“Vista invejável”. Presidente de Almada diz que ia viver para o Bairro Amarelo “amanhã”

A presidente da Câmara de Almada afirmou esta segunda-feira, na reunião pública ordinária da autarquia, que não se importava de ir viver “amanhã” para o Bairro Amarelo, frisando a sua vista “invejável”.

“Almada tem este privilégio de ter bairros sociais em espaços absolutamente maravilhosos, com uma vista invejável. Qualquer bairro social da margem norte tem inveja. Eu própria amanhã ia viver para o Bairro Amarelo”, afirmou a autarca do Partido Socialista, Inês de Medeiros, citada pelo jornal online Observador.

O Bairro Amarelo, também conhecido como Bairro do PicaPau Amarelo, é um bairro social localizado perto da Costa da Caparica. Segundo o jornal Público, foi considerado um bairro sensível pela PSP devido aos seus problemas de criminalidade recorrentes.

Durante a reunião camarária foi aprovada a alteração simplificada da Reserva Ecológica Nacional no Porto Brandão (Trafaria, Caparica), na zona do Lazareto.

Recorrendo ao Twitter, a bloquista Mariana Mortágua criticou as declarações da autarca.

“A presidente da Câmara de Almada acha que os moradores dos bairros sociais são uns privilegiados pela ‘vista-rio’ e até diz que não se importava de mudar para o Bairro Amarelo. Isto enquanto justifica a aprovação de um hotel de 5 estrelas no Porto Brandão. Qualquer comentário é redundante”, escreveu na rede social.

ZAP ZAP //

 

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Porque é que amanhã e invejável estão escritos entre aspas?? É porque “amanhã” significa ” no dia de São Nunca” e “invejável” significa “de fugir a sete pés”!

  2. A sra Presidente não se importava de viver no bairro amarelo por causa das vistas, mas será que as pessoas vivem só de vistas? Realmente é caso para perguntar quem é que lhe reconheceu perfil para estar à frente de uma autarquia? A culpa não é sua!!
    Continuamos a insistir em fazer deste pais um hotel à beira-mar plantado para mim o que é redundante é esta decisão!

  3. O hotel de 5 estrelas na zona do Lazareto? Esperemos que não seja para aproveitamento do edifício com este nome. Este edifício é histórico e tem muito a ver com a época que estamos a viver. Seria interessante que a autarquia desse a conhecer a sua história. Foi construído com a finalidade de receber doentes que chegavam a Porto Brandão, portadores de doenças infecto contagiosas, vindos por via marítima, e que ali ficavam em quarentena, em instalações adequadas para este fim. A sua cozinha tinha capacidade para preparar mil refeições diárias. O nome Lazareto tem origem em S. Lázaro, protector dos leprosos.

RESPONDER

Três mortos e 441 novos casos em Portugal

Este domingo, Portugal regista mais três mortes e 441 novos casos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o país …

Grande Crise do Ketchup. A pandemia atacou um mercado improvável (e já há um mercado negro para o molho)

Os problemas da cadeia de suprimentos estão a chegar a um canto distante do universo empresarial: os pacotes de ketchup. O ketchup é o molho de mesa mais consumido nos restaurantes dos Estados Unidos, com cerca …

Autoridades brasileiras ilibam João Loureiro

João Loureiro já não é suspeito no processo que envolve a apreensão de um avião com 500 quilos de cocaína, segundo as autoridades brasileiras. As autoridades brasileiras descartaram, este sábado, qualquer ligação do advogado português João …

No Canadá, há dois rios que se encontram (mas não se misturam)

Em Nunavut, no Canadá, há dois rios que se encontram, mas não perdem a sua aparência individual enquanto se movem sinuosamente pela tundra. O Back River flui para o norte em direção ao Oceano Ártico. Ao …

Russos acusados de explosão na República Checa são suspeitos de envenenar Skripal

Os dois suspeitos russos, envolvidos na explosão que matou duas pessoas em 2014 na República Checa, têm os mesmos passaportes que os dois homens acusados de envenenar, com o agente nervoso novichok, o espião Sergei …

Numa cidade na Nova Zelândia, a Páscoa resume-se a exterminar coelhos

Em Alexandra, na região de Otago, os coelhos são considerados pragas, uma espécie que ameaça a biodiversidade do país e a agricultura. Elle Hunt, correspondente do The Guardian em Auckland, na Nova Zelândia, escreveu um artigo …

Reavaliação de barragens da EDP ficou por fazer, depois de Governo ter recuado na decisão

No início do ano passado, o ministério do Ambiente considerou ser necessário reavaliar as barragens da EDP, mas a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e a Parpública disseram não ter competências para fazer a avaliação …

Portugal bateu recorde de vacinação no sábado. Foram administradas 120 mil vacinas

Este sábado, Portugal registou um recorde diário de pessoas vacinadas contra a covid-19. No total, foram administradas 120 mil doses da vacina. De acordo com os números avançados pela task force responsável pelo plano de vacinação, …

Os milionários estão a fugir de Nova Iorque

A cidade de Nova Iorque está a preparar-se para enfrentar para um êxodo dos seus residentes mais ricos após as autoridades terem aprovado um orçamento que fará com que paguem a maior taxa de impostos …

Costa recusa responder a Sócrates. Carlos César reafirma "tristeza" e "raiva"

O primeiro-ministro António Costa recusou responder às críticas feitas por José Sócrates. Carlos César, presidente do PS, reafirma o que disse em 2018. Este sábado, António Costa recusou responder às críticas feitas por José Sócrates e …