CGD vai deixar de pagar subsídio de refeição aos trabalhadores em férias

Miguel A. Lopes / Lusa

Paulo Macedo, presidente do Conselho de Administração da CGD.

Paulo Macedo, presidente do Conselho de Administração da CGD.

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) vai deixar de pagar aos trabalhadores o subsídio de refeição durante os dias de férias, de acordo com uma nota interna, disse à Lusa o coordenador da Comissão de Trabalhadores.

A administração da CGD justifica esta decisão com o “cumprimento rigoroso do Acordo de Empresa”, que refere que o subsídio de refeição é pago nos dias de serviço efetivo, segundo Jorge Canadelo da Comissão de Trabalhadores.

O pagamento do subsídio de alimentação não é obrigatório por lei, mas resulta da aplicação dos acordos coletivos ou de acordos de empresa. Em geral, na maioria das empresas, só é pago por dias de trabalho efetivamente prestados.

Contudo, disse Jorge Canadelo, há mais de 40 anos que a CGD acordou com as estruturas representativas dos funcionários pagar subsídio de refeição mesmo em férias, considerando que esta mudança significa desrespeitar “unilateralmente um compromisso ético na área laboral”.

Jorge Canadelo afirmou mesmo que esta medida não parece consonante com o facto de a administração da CGD necessitar do apoio dos trabalhadores para executar o plano de reestruturação do banco público. “Não está um clima social favorável”, acrescentou.

O representante dos trabalhadores explicou que esse acordo foi feito, há mais de 40 anos, para “agilizar o processamento dos subsídios de refeição”, tendo sido acordado que a CGD paga 21 dias de subsídio por mês (uma média acordada entre as partes) e em contrapartida paga o subsídio mesmo nos dias de férias.

“Para nós, estão a tirar um direito adquirido e de uso. Vamos falar com os sindicatos no sentido de que se a CGD não retroceder, de podermos levar para efeitos jurídicos esta questão para que um juiz se pronuncie”, afirmou.

Jorge Canadelo disse ainda que esta medida pode criar uma “desigualdade” face a trabalhadores que no ano passado não gozaram as férias todas, muitas vezes a pedido da empresa, e que ainda não gozaram este ano e que agora serão prejudicados.

A Lusa contactou fonte oficial do Grupo Caixa sobre o tema, mas para já ainda não obteve resposta.

De acordo com a revista Sábado, que avançou a notícia, a valor do subsídio de refeição da CGD é de cerca de 11 euros diários.

// Lusa

16 COMENTÁRIOS

  1. Só na FP é que se vê disto. Então estão de ferias e recebem subsidio de alimentação?? Ainda se queixam… Se formos a analisar bem as situações quem se queixa normalmente é quem está muito melhor do que os outros…

    • Oh, TSDM, quem é que lhe disse que a CGD é FP ?
      Em 40 anos de FP nunca recebi Sub Refeição nas Férias. Nem nas Férias, nem quando estive de baixa.
      Isso é privilégio de Bancários !!!
      Ou vc não consegue distinguir uma coisa da outra?

        • Irritado, SIM !!!!!
          Ser confundido com aquela gente, que desde sempre mamou à grande na teta da Banca, sim é de se ter irritação e, por que não dizer, inveja.
          Empréstimos bancários quase a juro zero, quando o comum mortal pagava 10 e 15%.
          Sub Refeição de 11€ qd na FP não passa os 5€, e com aumentos de 20 cêntimos, não é de se ficar irritado?
          Só Bancários como vc para se sentirem afectados com a minha manifestação de revolta.
          Fique bem, e ajude a Banca a enterrar-se ainda mais !!!!!

      • E você ainda não conseguiu distinguir que apesar dos FP serem privilegiados em relação aos privados que também aí existe diferença de classes e possivelmente você teve azar de ter calhado numa mais feiona.

        • Privilegiados!!!… pois sim… conte-me histórias…
          Mas muita inveja… realmente há por aí…
          E para o caso de não saber… não é uma questão de “classes”… pois e nenhuma FP se recebe tal subsidio em período de férias… ponto…
          Funcionários da CGD, não são FP… por muito que não goste, para poder alimentar mais essa “inveja”… Repetir muitas vezes uma mentira não a torna verdade…

      • Pois… mas há quem não perceba…
        Ou pior ainda… faça de conta que não percebe… na tentativa de perpetuar uma mentira…

  2. É por isto e por muitas outras coisas que somos o “bombo da festa” para pagar todos estes desmandos. Já “mamaram” ao longo destes anos e é preciso ter muita lata para vir reivindicar “direitos” decorrentes de um erro ou de má e errada aplicação do Acordo de Trabalho. Se sempre defendem a não discriminação, porque razão a não a invocaram, quando estavam a ter um tratamento mais favorável ao comum dos trabalhadores??. Mas agora, para salvar a CGD, vamos todos pagar, pelos erros dos outros, embora nunca tenha precisado da CGD para nada.
    Mesmo nos privados quem é que beneficia de um Subsidio de Refeição de 11€/dia?
    Ponha ordem na casa, Dr. Paulo Macedo.

  3. Calma … como é que a esquerda diz …. Temos que ser tolerantes … somos pouco tolerantes… é pena é só serem tolerantes para o lado deles
    Deviam era de ter vergonha na cara, o país está como está por causa desta chulice da FP que só tem direitos e nenhuns deveres, é uma obesidade que apanha o país todo, são milhões que nunca chegam tem que ser sempre mais e mais . É departamentos cheios de chefes, há mais chefes do que funcionários, e tem subsídios para tudo, tal como os do metro 429€ por abrirem e fecharem as portas
    Vão trabalhar para a privada que é para saberem o que é contar só com o ordenado ao fim do mês e cumprir horários. Força Dr. Paulo Macedo ponha ordem na casa

    • ????????????????
      Desde quando é que funcionários da CGD são FP???!!!…
      E desde quando é que um FP tem sequer perto daquele valor de SR???!!!…
      Esclareça-se primeiro antes de dizer barbaridades???!!!…

  4. Isto é que é um autentico desbarato com dinheiros de uma empresa publica. Vergonhoso. Receber subs. alimentação mesmo de férias? Estao a roubar a minha carteira. Chulos, agora andamos nós a pagar este regabofe.

RESPONDER

-

Picada de carraça pode provocar alergia a carne

Com o início do verão, os médicos norte-americanos estão a observar cada vez mais casos de uma rara alergia a carne relacionada com uma picada do carraça estrela solitária- que provoca comichão, inchaço na pele …

Amazon Prime Air Drone

Amazon quer construir "colmeias gigantes" para drones

No passado dia 22 de junho, a Amazon, a gigante do comércio eletrónico, apresentou uma patente para a construção de torres, que se assemelham a colmeias gigantes, capazes de abastecer drones para entrega de produtos. Há …

-

EUA aprovam por lapso projecto-lei que permite às mulheres grávidas matar

No estado americano de Nova Hampshire, deputados republicanos aprovaram por lapso um projecto-lei que permite às mulheres grávidas cometerem homicídios sem qualquer punição. O caso aconteceu na sequência de uma formulação imprecisa no texto do projecto-lei, …

Um objeto de massa planetária, do tamanho de Marte, seria suficiente para produzir as perturbações observadas na distante Cintura de Kuiper.

Objeto misterioso do tamanho de Marte esconde-se no limite do Sistema Solar

Segundo um grupo de astrónomos, um "objeto de massa planetária" desconhecido, ainda por identificar, pode esconder-se nos confins do nosso Sistema Solar. Este objeto será diferente - e também muito mais próximo - do denominado …

Rescaldo do incêndio em Valongo, Pedrogao Grande

Uma semana depois, incêndio de Pedrógão Grande dado como extinto

O incêndio de Pedrógão Grande foi dado como extinto este sábado, a meio da tarde, uma semana depois de ter deflagrado, estando ainda no local cerca de 570 operacionais, segundo fontes da Proteção Civil. "O incêndio …

-

Parlamento britânico foi alvo de um ataque informático

O Parlamento britânico foi alvo na sexta-feira à noite de um ataque informático, revelou hoje o político liberal democrata Chris Rennard, elemento da Câmara dos Lordes (câmara alta), através da rede Twitter. Como consequência, segundo avançou …

-

Seis mortos em deslizamento de terra na China e mais de 100 desaparecidos

Pelo menos seis pessoas morreram num deslizamento de terras na província de Sichuan, no sudoeste da China, e mais de 100 permanecem desaparecidas, segundo os últimos dados fornecidos pelas autoridades locais. A aldeia isolada de Xinmo foi …

-

Bombeiros pedem suspensão da entrega de bens solidários

O presidente da Associação de Bombeiros Voluntários de Pedrógão Grande apelou este sábado para que as pessoas suspendam por "alguns dias" a entrega de ajuda. "É um sufoco. É muita coisa. São toneladas e toneladas de …

-

Portugal goleia Nova Zelândia em jogo de muitas poupanças

Portugal assegurou hoje o primeiro lugar do Grupo A e a passagem às meias-finais da Taça das Confederações de futebol após golear a Nova Zelândia, por 4-0, num encontro em que correu quase tudo bem …

-

Pelo menos 27 edifícios no Reino Unido têm revestimento inflamável

Os inspetores identificaram pelo menos 27 edifícios de propriedade municipal no Reino Unido que não cumprem os requisitos de segurança anti-incêndios por estarem revestidos com material inflamável, informou este sábado o Governo. O Ministério que tutela …