Células sanguíneas podem transformar-se em células cerebrais

A menos que sejamos super heróis, não nos conseguimos transformar em tudo o que queremos. Mas as nossas células sim. Recentemente, uma equipa de cientistas descobriu uma forma de transformar uma célula do sangue num neurónio.

Cientistas descobriram recentemente uma forma de transformar uma célula do sistema imunológico num neurónio – duas células com formas e funções totalmente diferentes. A esperança é que esta técnica possa ajudar os investigadores a estudar o cérebro de um paciente a partir de uma simples amostra de sangue.

“O sangue é uma das amostras biológicas mais fáceis de obter”, disse Marius Wernig, professor de patologia da Universidade de Stanford, em comunicado. “Quase todos os pacientes que vão ao hospital deixam lá uma amostra de sangue, que muitas vezes é congelada e armazenada para ser utilizada em estudos futuros”, continua.

As células estaminais – capazes de se transformar em muitos tipos diferente de células – são o caminho escolhido pelos investigadores quando querem criar uma célula qualquer.

Mas, às vezes, outras células que já se diferenciaram ou atingiram o seu estado maduro (isto é, já se transformaram em células da pele ou células do sangue, por exemplo) podem também transformar-se num tipo de célula completamente diferente. A essa transformação, os cientistas dão o nome de transdiferenciação.

Wernig e a sua equipa de cientistas demonstraram, pela primeira vez, a sua técnica de transdiferenciação num estudo publicado na revista Nature em 2010. A equipa conseguiu converteu células da pele de ratinhos de laboratório em neurónios, sem ser preciso transformá-las em células estaminais.

No entanto, as células da pele tiveram que ser cultivadas em laboratório durante algum tempo, e esse processo poderia originar mutações genéticas que alterariam as células de um humano.

Para evitar esse atraso, os cientistas concentraram-se nas células T – glóbulos brancos que desempenham um importante papel no sistema imunológico. Wernig e a sua equipa descobriram que, com a adição de quatro proteínas, as células T conseguiam transformar-se em neurónios do próprio paciente… e num curto período de tempo.

“É chocante ver como é simples converter células T em neurónios funcionais em apenas alguns dias”, disse Wernig. O estudo foi publicado esta segunda-feira na Proceedings of National Academy of Sciences.

“As células T são células imunológicas muito especializadas, com uma forma arredondada simples. O facto de a transformação em neurónios ser tão rápida é surpreendente”, continuou o cientista.

No futuro, esta técnica pode ser utilizada para estudar os neurónios de um paciente com esquizofrenia ou autismo, de modo a entender as origens da doença e identificar possíveis tratamentos.

Ainda assim, os neurónios criados pelos cientistas não podem formar sinapses maduras – espaços entre os neurónios que são necessários para as células se comunicarem umas com as outras. A equipa espera poder melhorar a técnica.

PARTILHAR

RESPONDER

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …

Guardas da Revolução do Irão prometem vingar morte do general Soleimani

O chefe dos Guardas da Revolução, o exército ideológico do Irão, garantiu hoje que a morte do general Qassem Soleimani, alvo de um raide aéreo dos Estados Unidos, será vingada em “todos os seus implicados”. “Senhor …

"O mundo está no momento mais perigoso da história humana", diz Noam Chomsky

O professor norte-americano Noam Chomsky, conhecido como o pai da linguística moderna, advertiu que o mundo está no momento mais perigoso da história da humanidade devido à crise climática, à ameaça de guerra nuclear e …

Portugal com 849 novas infecções por covid-19. Há 20.722 casos activos

Portugal registou 849 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência de subida verificada nos dias anteriores. Mas o número de pacientes recuperados também não era tão alto desde Julho. O boletim da …

A Grândola Vila Morena abafou "a maior marcha alguma vez vista" do Chega

Com a Praça do Giraldo, em Évora, dividida por barreiras anti-motim, os participantes da concentração "Pela Liberdade" receberam os apoiantes do Chega de André Ventura ao som de "Grândola Vila Morena" e empunhando cravos vermelhos …

Pandemia assola Irão. EUA com mais 888 mortos. 19 países europeus bateram recorde de casos

Naquele que é o número mais elevado de casos diários desde abril, a Alemanha registou 2.297 novos contágios, 19 países europeus já ultrapassaram o recorde de casos do pico da pandemia. O Irão ultrapassou as …

Rangel "é um turista do carago". SMS atestam que Vieira usou Benfica em "benefício pessoal"

Luís Filipe Vieira é um dos acusados da Operação Lex, com o Ministério Público (MP) a alegar que o presidente do Benfica utilizou o clube em "benefício pessoal" para obter uma cunha do juiz Rui Rangel. O …

Farmácias em risco de não ter vacinas da gripe para tantos pedidos

As farmácias privadas receiam não ter doses suficientes de vacina contra a gripe para dar resposta a todos os pedidos. As encomendas da vacina já sãocinco vezes mais do que as registadas em 2019. A preocupação …

É responsabilidade a mais. Médicos não querem integrar Brigadas Rápidas dos lares

Está a ser difícil contratar médicos para as Brigadas de Intervenção Rápida dos lares que foram anunciadas pelo Governo. Mesmo a receberem acima da tabela de pagamentos, os médicos receiam a falta de condições e …