NASA revela fotografia de disco voador (e conta a sua verdadeira história)

USAF 388th Range Sqd. / Genesis Mission / NASA

Qualquer espécie que alcance as estrelas está condenada a acabar com as pontas dos dedos chamuscadas. Uma das últimas publicações da NASA no site Astronomy Picture of the Day é um lembrete dos percalços da nossa história espacial.

“Um disco voador do espaço caiu no deserto de Utah após ser detetado por radar e perseguido por helicópteros”, afirma a descrição da fotografia publicada no site Astronomy Picture of the Day. Ainda assim, a NASA não está a insinuar que tenha havido uma visita alienígena neste deserto.

O disco enterrado na areia era, na verdade, a cápsula de retorno da sonda espacial Genesis. Lançada a 8 de agosto de 2001, a missão Genesis foi o ambicioso esforço da agência espacial para enviar uma nave com o objetivo de recolher amostras de vento espacial.

Ao recolher dados sobre a composição das partículas carregadas que fluíam da coroa do Sol, os investigadores esperavam determinar com precisão a composição da estrela e aprender mais sobre os elementos que estavam por perto quando os planetas do Sistema Solar foram formados. Para nos trazer essas amostras, a sonda Genesis foi equipada com uma cápsula de retorno.

A nave capturou o vento solar ao dobrar uma série de painéis, cada um carregado com materiais de alta pureza, como alumínio, safira, silício e até ouro.

“Os materiais que usamos nas matrizes dos coletores da Genesis tinham que ser fortes o suficiente para serem lançados sem quebrar; reter a amostra enquanto eram aquecidos pelo Sol e ser puros o suficiente para podermos analisar os elementos do vento solar”, explicou a cientista do projeto Amy Jurewicz, no dia 3 de setembro de 2004.

Cinco dias depois, esta cápsula e as suas preciosas matrizes atingiram o solo em Utah, a uma velocidade de 310 quilómetros por hora – algo que não deveria ter acontecido.

Exatamente 127 segundos após reentrar na atmosfera, o morteiro a bordo da cápsula deveria ter explodido, libertando um para-quedas preliminar para desacelerar e estabilizar a descida. Aí, o para-quedas principal deveria abrir, fornecendo à cápsula uma descida suave até ao solo.

Após uma investigação minuciosa, descobriu-se que o erro se devia a um pequeno conjunto de sensores: eles haviam sido instalados de cabeça para baixo. Esses pequenos dispositivos detetaram as forças quando a cápsula caiu em direção ao solo.

Infelizmente para a missão, o impacto causou sérios danos, destruindo vários arranjos e contaminando a preciosa carga que continha. No entanto, a missão não foi um fracasso. Alguns dos materiais resistentes dos coletores sobreviveram, e os investigadores conseguiram limpar as superfícies sem perturbar o material solar embutido no interior.

Com Genesis, aprendemos detalhes sem precedentes sobre a composição do Sol e as diferenças elementares entre a nossa estrela e os planetas internos do Sistema Solar.

ZAP ZAP // ScienceAlert

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Mas afinal não era nenhum disco voador mas sim uma cápsula de retorno da sonda espacial Genesis… Título muito enganador, não acham? Disco Voador (UFO) ou (OVNI) é totalmente diferente de uma cápsula de sonda…

    • Caro José Camargo,
      UFO e OVNI não são sinónimos de “Disco Voador”. Os dois acrónimos significam “Unidentified Flying Object”, ou “Objecto Voador Não Identificado”.
      Qualquer título em que tivéssemos usado a expressão OVNI em referência a um objecto, voador, que não tenha/tivesse sido identificado, teria sido um titulo correcto.
      Usar o termo “Disco voador”, neste caso, estaria tanto mais correcto quanto mais próximo da forma de um disco seja a sonda (voadora).
      Independente dessa avaliação, tudo o acima exposto é uma discussão meramente académica, porque o nosso título é uma referência directa e literal à legenda da fotografia publicada no Astronomy Picture of the Day – que a NASA desmistifica, e que é o assunto da notícia.
      O nosso título não diz que a NASA revela uma foto de uma nave extraterrestre caída no deserto. Diz que a NASA explica a verdadeira origem da fotografia de um disco voador publicada num site.
      O nosso título não é “NASA revela fotografia de disco voador”. É “NASA revela fotografia de disco voador (E CONTA A SUA VERDADEIRA HISTÓRIA)
      Em que é que o nosso título engana alguém?

  2. José, existe vida fora do planeta terra? na certa sim, mas já visitaram o planeta dos escolhidos? nem de perto… a ufologia é outra forma de religião, segue seu próprio livro de explicações cheio de fatos, basta você ter “fé” na palavra deles. Muitos apoiam essa quase doutrina num tom semelhante ao fundamentalismo religioso, onde até o nosso progresso faz parte da intervenção alienígena “divina”, etc.

    Espero que a Nasa libera os últimos 50 anos de tentativa e erro, junto com os acertos, seria uma faxina nessa cultura tola.

  3. Típica obra de engenharia… Primeiro espatifa-se contra o solo… e depois do impacto o rebenta o morteiro e dispara o paraquedas…

    Alguém teve a cabeça na bandeja…

RESPONDER

Carta de 1949 revela que Einstein já suspeitava do "super sentido" dos pássaros

Muitas décadas antes de sabermos que alguns animais têm "super sentidos", como é o caso dos pássaros, já o Nobel da Física discutia esse assunto com outros investigadores. Embora não se conheça o conteúdo da primeira …

Ferro empossa comissão de revisão constitucional por três meses. Iniciativa Liberal retira projeto

O presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, deu esta quinta-feira posse à comissão de revisão constitucional por três meses (90 dias), desejando “votos de muito bom trabalho”, na sala do Senado do Palácio de …

Serena Williams: "A prioridade é a minha filha, não os Jogos Olímpicos"

Recordista do ténis feminino deixa a entender de que não vai a Tóquio. Naomi Osaka coloca dúvidas à volta do próprio evento. "Sou atleta e, por isso, é claro que o meu pensamento imediato é: quero …

A Cidade do México está a afundar a um ritmo incontrolável

Um novo estudo mostra que a Cidade do México, a metrópole mais populosa da América do Norte, afundou tanto que será impossível salvá-la. Depois de séculos de drenagem dos aquíferos subterrâneos, o leito do lago no …

Micróbios podem já estar a comunicar com espécies alienígenas

Os micróbios podem já estar a comunicar com espécies alienígenas, algo semelhante ao que tentamos fazer através do projeto SETI desde 1959. Estaremos sozinhos no Universo? O famoso programa SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence) tem tentado …

Tweet de Elon Musk afunda Bitcoins (e dá força à criptomoeda que nasceu como meme)

A Tesla vai deixar de aceitar Bitcoins como forma de pagamento. A revelação foi feita por Elon Musk numa publicação no Twitter e levou à queda do valor da criptomoeda no mercado. A par disso, …

Investigadores criam nova solução para óculos de realidade virtual e aumentada

Uma equipa de investigadores criou uma nova tecnologia para fornecer óculos de realidade virtual que não parecem "olhos de inseto". Num novo artigo publicado na Science Advances, os especialistas descrevem a impressão de ótica de forma …

Genética da população portuguesa pode explicar deficiência de vitamina D

Investigadores portugueses concluíram que a população portuguesa tem uma prevalência superior à média europeia de algumas alterações genéticas que levam a uma predisposição para o défice de vitamina D. Este estudo, coordenado pelo Centro Cardiovascular da …

Polónia quer comprar casa de campo francesa (para recuperar o legado de Marie Curie)

A Polónia quer comprar e renovar a casa de campo francesa de Marie Curie e transformá-la num museu, naquele que é um esforço para reivindicá-la como génio científico e pioneira polaca. Embora tenha nascido na Polónia, …

Min Nyo é jornalista, cobriu os protestos em Myanmar e foi condenado a 3 anos de prisão

Min Nyo, um jornalista birmanês de 51 anos, foi condenado a três anos de prisão pela sua cobertura dos protestos na sequência do golpe de Estado em Myanmar. Min Nyo, que trabalhava para a DVB (Voz …