Nota artística: noves fora, zero

O Benfica começa mal a temporada. Mas depois engata! São sete vitórias consecutivas e algumas vozes a anunciarem já um passeio interno, enquanto espreitam o tal título europeu, embora não fosse este o mais desejado. Seis dias alteraram esses evangelhos…

Benfica contra Sporting de Braga. Ouvi no transístor que este jogo já é um clássico do futebol português. Deixou de ser apenas um “jogo de cartaz” da jornada em causa, ou um duelo muito aguardado. Já é um clássico do futebol português. Será?

No meu sótão, escrevo sobre esse tal aparente clássico. Em que os homens da casa tentam reagir à derrota contra as camisolas aos quadradinhos, seguida por um empate contra as saias aos quadradinhos.

E tentam também deixar de sofrer três golos por jogo. Não… Neste não vai acontecer. O Benfica sofrer nove golos em três jogos seguidos? Nunca aconteceu. Jorge Jesus perder frente a Carlos Carvalhal? Nunca aconteceu. O Benfica perder no seu estádio, nesta temporada? Nunca aconteceu. E os vermelhos do Minho raramente ganham na Luz e nunca aconteceu vencerem lá em duas épocas seguidas. Nunca aconteceu e nunca vai acontecer!

Não foram seis golos sofridos nos dois compromissos anteriores mas o Sporting de Braga não queria voltar a sofrer quatro golos, tal como aconteceu em solo inglês. E conseguiu fechar-se bem no início da partida. O adversário, que queria continuar à frente dos minhotos na classificação, começou a atacar mais desde cedo. No entanto, encontrou uma estrutura bem montada e uma equipa que, a partir da meia hora, voltou a mostrar que não é só na defesa que é eficaz: aproximou-se da baliza contrária e, à segunda tentativa, marcou logo – o Iuri ajudou o seu clube de formação.

O intervalo chegou pouco depois, com desvantagem caseira. No banco, o filho de Deus foi para os balneários anormalmente calmo. Perdeu a fé?

O jogo recomeça e há novo golo bracarense. Bom, foi o Francisco Moura a marcar. O Benfica não precisa de se preocupar mais com ele porque esse jovem, enquanto sénior, nunca marcou mais do que um golo por uma equipa durante uma temporada inteira. Portanto, está control… Olha, golo. Francisco Moura, outra vez. Afinal, pode haver coisas que nunca aconteceram e que estão a acontecer naquele relvado.

Como é que isto está? Ei, 0-3. Com nova tragédia grega neste terceiro golo. Depois do PAOK foi uma outra odisseia a correr mal. O guarda-redes do Benfica reparou que não é o guarda-redes do Bayern.

“O que se passa?” – perguntam os adeptos na Luz. Se estivessem lá. “Parecíamos estar tão bem no campeonato… Podemos recomeçar a época?”.

O filho de Deus nem se mexe.

Quem se mexeu foram os seus jogadores que, tal como contra as saias escocesas, reagiram depois de sofrer três golos. Mas só aí é que reagiram: antes, em mais de uma hora de futebol, só um remate digno de registo por parte dos anfitriões. E quem reagiu melhor foi Seferović, que reduziu a desvantagem da sua equipa.

Jesus nem se mexe.

Vê um Benfica confuso, por vezes até parado. Vê também um Sporting de Braga novamente defensivo, mas por vezes cansado. Talvez o cansaço tenha criado espaço no meio para segundo golo caseiro, perto do final. Seferović, outra vez. Esteve para sair há uns meses e já vai em seis golos nesta temporada – todos no campeonato (e quase nunca como titular). Tudo que ele pede é: “Não me apaguem dos planos”. Pelo menos, para já.

O mesmo suíço viria a marcar novamente, na última jogada do encontro. Jogada bem anulada, fora-de-jogo.

E o Benfica perdeu mesmo. Também tem andado fora dos jogos, ultimamente. Afinal, neste jogo das estreias, ficou confirmado que sofreu nove golos nos últimos três compromissos. Ora, 3X3=9 e noves fora, nada. Zero. Zero pontos no campeonato neste período. Apenas um, nas contas europeias.

A Luz já se está a apagar?

Nuno Teixeira NMT, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Lei Khashoggi". Estados Unidos restringem vistos a 76 cidadãos sauditas

Os Estados Unidos anunciaram a restrição à atribuição de vistos a 76 cidadãos da Arábia Saudita acusados de "ameaçar dissidentes no estrangeiro", nomeadamente o jornalista saudita assassinado, em outubro de 2018, na Turquia. Segundo o secretário …

OMS quer isenção de direitos de propriedade intelectual para vacinas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reclamou, esta sexta-feira, o uso de "todas as ferramentas" para aumentar a produção de vacinas contra a covid-19, incluindo a transferência de tecnologia e a isenção de direitos de …

PS propõe que independentes possam usar símbolos e siglas nas freguesias

A líder parlamentar do PS anunciou, este sábado, que o partido vai apresentar duas alterações à lei eleitoral autárquica através de um projeto de lei que deverá entrar no Parlamento na segunda-feira. Em declarações ao jornal …

Justiça investiga denúncia de Bruno de Carvalho sobre ataque a Alcochete

O Ministério Público abriu um novo inquérito à invasão da Academia do Sporting, em Alcochete, confirmou à agência Lusa, este sábado, o gabinete de imprensa da Procuradoria-Geral da República (PGR). "Os factos deram origem a um …

O adeus a Alfredo Quintana, o "guerreiro extraordinário"

O guarda-redes de andebol do FC Porto faleceu, esta sexta-feira, aos 32 anos, depois de ter sofrido uma paragem cardiorrespiratória durante o treino de segunda-feira. "Partiu, deixou-nos um grande vazio, mas ficará para sempre no coração …

Caso EDP. Sócrates lança suspeitas contra o PSD e acusa MP de ter um "viés político"

José Sócrates quer ser assistente no caso EDP, para ajudar ao "esclarecimento da verdade", como alega, e diz que o facto de o Ministério Público (MP) se opor "escancara a suspeição de viés político nesta …

Ventura admite "entendimento" com o PSD/Madeira semelhante ao dos Açores

O líder do Chega admitiu, esta sexta-feira, que poderá haver um "entendimento" com o PSD/Madeira semelhante ao estabelecido nos Açores. "Se o que estiver em cima da mesa for o Partido Socialista estar à beira de …

"Não trocaria Ceni por Jesus"

Análise ao que fez diferença no Brasileirão 2020: o plantel do Flamengo, que é melhor do que o elenco de todos os outros clubes. O Brasileirão 2020 - que só terminou em 2021 - teve um …

Irão condena "firmemente" ataque na Síria. EUA quis enviar "mensagem clara"

O Irão, aliado do regime sírio de Bashar al-Assad, condenou "firmemente" os ataques norte-americanos a milícias pró-iranianas na Síria, considerando que podem "intensificar os conflitos" na região. Segundo o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Said …

Vieira segura Jesus apesar da pressão interna

O presidente do SL Benfica, Luís Filipe Vieira, descarta neste momento avançar para a demissão do treinador encarnado, Jorge Jesus, apesar da pressão interna para o fazer, avança este sábado o desportivo Record. Segundo a …