobaias saudáveis e verificaram que estes se integraram com as outras células. O próximo passo é, de acordo com os cientistas, transplantar células em cobaias com lesões na espinal medula, para ver se os interneurónios “V2a” se ajustam para restaurar os movimentos afetados pela lesão.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Descoberta a bebida que pode proteger os músculos dos astronautas em Marte (e tem álcool)

Com a tecnologia atual, Marte fica a nove meses da Terra. Mas a verdadeira questão é: quando os astronautas chegarem ao Planeta Vermelho, terão força para continuar? Após mais de 50 anos de voos espaciais tripulados, …

Asteróide Ryugu é semelhante a uma esponja gigante (e pode ter um núcleo denso escondido no interior)

O rover espacial MASCOT conseguiu fazer medições que mostraram que, ao contrário do esperado, o asteróide Ryugu está vazio por dentro e a sua estrutura porosa é semelhante à de uma esponja. A descoberta explica por …

China. Cientistas testam vacina contra a SIDA em seres humanos

Um grupo de cientistas chineses vai testar uma vacina "duradoura" contra o vírus da sida, em 160 voluntários, na primeira vez que uma vacina deste género atinge a segunda fase de testes, segundo a imprensa …

Empresa de Sérgio Ramos multada em 250 mil euros por cortar dezenas de árvores ilegalmente

A cidade de Alcobendas, em Espanha, decidiu em sessão plenária extraordinária multar a empresa Aguileña de Inversiones SA, veiculada ao futebolista Sérgio Ramos, em 250.000 euros devido ao abate ilegal de dezenas de árvores. Segundo escreve a …

Postal enviado de Hong Kong em 1993 chegou aos Estados Unidos esta semana

Uma norte-americano recebeu, esta semana, um postal oriundo de Hong Kong e datado de 1993 em perfeitas condições de preservação. Agora, falta encontrar os verdadeiros destinatários. Tal como conta a emissora norte-americana CNN, a mulher, Kim …

Além de programas e subscritores, Netflix está a perder (sobretudo) confiança

A Netflix apresentou, neste segundo semestre do ano, um crescimento global aquém das expectativas e, pela primeira vez, assistiu a uma perda de subscritores naquele que é o seu principal mercado. Estes resultados não agradaram …

Criança descobre fóssil de crocodilo gigante pré-histórico que habitou Amazónia

O rapaz de onze anos estava a pescar com o pai, nas margens brasileiras do rio Acre, quando descobriu a mandíbula de um crocodilo gigante pré-histórico que habitou a Amazónia há oito milhões de anos. Uma …

Protestos, detidos e estado de emergência. Um super-telescópio está a agitar o Havai

Centenas de manifestantes estão reunidos, na base da montanha Mauna Kea, no Havai, para contestar a construção no seu pico de um super-telescópio, avaliado em mil milhões de dólares. Segundo o Washington Post, os anciãos havaianos, conhecidos …

A Brienne de A Guerra dos Tronos propôs-se a um Emmy. E conseguiu a nomeação

A atriz Gwendoline Christie, que interpreta a cavaleira Brienne of Tarth em A Guerra dos Tronos, propôs-se a um Emmy depois de a produtora HBO não a ter indicado para os maiores prémios da televisão. Christie …

Espiões nos recreios das escolas para ver se as crianças falavam Catalão

O Governo regional da Catalunha autorizou que elementos de uma organização não governamental se introduzissem nos recreios das escolas para aferirem se as crianças e os professores falavam Catalão ou Espanhol. A iniciativa foi levada a …