No Azerbaijão, há chamas que ardem há quatro mil anos

Chamas altas dançam sem descanso num trecho de 10 metros de encosta. É o Yanar Dag – que significa “montanha em chamas” – na Península Absheron, no Azerbaijão.

“Este fogo ardeu durante 4.000 anos e nunca parou”, disse Aliyeva Rahila, guia turística local. “Mesmo com a chuva, neve, vento – nunca pára de arder”.

Um efeito colateral das abundantes reservas de gás natural do país, que às vezes vazam para a superfície, Yanar Dag é um dos vários incêndios espontâneos que fascinaram e assustaram os viajantes do Azerbaijão ao longo dos milénios.

O explorador veneziano Marco Polo escreveu sobre os fenómenos misteriosos quando passou pelo país no século XIII. Outros comerciantes da Rota da Seda trouxeram notícias sobre as chamas enquanto viajavam para outras terras. É por isso que o país ganhou o apelido de “terra do fogo”.

Estes incêndios já foram abundantes no Azerbaijão, mas como levaram a uma redução da pressão do gás no subsolo, interferindo na extração de gás comercial, a maioria foi extinguida.

Yanar Dag é um dos poucos exemplos remanescentes e talvez o mais impressionante. Houve uma época em que desempenharam um papel fundamental na antiga religião zoroastriana, que foi fundada no Irão e floresceu no Azerbaijão no primeiro milénio a.C.

Para os zoroastrianos, o fogo é um elo entre os humanos e o mundo sobrenatural, e um meio pelo qual podem ser obtidas perceção e a sabedoria espirituais. É purificante, sustentador da vida e uma parte vital da adoração.

Hoje, a maioria dos visitantes que chegam ao centro de visitantes Yanar Dag é o espetáculo e não a realização religiosa. A experiência é mais impressionante à noite ou no inverno. Quando a neve cai, os flocos dissolvem-se no ar sem nunca tocar no chão, de acordo com a CNN.

Apesar da alegada antiguidade das chamas de Yanar Dag – alguns argumentam que o incêndio em particular só pode ter sido aceso na década de 1950 – é uma longa viagem de carro de 30 minutos ao norte do centro de Baku para vê-lo. O centro tem apenas um pequeno café e não há muito mais na área.

Para uma visão mais profunda da história de adoração ao fogo do Azerbaijão, os visitantes devem seguir para leste de Baku até o Templo de Fogo de Ateshgah. “Desde os tempos antigos, acham que o deus está aqui”, segundo a guia.

Os rituais de fogo neste local datam do século X ou anterior. O nome Ateshgah vem do persa para “lar do fogo” e a peça central do complexo é um altar com uma cúpula, construído sobre um respiradouro de gás natural.

Uma chama natural e eterna queimou no altar central até 1969, mas atualmente o fogo é alimentado pelo principal suprimento de gás de Baku e só é aceso para os visitantes. O templo é associado ao zoroastrismo, mas é como lugar de adoração hindu que a sua história é melhor documentada.

Construído como uma estalagem de viajantes, o complexo tem um pátio murado rodeado por 24 quartos. Foram usados pelos peregrinos, comerciantes e ascetas residentes.

O templo deixou de ser usado como um local de culto no final do século XIX, numa época em que o desenvolvimento dos campos de petróleo circundantes significava que a veneração de Mammon estava a ganhar uma influência mais forte. O complexo tornou-se um museu em 1975, foi nomeado como Património Mundial da UNESCO em 1998 e hoje recebe cerca de 15 mil visitantes por ano.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Zap:
    “Este fogo queimou 4.000 anos”.
    Normalmente, em Português (não do Brasil), usa-se o verbo ‘arder’ em expressões deste tipo. (vem de longe: fogo que arde sem se ver).
    Ainda que queimar possa ser transitivo (queima, a velha, o carro e o carril), intransitivo (está tão quente que até queima, e não ‘que até arde’) e reflexivo (queimei-me), é muito raramente usado na forma intransitiva: quando ‘queima’, “queima alguma coisa”: ardeu, queimou-SE!

RESPONDER

Crise poderá levar a Juve a vender Ronaldo por 70 milhões

A crise financeira causada pela pandemia de covid-19 poderá "obrigar" a Juventus a vender Cristiano Ronaldo por 70 milhões de euros, avança a imprensa italiana, frisando que existem mais dois cenários em cima da mesa. O …

Pavilhão Rosa Mota transformado em "Hospital de Missão" com 300 camas

O Pavilhão Rosa Mota, no Porto, entrará, na próxima semana, em funcionamento como “Hospital de Missão” e, com 300 camas, servirá para acolher doentes com poucos sintomas de covid-19 ou até assintomáticos sem “retaguarda familiar”. “Trata-se …

Maduro acusa EUA de provocarem "perigoso momento de tensão" no continente

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, enviou na segunda-feira uma carta aos governantes internacionais, alertando que os Estados Unidos (EUA), ao oferecerem uma recompensa por informações que levem à sua detenção, conduzem a "um perigoso …

Prestações ao banco vão subir para quem recorrer à moratória

As prestações dos créditos à habitação vão subir para empresas e clientes particulares que pedirem a sua suspensão no âmbito da moratória criada pelo Governo. Os juros vencidos durante os seis meses da moratória serão …

BE e PCP querem isenção do pagamento de propinas durante estado de emergência

O Bloco de Esquerda e o Partido Comunista Português consideram que os alunos do Ensino Superior devem ficar isentos do pagamento de propinas durante o estado de emergência. Tanto o BE como o PCP sempre defenderam …

Menina de 12 anos morre na Bélgica vítima da covid-19

Uma menina de 12 anos morreu esta segunda-feira na Bélgica devido à pandemia de covid-19, anunciaram esta terça-feira as autoridades de saúde deste país. "É um caso muito raro, mas que nos afeta muito, é um …

"Bomba" de Graça Freitas rebentou-lhe nas mãos. Governo rejeita cerco sanitário ao Porto

O Secretário de Estado da Saúde, António Sales, rejeitou, nesta terça-feira, a possibilidade de impor um cerco sanitário ao Porto. Esta hipótese foi avançada pela directora-geral da Saúde, Graça Freitas, e foi fortemente criticada por …

Novo máximo diário. Covid-19 mata mais 849 pessoas em Espanha

Espanha registou, nas últimas 24 horas, 849 mortos com o novo coronavírus, um novo recorde de falecidos num só dia, elevando o balanço total para 8189. Os números do Ministério da Saúde espanhol revelam ainda um …

Termina esta terça-feira o prazo para reclamar das despesas para IRS

O prazo para consultar e reclamar das despesas gerais e familiares apuradas pelo fisco para efeitos de deduções à coleta termina esta terça-feira. Os contribuintes têm até esta terça-feira, 31 de março, para consultar e reclamar …

Ryanair avança com lay-off em Portugal a partir de 1 de abril

A Ryanair vai avançar com o lay-off simplificado, considerando o recurso à medida "indispensável para a manutenção da viabilidade e preservação dos postos de trabalho". Segundo a comunicação da sucursal em Portugal aos sindicatos relativamente à …