Portugal disposto a acolher refugiados sírios bloqueados pela Grécia

A Plataforma de Apoio aos Refugiados (PAR) manifesta a disponibilidade de Portugal para acolher refugiados sírios que foram bloqueados pelas autoridades gregas, depois de a Turquia ter deixado de controlar as suas fronteiras com aquele país. 

A situação na fronteira entre a Grécia e a Turquia complicou-se nas últimas horas, depois o Governo turco ter decidido abrir as portas da Europa aos refugiados sírios. Uma forma de pressão sobre as autoridades internacionais, após os bombardeamentos do regime sírio que vitimaram cerca de 30 soldados turcos na região de Idlib.

A Grécia reagiu à “invasão” de refugiados com força, impedindo a entrada de cerca de milhares de migrantes no país. A situação tensa provocou confrontos entre migrantes e polícias, com arremesso de pedras e de barras de metal e com as autoridades a responderem com gás lacrimogéneo.



Perante a situação complicada, a PAR mostra-se, desde já, disponível a acolher “os requerentes de asilo e refugiados que se encontrem em território grego e a colaborar com o Governo português na identificação de obstáculos e no reforço da capacidade de acolhimento portuguesa”, conforme comunicado enviado às redacções.

A Turquia acolhe no seu território cerca de 3,6 milhões de refugiados sírios. A decisão do governo do país de abrir as portas da Europa a estes refugiados preocupa a PAR que destaca que a “já frágil situação humanitária vivida na Grécia, em especial nas ilhas gregas de Lesbos, Quios Samos e Kos, onde mais de 56 mil pessoas aguardam uma resposta ao seu pedido de asilo”, pode agravar-se ainda mais.

A PAR entende ser “absolutamente urgente” que Portugal reforce a sua capacidade de acolhimento para que possa receber mais refugiados e garantir-lhes uma resposta rápida e digna, podendo isso ser feito através do Acordo Bilateral assinado entre Portugal e a Grécia, em Março de 2019.

“A PAR apela assim, mais uma vez, à efectiva transferência de requerentes e beneficiários de asilo ao abrigo do Acordo Bilateral para Portugal, onde sejam tratados como pessoas e encontrem a paz e a estabilidade que merecem e procuram“, aponta-se no documento.

Segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), cerca de 13 mil pessoas abandonaram o território turco com destino à Grécia, país que se recusa a abrir-lhes as suas portas, prometendo reforçar o controlo das fronteiras.

A PAR ressalva que há famílias acompanhadas de menores e em situação de particular vulnerabilidade, que fogem de perseguições ou que procuram a paz que o seu país não lhes consegue garantir e critica a ausência de uma “resposta europeia concertada à recolocação destas pessoas em território grego pelo espaço comunitário”.

Cerca de 13 mil pessoas estavam no sábado junto da fronteira greco-turca após o Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, ter aberto as fronteiras para deixar passar migrantes e refugiados para a Europa, segundo a OIM.

O Presidente da Turquia adiantou que, nas próximas horas, entre 25 mil e 30 mil pessoas podem tentar chegar à Grécia.

Além de milhões de refugiados sírios, a Turquia acolhe ainda centenas de migrantes e refugiados da Ásia, África e Médio Oriente que usam o país como ponto de trânsito para alcançar a Europa através da Grécia.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

47 COMENTÁRIOS

      • O quizás, aceptar todos los trabajos en el campo y en el Portugal interior, que no aceptan los portugueses, despoblado zonas que luego son pasto de los incendios, por falta de limpieza de bosques, por ejemplo, pero se me ocurren más cosas….aunque en barcelona tengo vecino tan gilipoyas como tu, que dicen lo mismo con los portugueses emigrados que cobran ayudas del estado. La idiotez no tiene frinteras

        • Completamente Miguel!
          E mais, não faças aos outros o que não querem que façam a vocês, isto é o que digo a essas pessoas que reclamam.
          O mundo não devia ter fronteiras pois o mundo é de todos nós!

    • Los mismos que recibe todo Portugués que lo necesita en Barcelona, y no soporto a los gilipoyas que opinan lo mismo que tu , y creen que no tienen derecho por no ser españoles. O no hay 4 millones de portugueses emigrados , en distintas situaciones?

      • Exato! Então pela ordem de ideias desses egoistas, os portugueses também estão a roubar trabalho e dinheiro aos nativos desses países para onde emigram.

      • Miguel, mete-te na tua vida querias ser independente? tens de ser espanhol e aguentar, nota-se um pouco de ódio para com os portugueses, mas voçes não são melhores, aproveita e vai ao médico, e fica tu com os emigrantes.

  1. Não existem empregos para os portugueses, quanto mais para refugiados. Se deixassem de financiar as guerras já não era isto. Mas o negócio das armas é bem rentável para países como Rússia e EUA e outros que produzem armas.

  2. …e ainda: naquelas zonas, África, Médio Oriente a Ásia reproduzem-se como ratos. mesmo sabendo que nem alimentação tem, ou outras condições, continuam a reproduzir-se em doses elevadas e depois a Europa é que tem que aguentar. Os governos desses países deviam promover o controlo de natalidade, mas pelos vistos as ideias deles são baseadas em séculos de fanatismo religioso e obsessivo.

    • Verdade l A situaçao na Siria e culpa dos governos dos EUA , França , Inglaterra , Qatar , Emirados , Arabia Saudita …eles promoveram essa barbarie contra o povo sirio e deveriam arcar com as consequencias .

    • Não é preciso trabalho. Só para aquecer. O que é preciso é casa e comer. E isso dá o Estado, esmifrando os pagadores de impostos até ao tutano.

  3. Primeiro é o lixo da Europa que nós recebemos de braços abertos agora são os refugiados…
    Ninguém os quer, venham para Portugal… Olha que esta m… está boa…
    Estamos ricos!! Há muito emprego !!!
    Vão viver para a casa dos senhores da Plataforma de Apoio aos Refugiados!! Devem ser uma cambada de desocupados que devem só fumar haxixe e liamba..

  4. Que fixe!.. Os Venturinis todos em brasa!.. Ahahah…
    Força todos aí a espumar e a guinchar de frustração e impotência!.. Assim é que ue gosto de vos ver! Chupa!

    • Eu não ficava contente, olha que eu votei ps a agora voto no Ventura mesmo, a esquerda esta e vai perder muitos votos por causa de merdas deste genero. Não venham depois pedir o meu voto de volta.

      • Yo haré lo mismo en Barcelona, para que los portugueses no cobren ayudas públicas , sois 4 millones de emigrados, espero que en todos los países repitan tu discurso.

  5. E lá vamos nós pagar por algo que somos alheios; que tal primeiro cuidar do que se passa em Portugal?

    Porque não resolvemos primeiro os Portugueses que precisam de auxilio? – para os Portugueses não há ação, mas existem verbas e nós os contribuintes temos de pagar para essas pessoas.

    Portugal primeiro!!!

    • Te recuerdo que 3n mi ciudad hay portugueses emigrados que también precisan ayudas públicas pero afortunadamente no pienso co omtu, y estoy contento de que mis impuestos vayan a quien lo necesita. Lo que si, con comentarios como el tuyo quizás deje de ir a dejar dinero a Portugal, pues voy de 4 a 8 veces al año , semanas enteras, solo el año pasado 12 vuelos de tap. Eso si es un problema para Portugal. Si siguen creciendo los fascistas como tu

  6. As mulheres e crianças, são bem vindas, agora os homens que voltem para os paises de origem para defenderem a pátria deles e não serem uns covardes a fugir e não lutarem pelo o que é deles e ainda por cima vêm para cá armarem-se em fortes quando são covardes.

        • É secreta, é… tanto como a tua inteligência…
          Há 16 horas:
          “Síria. Turquia abate terceiro avião do Governo desde domingo e escala tensão com a Rússia”
          ionline.sapo.pt/artigo/687955/siria-turquia-abate-terceiro-aviao-do-governo-desde-domingo-e-escala-tensao-com-a-r-ssia

  7. Sou alemao que vivi 7 anos em portugal. Nao deixam os entrar na vossa pais, apesar claro prefiro que um outro pais os leva em vez da alemanha. Nos somos fartos delles sao so criminosos. Em 2018 tivemos 13.200 abusos sexuais cometidos por esta merda e 56.000 ataques ao nos alemaes , e mais que 300 mortes cometidos por alles. A Merkel ja este ano transferiu 52 .000.000 para Idlib mas estes sao os matadores, sao os grupos do daesh, al nusra… elles masacram os syrios civis em idlib. Tambem so agora a Merkel enviou 32.000.000 ao Erdogan para protegir a fronteira e tal. So e o dinheiro para pagar elle para fazer o Hoton Plan, Kalergi Plan. Elles os zionistas Merkel e judeu como muitos outros na alemanho nos cargos altos, querem eleminar os povos europeus, com misturacao dos povos mulatos, arabes, africanos, para produzir uma raca menos intelligente. Portanto esta gente na fronteira e muito provavelment os soldos do daes fugiram do idlib do russos e tropas sirias para a fronteira para europa. Nos povos europais temos poucissimos crianca e elles na europa os immigrantes 4 criancas e mais. Nos desapareceram todos. Temos de estar juntos com os greegos e fechar a fronteira. E temos da alemanha trazer mais de 3.000000 Ref de volta para afganistao, syria e africa.

    • Mas o que estão estes governantes europeus a fazer pelos países que presidem? Não vêm os exemplos de França e Reino Unido onde eles dominam há vários anos? E depois acusam-nos de racistas? Os portugueses começaram a emigrar na década de 60 do século passado, mas deixavam o país para trabalharem e darem melhor vida às suas famílias, mas estes vêm viver às custas dos impostos de quem trabalha. Não tarda temos mais estrangeiros que portugueses. Vêm da China, do Brasil, India, Paquistão, Nepal, Nigéria, Marrocos, Gambia, Guiné e de outros países muçulmanos. Se vamos à Segurança Social está cheia de refugiados… mas refugiados do quê? Quantos destes países andam em guerra? Alugam apartamentos para 3 ou 4, os donos vão lá e encontram 20 ou mais. E quantos estarão cá clandestinos? Como será o futuro da Europa e seus habitantes?

    • Cuantas cifras de criminales de ultraderecha alemana y porcentajes hay? O esos crímenes son de segunda clase y no importan? Tu no eres alemán, tu eres fascista

  8. Receber sirios de um país que está a 6.000Km e os nossos sem abrigo á saída da porta!
    Não compreendo há países que são muçulmanos porque não vão para esses países em redor do seu? E vêm para Portugal um país Cristão/Católico?
    Pois não tem sentido e basta o que Costa e os seus seguidores querem.
    Para Costa é Normal, porque deve ser muçulmano…
    Sem abrigo na rua e os sirios em casa paga, emprego e recebem dinheiro sem trabalhar, porque não há trabalho para portuguêses e há para essa gente que raio de politica essa?
    Costa e seu governo e muito mais deve abandonar a TETA de Portugal que por lá mamam até á ultima gota ignorando os portuguêses sem trabalho e os sem abrigo na rua…
    Malditos sejam essa gente que autoriza tal afronta ao povo português.
    Fora com este governo, essa gente que nos governa já têm Assembleia Familiar e de amigos.

    • Deixe estar, ainda vamos todos amargar. Um dia destes começa a instalar-se por toda a Europa uma verdadeira extrema direita, não isto a que estes coninhas conspiradores de esquerda insistem em rotular de extrema direita porque lhes dá jeito, e aí vão ver a desgraça que causaram mas vão limpar as mãos à parede e culpar outros.

    • A ese gobierno lo han votado tus compatriotas, se llama democracia, y no quiero recordarte cómo el otro te condujo a un rescate y vendió todo . En barcelona hay problemas sociales como en todos los lados, y también portugueses que cobran ayudas públicas, , igual que sirios u otras nacionalidades , sois 4 millones de portugueses emigrados , te recuerdo

      • Uma coisa são emigrantes; outra são refugiados.
        Depois, há emigrantes e emigrantes e, os emigrantes portugueses são conhecidos por serem trabalhadores e pouco problemáticos – ao contrário de outros!…
        Alem disso, os portugueses emigrados são cerca de 2,6 milhões e não 4 milhões!!
        “Há mais de 2,6 milhões de portugueses emigrados, diz a ONU”
        eco.sapo.pt/2019/11/05/ha-mais-de-26-milhoes-de-portugueses-emigrados-diz-a-onu/
        .
        De qualquer modo, estes refugiados devem ir principalmente para o Reino Unido, para a França, para os EUA e para o Canadá porque foram esses países que foram à Siria destruir as suas casas!!

  9. E depois nos portugueses temos k deixar o nosso proprio pais e emigrar para ter 1 vida digna e mais segura k é o meu caso porque enchem o pais de refugiados…a eles ajudam nos c o dinheiro k o povo desconta a nos cagam se e temos k nos amanhar. Os Emirados teem tanto dinheiro a cultura é a mesma mamdem nos para la fda se . Eles nem teem nada a ver c a nossa cultura ,as mulheres sao tratadas como lixo.
    Pk kerem eles vir para a Europa? Meu deus cada vez existe menos seguranca para as nossas crianças eles teem mentes tao porcas,violam tantas mulheres,maltratam tantas criancas . Como é possível metwr os nossos paises sem seguranca para receber estas pessoas k vivem como bichos ?

  10. Os comentários demonstram uma tremenda falta de conhecimento e opinião desinformada.
    Primeiro e mais importante: sabem o que é que significa o termo “refugiado”? Já imaginaram o que é viver num país em guerra, onde a cidade onde vivem é constantemente bombardeada, as pessoas são mortas apenas porque sim, não há comida, não há água, não há nada…
    E se fosse connosco? Se fossemos nós nessa situação? Íamos ficar? Íamos fugir?
    Fugir para onde?
    Se nenhum país nos abrisse a porta, a verdade é que não teríamos para onde ir, nunca iríamos conseguir fugir da fome, da morte e da guerra.
    Portugal decidiu abrir a porta a estas pessoas, dar-lhes segurança.
    Podem surgir problemas? Sim, claro. Mas são problemas que se resolvem. Não tragam problemas, arranjem soluções.
    Virar as costas a quem procura auxilio não é resolver um problema, é deixar os outros morrer e saber que poderíamos ter feito algo para os ajudar.

    • E é mesmo para lá que devem ir!!
      Para lá e para todos os países que foram destruir a Síria.
      O Reino Unido é um dos principais culpados por esta situação!

RESPONDER

Iniciativa Liberal apoia recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto

A Iniciativa Liberal vai apoiar a recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto nas próximas eleições autárquicas, considerando “inquestionável a mudança e o desenvolvimento” da cidade desde que o independente assumiu a presidência do …

Comissária europeia diz que variante Delta “diminui” proteção da vacina

A comissária europeia para a Saúde disse esta terça-feira que estão a surgir provas que demonstram que a variante Delta do coronavírus SARS-CoV-2 “diminui a força do escudo protetor” criado pelas vacinas, instando à aceleração …

DGS diz que demora de conclusões sobre eventos-piloto não é por erro técnico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) rejeitou, esta terça-feira, que tenha havido erro técnico no tratamento de dados dos eventos-piloto da Cultura, ocorridos em abril e maio, mas admitiu que o processo está demorado. Numa declaração enviada …

Governo quer fazer alterações na duração de cargos de dirigentes

As mudanças que estão a ser preparadas passam por reduzir a duração dos cargos em substituição e, por outro lado, pelo ajustamento do período das comissões do serviço em função da avaliação. Segundo o Jornal de …

Responsável pelas manifestações em Lisboa é coordenador no Gabinete de Apoio à Presidência da CML

O responsável pelas manifestações na cidade de Lisboa é coordenador técnico no Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara liderada por Fernando Medina. De acordo com o semanário Expresso, António Santos tem sido, nos últimos …

Sporting e Braga jogam Supertaça em Aveiro no dia 31 de julho

A Supertaça Cândido Oliveira, que vai ser disputada entre Sporting e Sporting de Braga, vai ser disputada em Aveiro, a 31 de julho, anunciou a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "A decisão da Supertaça Cândido de …

Um quarto da população portuguesa já tem a vacinação completa

Em Portugal, 42% das pessoas já receberam a primeira dose de uma vacina contra a Covid-19 e 25% — cerca de um quarto da população — estão completamente vacinados. De acordo com o mais recente relatório …

Cardiologista do Tottenham admite ponto final na carreira de Eriksen

O cardiologista do Tottenham, Sanjay Sharma, admite um ponto final na carreira de Christian Eriksen, que caiu inanimado no jogo entre a Dinamarca e a Finlândia. O encontro entre Dinamarca e Finlândia, da primeira jornada do …

ARS Norte conta avançar com recuperação de consultas em atraso ainda este mês

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte conta avançar durante este mês com o programa especial de incentivos financeiros para recuperação de consultas presenciais nos cuidados de saúde primários (CSP), propondo-se recuperar metade da …

Cristiano Ronaldo no Euro 2020

"Rei do Euro". Ronaldo fez história na Hungria (e ainda vai durar "mais uns 3 aninhos")

Cristiano Ronaldo marcou dois dos golos de Portugal na vitória frente à Hungria por 3-0, na estreia da Selecção no Euro 2020, e tornou-se no melhor marcador de sempre dos Campeonatos Europeus de futebol. Aos …