A pandemia “não está controlada na maior parte dos países, está a piorar”

A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou, esta quinta-feira, a criação de um painel independente para avaliar a sua atuação e resposta face à pandemia.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou a criação de um painel independente para avaliar a sua atuação e resposta face à pandemia da covid-19. Tedros Ghebreyesus, afirmou que a ex-primeira-ministra da Nova Zelândia Helen Clark e a ex-Presidente da Libéria Ellen Sirleaf vão presidir ao comité, que deverá apresentar um relatório preliminar em novembro e o definitivo em maio de 2021, durante a Assembleia Mundial da Saúde.

O Painel Independente para a Resposta e Preparação de Pandemias irá concretizar a resolução aprovada pelos Estados-membros da organização durante a sua última assembleia geral, em que se defendia “uma avaliação independente e completa das lições aprendidas com a resposta sanitária internacional à covid-19”, afirmou.

“Precisamos de olhar para o desempenho dos nossos sistemas nacionais de vigilância e resposta, como partilhámos informação com as nossas comunidades, se ganhámos a sua confiança, como liderámos, se a nossa arquitetura global de saúde é adequada”, declarou o diretor-geral da OMS.

A pandemia “não está controlada na maior parte dos países, está a piorar”, salientou, apontando os mais de 11,8 milhões de casos já comunicados à OMS e as mais de 544.000 pessoas que morreram com covid-19, cujo contágio “ainda está a acelerar, com uma duplicação do número total de casos nas últimas seis semanas”.

“Durante anos, muitos de nós avisaram que uma pandemia catastrófica de uma doença respiratória era inevitável. Não era uma questão de ‘se’, mas de ‘quando’. Mesmo assim, o mundo não estava preparado. Os nossos sistemas não estavam preparados. As nossas comunidades não estavam preparadas. As nossas cadeias de fornecimento entraram em colapso. Está na altura de fazer uma reflexão honesta”, defendeu.

A dimensão desta pandemia, apontou, “merece claramente uma avaliação à altura”, considerou o diretor da agência das Nações Unidas. “Este não pode ser mais um comité de elite que produz um relatório para ser posto na prateleira”, salientou Ghebreyesus.

Helen Clark e Ellen Sirleaf deverão escolher os outros membros do painel, a partir de sugestões feitas pelos Estados-membros, que terão reuniões mensais para acompanhar o trabalho. Em novembro próximo, durante a Assembleia Mundial da Saúde, o comité apresentará um relatório preliminar e em maio deverá “apresentar um relatório substancial sobre as conclusões”.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Veterana de Bletchley Park tem um novo código da 2.ª Guerra para decifrar (mas precisa de ajuda)

Um casal que encontrou mensagens codificadas da II Guerra Mundial sob o assoalho está tentar decifrá-las com a ajuda do seu vizinho, um decifrador de códigos de Bletchley Park. John e Val Campbell encontraram um esconderijo …

"Caixas mistério" com animais de estimação geram indignação na China

Uma nova moda conhecida como "caixa mistério" ganhou popularidade na China. O método consiste em fazer uma encomenda através da internet e é enviada, pelo correio, uma caixa com um animal de estimação. Estas encomendas estão …

Arquivos da polícia do Estado Islâmico revelam como era a vida sob o califado

Arquivos da polícia do Estado Islâmico, conhecida como shurta, revelam como era a vida sob o califado. Os polícias eram tão bem pagos que não podiam ser subornados. Não é sempre que os regimes mirram …

Barco português detido por ancorar ilegalmente em águas da Malásia

Um navio mercante registado em Portugal está retido na Malásia por ter alegadamente ancorado em águas territoriais do país sem autorização, avançou esta sexta-feira a Guarda Costeira malaia. Num comunicado, Nurul Hizam Zakaria, diretor da agência …

”Eficácia e qualidade”. OMS aprova vacina chinesa da Sinopharm

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou, esta sexta-feira, o uso de emergência da vacina chinesa contra a covid-19 da Sinopharm. Trata-se da primeira vacina desenvolvida pela China a ser aprovada pela organização, lembra a agência …

Sem estado de emergência não pode haver confinamento de pessoas saudáveis

O constitucionalista Jorge Reis Novais defendeu hoje que sem estado de emergência que suspenda a garantia do artigo 27.º da Constituição não pode haver confinamento de pessoas saudáveis, até uma eventual revisão constitucional. Por outro lado, …

"Neuro-direitos". O Chile quer proteger os seus cidadãos do controlo da mente

O Chile quer tornar-se o primeiro país a proteger as pessoas do controlo da mente, à medida que a capacidade de mexer com cérebros se aproxima cada vez mais da realidade. O senador Guido Girardi está …

Emprego, formação e pobreza. Cimeira Social marca "o mais ambicioso compromisso" da UE

A Cimeira Social arrancou, nesta sexta-feira, no Porto, com a presença de 24 dos 27 chefes de Estado e de Governo da UE, num evento que pretende definir a agenda social da Europa para a …

"Uma cena da Idade Média". Refugiado encontrado morto e cercado de ratos em acampamento grego

O jovem, proveniente da Somália, foi encontrado morto dentro de uma tenda no início desta semana. No momento em que as autoridades chegaram ao local, cerca de 12 horas após a morte do rapaz, o …

Coreia do Norte alega que a covid-19 poderia flutuar em balões vindos do Sul

A Coreia do Norte pediu aos seus cidadãos que não leiam panfletos de propaganda enviados através de balões do Sul, alegando que a covid-19 poderia entrar no país através das gotículas. De acordo com a agência …